Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O desenho de aniversário de Cloud de Final Fantasy VII

O jogo Final Fantasy VII foi lançado no início de 1997 no Japão, e se tornou um verdadeiro clássico, É como se fosse o Castlevania Symphony of the Night dos Final Fantasy. Ou seja, é o jogo mais aclamado da franquia. Gerou muita euforia e fez as pessoas implorarem por mais, pedindo constantemente por um remake.

Se aproveitando da euforia dos fãs, a Square Enix gostou de torturar os fãs pra valer, apresentando conteúdos que indicavam um remake, mas que no final das contas era simplesmente para agitar o povo ainda mais. Ela chegou a lançar uma série de Spin Offs que deixava o povo desesperado achando que iria ter alguma coisa, como o agitado Dirge of Cerberus: Final Fantasy VII para Playstation 2.


Até a própria SONY quis pegar a fatia dela na hora de atiçar o povo. Vocês estão lembrados daquele vídeo promocional do Geralt de The Witcher indo comprar um Playstation 4? Como todo mundo sabe, o personagem e a franquia pertencem à CD PROJEKT RED, no entanto foi usado ali estrategicamente para dizer "Olhem, o PS4 tem esse jogo". Pois é... A empresa já tinha feito algo do tipo bem antes com um remake da abertura do jogo usando a capacidade do Playstation 3. Mas era apenas uma demo da potência do console.

Mas na conferência da SONY da E3 de 2015, quase duas décadas após o lançamento do primeiro jogo, todo mundo tomou uma baita de uma surpresa quando de repente as luzes se apagaram para apresentarem um vídeo que a princípio ninguém imaginava o que era:

Assuma, mesmo que você não seja nada fã da franquia, essa apresentação foi de arrepiar. No começo o gráfico estava tão bonito, tão cheio de detalhes, que eu simplesmente não consegui perceber, o design realista dos personagens também ajudou demais em disfarçar. Mas essa paleta de cores com esse verde tão peculiar e o ambiente industrial vão fazendo você cada vez mais ficar desconfiado até que BUM!

Quando a arma do Barret aparece e então ele surge com o Cloud logo ao lado, nossa O__O! Vocês ouviram o grito do povo né? Não me surpreenderia se no meio daquela gente tivessem brotado umas strippers rodando em um umas barras de pole dance com umas labaredas de fogo ao fundo, porque a loucura naquele lugar deve ter saído do controle.

Depois disso as informações não pararam de sair, como Tetsuya Nomura declarando que ele não tinha a mínima ideia que seria o diretor do jogo. Em uma entrevista à revista Weekly Famitsu ele disse o seguinte:

"Durante a pré-produção eu ofereci as minhas opiniões sobre o que acreditava que devia ser feito. O senhor Kitase perguntava-me como deviam ajustar certos elementos individuais com maior detalhe,"

"Fiquei perplexo. E um dia, quando estava a rever um vídeo interno da companhia vi que estava escrito no fim 'Diretor Tetsuya Nomura'. Chamei o senhor Kitase e disse, 'Não sei porque razão aqui diz que eu sou o diretor', ao que ele me respondeu, 'É claro que diz'"

E uma das coisas que o cara lançou na internet foi uma imagem com a data da criação de Cloud, que é essa aqui:
Como podem ver na assinatura, a imagem é de 2015. Ele não diz o ano em que fez o Cloud, mas acredito plenamente que a imagem seja algo  também simbólico e não apenas pela promoção do jogo. Sendo assim creio que tenha sido em 1995, o que torna ela simbólica de duas décadas de existência do personagem.

Apesar de tudo, não achei a imagem criativa não. Digo isso porque a primeira coisa que fiz ao bater os olhos nessa imagem aí, foi ver não o Cloud, mas sim o Sora de Kingdom Hearts. Eu sei muito bem que eles tem uma ligação pois no fim das contas, apesar de Kingdom Hearts ser uma franquia própria, tem Final Fantasy no meio, além dos personagens terem cabelos semelhantes, mas esse aí ficou descaracterizado demais.

E como Tetsuya Nomura liderou o desenvolvimento de Kingdom Hearts desde o começo, isso piorou as coisas, pois o cara foi diretor de arte em geral de Chain of Memories, para Game Boy Advance, e deem uma olhadinha no visual do Sora na capa:
Claro que certamente foi inconsciente, o cara não iria querer essa comparação, mas me pareceu um certo descuido, é como se tivesse pego a imagem do Sora e virado um pouquinho só o rosto pra "câmera" e pronto, tá aí o Cloud! Hahaha. Mesmo assim é algo interessante, e aproveitando que o tema entrou em Kingdom Hearts, recomendo demais darem uma olhada em Recoded, um jogo desprezadíssimo por puro preconceito e que vai surpreender muita gente.

Nenhum comentário: