Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Primal Carnage: Extinction - Um FPS com dinossauros

Dinossauros... Quem algum dia nunca se apaixonou por eles? E naturalmente em meio a esse sonho sempre há o pensamento em um ambiente onde há humanos também, fazendo assim com que seja possível presenciar essas criaturas jurássicas com toda a sua magnitude, e no jogo Primal Carnage: Extinction é colocado na prática esse pensamento tão comum, e você pode não apenas assumir o controle de um humanos, mas também de um dos dinossauros e lutar em combates.

Não é um jogo com trama, tendo foco unicamente no multiplayer e sem um modo campanha, algo que certamente para alguns pode ser não tão bom, visto que alguns jogadores preferem muito mais jogar sozinhos, no entanto para aqueles que adoram uma chacina multiplayer, esse título definitivamente pode ser uma bela de uma opção. O que ser pode extrair de trama é puramente o que está visível, um grupo de humanos em uma base militar no meio de uma floresta e diversos dinossauros atacando.

A jogabilidade é de combate online baseado em classes, sendo assim você não pode escolher qualquer personagem e achar que vai ser igual aos outros, existem cinco tipos de humanos com as suas armas próprias e jeito de jogar, e nove tipos de dinossauros. Apesar de haver maior quantidade de opções no time dos dinossauros isso não significa que o jogo seja irregular, apenas que as raças tem o seu próprio toque. Mas certamente existe algo de especial em ver essa variedade, afinal de contas você pode ser um enorme tiranossauro que recebe uma grande quantidade de dano, mas não pode entrar em pequenos lugares e nem subir em alturas muito altas, mas pode ser o velociraptor também e passar rapidamente pelos lugares, atacando humanos sem parar, ou até mesmo ter uma liberdade maior e ser um pterodáctilo, voando por bases inimigas e descendo em cima de humanos distraídos para tirá-los do chão e depois soltar em uma altura grande.

Cada personagem realmente exige que você tenha que se adaptar e treinar na forma de agir com ele, isso porque não basta sair por aí apertando o botão de ataque, você tem que ter uma estratégia, cada uma das classes tem os seus próprios ataques especiais e por isso é necessário aprender a usar muito bem e saber o momento certo de fugir, entender as limitações daquela classe.

Graficamente o jogo é decente, é certo que não se pode ver como algo perfeito, mas tem uma bela quantidade de detalhes especialmente nos personagens dinossauros, que são a grande atração, o que é agradável aos olhos, por outro lado também peca um pouco em texturas apresentadas no cenário em geral e em humanos. Mas não é um jogo feio, apenas não consegue ir muito além do "decente" no visual.

Existem três modos de jogo, o de luta entre equipes, que é um tradicional mata mata, o free roam, onde é a mesma coisa mas sem muito compromisso, apenas algo que vai te deixar mesmo passando o tempo, e o "Pegue o helicóptero", onde você como humanos e o grupo dos dinossauros tem que lutar para conseguir chegar ao helicóptero e estar lá quando o tempo acabar.

Enfim, Primal Carnage: Extinction é um jogo que atrai mais pelo universo apresentado, se você estiver cansado de jogos padrões onde humanos se enfrentam e quer algo diferente, mas que não foge tanto da mecânica de matança online, essa pode ser uma ótima opção. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: