Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 31 de maio de 2015

Alter World - Um jogo que vai desafiar seus reflexos

Eu acho tão fantástico quando criadores de jogos conseguem usar bem certos elementos que fazem a obra se tornar muito mais robusta, e aqui está um belo exemplo. Alter World é um simpático jogo de plataforma interdimensional extremamente difícil, algo que por si só já é um bom atrativo para um certo público, que exige dificuldade e se sente empolgado em conseguir superar desafios. Mas existe um grande toque especial, que é o fato do jogo ser inspirado na série de livros A torre Negra, do Stephen King.

O jogo é bastante direto ao ponto quanto ao quesito história, portanto não é algo que fica bastante claro, mas existe um texto sobre você ter que atravessar o "Alter World" (Mundo Alter em inglês), onde "Alter" certamente é de Alternativo, levando em conta jogabilidade do jogo. E achar o seu cachorro, que enquanto brincava com você, entrou em um ponto do espaço que dá acesso a outra dimensão.

A jogabilidade te coloca no controle de um menininho que atravessa um mundo maravilhoso, mas que constantemente encontra locais impossíveis de serem ultrapassados, e que por mais que esses obstáculos sejam espinhos de árvores, são realmente bem ameaçadores. No entanto você consegue acessar uma outra realidade, em que outros elementos estão acessíveis.

Exatamente esse toque de realidade alternativa é o que mantém o jogo, a grande "mecânica" da coisa, que deixa a jogabilidade divertida. Não é algo novo, já vimos em algumas outras obras, como o empolgante High Strangeness, ou mesmo o inusitado jogo brasileiro Treeker: The Lost Glasses, mas é algo diferente, pois é combinado com uma dificuldade imensa.
Enquanto em jogos com realidade alternativa em geral você costuma ter tempo para pensar e fazer com calma os puzzles, aqui você tem que atravessar lugares e rapidamente mudar de realidade. É como se você estivesse jogando Red Goblin: Cursed Forest, mas sem ter tempo para pensar e fazer de forma tranquila a coisa.

O jogo se passa em fases, sendo que você pode ver ela inteira na tela, basicamente o objetivo é chegar até uma porta, as vezes é preciso destrancá-la primeiro, portanto você tem que ir até um lugar, acessar o dispositivo que destranca e depois ir até a porta. Mas até lá é necessário atravessar um cenário suspenso no ar, não se pode cair ou tocar nos espinhos.

Você tem que usar o que é preciso e mudar de realidade na hora certa, por exemplo se em cima de você tem uma área de terra, mas em baixo dela é cheio de espinhos, talvez você tenha que saltar, mudar de realidade, fazendo a terra e os espinhos desaparecerem, e calcular o momento certo para voltar a realidade normal e você estar na parte de cima.

Mas o exemplo anterior foi uma situação fácil, pois é comum você ficar em áreas em movimento e ter que mudar de realidade para evitar espinhos à sua frente, no entanto assim que você mudar de realidade, além dos espinhos desaparecerem, a plataforma dos seus pés também desaparecerá, o resultado é que você tem que saltar, mudar de realidade, calcular quando tiver passado os espinhos, calcular a posição em que a terra em baixo de você está e então mudar de realidade novamente para cair em cima dela. Agora imagina fazer isso com uma sequencia de espinhos e ter que saltar várias vezes e calcular sem parar? Pois é, esse é o nível de dificuldade de Alter World.

Enfim, fica essa sugestão de belo joguinho muito simpático, com gráficos fofos e jogabilidade difícil pra caramba e com desafios novos que vão surgindo e variando a jogabilidade a cada nível. Quem se interessar por mais informações pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: