Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Treeker: The Lost Glasses - Jogo brasileiro encantador

Aqui está uma bela obra de arte, esse é daqueles jogos que você percebe rapidamente que é belo em sua essência, uma experiência completa e empolgante que nos primeiros segundos já é capaz de deixar fascinado, misturando uma jogabilidade gostosa com gráficos extremamente charmosos e que de quebra ainda é um jogo brasileiro!

A história do jogo gira em torno de misteriosos óculos que tem propriedades mágicas e que aparecem em diversos registros históricos, mas não se sabe muito sobre o que são e de onde vem. Você assume o papel de um homem que vaga em um navio, mas é surpreendido ao bater bruscamente em uma coisa invisível grande o suficiente para fazer o navio naufragar. E assim acaba em uma estranha ilha com rastros humanos, mas também com coisas sem explicação, como monumentos voadores.


Esse jogo é aquele tipo de obra que você olha e rapidamente nota o quanto é bem polido e lindo. E eu não estou falando isso no sentido de gráficos fotorealistas, mas sim na incrível harmonia que existe em todos os elementos e que poucos jogos conseguem oferecer, como por exemplo o fenomenal The Last Tinker: City of Colors e o pequeno, porém inesquecível Grow Home.

Para você ter uma ideia melhor do que estou falando, é só pensar na quantidade de jogos indie genéricos que vemos, com gráficos terríveis, jogabilidade já vista inúmeras vezes em outras obras, história clichê e no fim das contas apenas mais um entre vários jogos que não fazem muito a diferença. Mas aqui nós vemos o extremo cuidado que foi apresentado para cada elemento usado.

Começando pela história do jogo, que embora não seja genial, é notável que foi feita com carinho e se enquadra facilmente naquele tipo de trama simpática e discreta envolvendo um artefato mágico que está perdido em algum lugar. É algo que apresenta o envolvimento de piratas e aventureiros, dando um certo toque de conto de fada à coisa e se encaixando facilmente como um jogo adequado para qualquer idade.

Depois vemos os gráficos, que rapidamente você percebe que não são nada realistas, muito pelo contrário, é possível rapidamente ver dobras bem quadradas no visual dos objetos apresentados. Em geral o jogo inteiro é feito em Lowpoly, ou seja, ao invés de ter pouquíssimos polígonos para deixar os objetos "redondinhos" e realistas, é bem o contrário, e ao invés disso tem polígonos enormes e escrachados.

É muito comum se ver jogos em Lowpoly e geralmente eles são feios de doer, mas aqui existe um diferencial que é um espetáculo. Primeiramente o design dos objetos, embora com poucos polígonos, eles são feitos em visuais cartunizados que naturalmente o deixaram bem simpático. Depois vieram os dois elementos que foram definitivos para um visual espetacular, que foram as texturas que são meio Cel Shading, ou seja, aqueles jogos com gráficos que parecem desenho animado. E o segundo elemento matador foi a paleta de cores. Tem coisa mais fantástica do que jogos harmônicos no visual? Todo com uma coloração combinando com a outra? Pois aqui é exatamente isso que você encontra, um visual impecável!

O ambiente apresentado é o de uma ilha misteriosa, um farol, pequenos brilhos cintilantes pelo lugar, pedras com inscrições, pontes. É algo bonito de se ver, robusto, cheio de detalhes interessantes por todo lado, árvores, um mar congelado com icebergs. Existe ainda um tipo de ciclo entre dia e noite, que ocorre de forma não natural, depende da área onde você está. Por exemplo se você entrar em uma caverna, verá lá fora a noite, mas assim que sair, o cenário se transforma imediatamente. E existe um toque de beleza tão incrível na coisa, um céu noturno super estrelado, e um lindo dia de sol.

A música também combina perfeitamente, é algo calmo, harmônico, usando teclado e instrumentos de sopro, são melodias tranquilas que mantém a atmosfera de um ambiente onírico que caiu muito bem. Além disso a música não fica constantemente, mas sim o som do mar, então existe uma baita tranquilidade e de repente começa uma música começa a tocar, é lindo.


E por fim, mas não menos importante, tem a jogabilidade que mistura dois elementos que combinam completamente com o resto do conteúdo do jogo. O primeiro é o de resolução de puzzles, que aliás são muito inteligentes, já o primeiro quando descobri, bateu aquela sensação de "Caramba meu! Que coisa bem bolada!", isso sem contar com a beleza que o primeiro puzzle apresenta. O segundo elemento é o de plataforma, portanto você tem que se preparar para saltar nos lugares na hora certa para alcançar determinados ambientes.

Mas esses dois elementos ainda são refinados por um detalhe que é o grande charme do jogo, os óculos! Com eles você pode ver outra dimensão, e assim é possível enxergar coisas que não seria possível. Esse item é útil tanto no quesito plataforma, te mostrando lugares invisíveis para pular, quanto na resolução de puzzles, te deixando ter acesso a determinadas coisas. Acho que o criador só podia ter colocado suporte a realidade virtual, mesmo que fosse óculos de pobre mesmo, tipo o Cardboard.
Treeker: The Lost Glasses é um jogo impecável! Ele consegue ser harmonioso por completo e tem um charme sem igual. Uma obra que você nota que foi feita com muito carinho. De certa forma essa atmosfera dele me lembrou um pouco o jogo Salt, que usa uma paleta de cores semelhante e também design simples, além de ser também um "jogo beira-mar".

Enfim, existem muitos jogos bons com elementos péssimos, como gráficos feios, música terrível, e em alguns casos até mesmo jogos com jogabilidade horrível podem ser fantásticos pela história que apresentam. Mas agora é uma verdadeira pérola achar um jogo tão polido por completo. Então se você estiver procurando um jogo pra comprar, SÉRIO, compre esse, além de ser maravilhoso, ainda é um jogo brasileiro, o que significa ajudar um jogo nacional a se destacar. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: