Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 5 de setembro de 2015

Pokémon Shuffle - O 1º jogo da Nintendo para mobiles

Não costumo falar sobre jogos de smartphone aqui no blog, isso porque lembram do meu primeiro smartphone? Pois é, o espaço de armazenamento dele é uma desgraça! Apenas 1gb, além do mais ele parece ser retardado e não saber contar, quando um jogo diz que precisa de 17mb, meu smartphone pensa que é 170mb porque nunca tem espaço nessa bagaça!

Apesar de tudo, a ida da Nintendo para o mercado de dispositivos móveis foi um verdadeiro evento histórico, afinal de contas quem diria né? A empresa mais tradicional do universo e que tinha decido o cacete já nesse negócio, de repente tá lá com a turma. Mas é a vida né? Os tempos mudam e o que antes era apenas um extra de celular, se tornou um baita mercado gigante que toda empresa de jogos quer sua fatia.


Sendo assim quando saiu Pokémon Shuffle, eu desinstalei com muito suor os poucos aplicativos que já tinha no meu celular e decidi baixar ele, não pra jogar pra valer mas só pra dar uma olhadinha mesmo e comentar aqui para depois desinstalar já que não posso me dar o luxo de deixar jogos no meu smartphone já que os três aplicativos do google precisam continuar aumentando de tamanho eternamente.

Mas não é que eu tive algumas surpresinhas? Primeiro, a Nintendo me surpreendeu em mostrar que os 40 mb do aplicativo ficaram menos de 2mb no fim das contas, pois o jogo quase todo foi movido para o cartão SD, algo que as empresas parecem odiar fazer já que conseguir elas conseguem, um bom exemplo é o Facebook Lite que tem menos de 1mb e não quase 100 como o aplicativo normal, mesmo com root no meu smartphone elas insistem em deixar tudo lá, mas lá estava e isso foi uma baita de uma surpresa legal.

E quando fui jogar, também fiquei surpreso em como é um jogo gostoso, bem divertidinho mesmo. Eu tinha olhado anteriormente algumas imagens e parecia só mais um tetris, e realmente parece com um, mas o legal é que conseguiram simular a tão conhecida jornada pokemon, sabe aquela do primeiro jogo? Do aventureiro que viaja capturando pokemons? Pois é, aqui você faz isso também!

Então tem todo aquele sistema de capturar pokemons, usá-los em batalhas e evoluí-los, eles tem os seus tipos próprios, além de vantagens e desvantagens em relação a outros. Por exemplo um pokemon do tipo aquático tem desvantagem em cima de um elétrico, um pokemon do tipo fogo tem vantagem em cima de um do tipo grama, e assim vai.
A jogabilidade te coloca em áreas onde você deve usar até quatro pokemons escolhidos no início da partida, e é preciso usá-los para atacar um pokemon até sua vida chegar a zero. Então tem uma tabelinha com várias carinhas representando cada um deles e você precisa trocá-los de lugar para formar uma fileira de três ou mais e assim ela desaparece, fazendo com que as outras carinhas caiam, aparecendo novas.

Toda vez que você forma fileiras com um pokemon, é como se tivesse usado eles, então eles ganham experiência e em um certo ponto sobem de nível. Quanto maior o nível, mais dano ele dará quando for combinado e mais a barrinha de vida do adversário vai baixar. Você tem um número limite de movimentos por batalha e precisa conseguir baixar toda a vida dele antes que acabem. Se terminar e sobrarem, haverá um bônus na fase de captura.

A fase de captura é quando você vence uma batalha contra um pokemon selvagem (você também batalha contra pokemons de treinadores) e é possível lançar uma pokebola para capturá-lo e assim ser possível escolhê-lo em partidas futuras. Cada um tem uma porcentagem de captura e ela aumenta dependendo do bônus que você receber pela batalha.

Também tem os eventos que acontecem e te dão a oportunidade de batalhar contra pokemons raros ou outras coisas. Por exemplo se for um evento do Meowth (um pokemon gato com uma moeda na cabeça), ao invés de capturá-lo, você pode coletar moedas e essas podem ser usadas para comprar certos bônus antes da batalha ou comprar uma "Great Ball" e aumentar a chance de capturar.

Enfim, eu não sei quanto a algo para Nintendo 3DS, mas pelo menos pra um título de smartphone ele está ótimo. Esse é um jogo que acabou me ajudando a acordar mais cedo todos os dias, pois ao invés de ficar de enrolação, vou logo usar os pontos de batalhas que tenho (voce ganha um a cada meia hora até acumular cinco) kkkk, ele está disponível para download no Google Play e Apple Store. Confira também o maravilhoso Pokemon Trading Card Game.


Um comentário:

Matt Kist disse...

Caraca! Boa dica Sky, vou dar uma olhada. Valeu!
Faz tempo que procuro algum jogo divertido para Mobile. O último que joguei viciadamente foi DOT (Defender of Texel) há mais de um ano atrás.
Atualmente testei o FF Record Keeper, o Fallout Shelter e aquele do Walking Dead, mas não gostei de nenhum deles.