Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 29 de julho de 2014

Toxic Bunny HD - Aqui você é um coelho bem insano

Esse é daqueles jogos que tem uma ótima apresentação, mostrando um cenário de humor que te faz dar belas gargalhadas com a insanidade da trama, e que ao mesmo tempo transmite aquela sensação de querer muito jogar para ver os tipos de loucuras que se tem pela frente. Infelizmente a falta de polidez de certos aspectos é algo que no fim das contas pode acabar prejudicando um pouco a jogabilidade, o que naturalmente pode assustar alguns jogadores.

Tudo começa em uma pacífica área cheia de coelhinhos e outros animais bem fofinhos que correm livremente pela grama e vivem as suas vidas em paz. Mas essa calma acaba quando os malditos humanos chegam e tacam lixo tóxico no lugar, destruindo tudo, e pior, transformando todos os animais fofinhos em terríveis abominações mutantes e insanas. E é nesse momento que você assume o papel de um dos coelhos macabros para seguir o rastro tóxico e ir atrás dos humanos que fizeram isso.

Como podem ver, existe toda uma loucura na história do jogo, que é muito bem representada por representações hilárias do que aconteceu com os coelhos, imagens mostrando os personagens com expressões extremamente exageradas de que se deram mal, e bizarras cenas, como um coelho surfando em um galão de ferro no lixo tóxico. Segundo a própria descrição oficial do jogo, ele é o resultado do que aconteceria se Looney Tunes e os criadores de Em busca do Cálice Sagrado se unissem e fosse adicionado um toque de cultura pop dos anos 90.

Esse é um jogo de plataforma que acabou me lembrando um outro jogo que eu amava demais na era do Super Nintendo, que é o maravilhoso e super difícil Earthworm Jim 2(Naquele tempo eu só tinha a fita do segundo jogo), e essa lembrança foi graças ao visual do jogo que é muito belo e cheio de áreas para se visitar, além de ter tantos detalhes que chega a causar uma certa poluição visual, no entanto isso não é ruim, acaba sendo muito bonito. Já no primeiro cenário você começa a perceber a quantidade de coisas por todas as partes, e o clima um pouco sombrio.

A própria jogabilidade também acabou me lembrando um pouco o outro jogo, isso porque aqui você não apenas vai pra frente e encara criaturas até chegar ao fim do cenário, é um ambiente que você tem que achar a saída, cheio de lugares para ir e muitos bônus para se coletar, além de ter também diversos inimigos espalhados por toda parte, então é um jogo que você tem que achar a saída do lugar.

Infelizmente a jogabilidade acaba pecando um pouco pelos controles serem confusos e imprecisos, você sente como se o personagem estivesse escorregando o tempo todo, e os inimigos acabam tendo uma inteligência artificial um pouco falha também, te fazendo ter aquela desagradável sensação de que o jogo precisava de um pouco mais de polidez antes de ser finalizado. Mesmo assim ainda pode acabar divertindo um bocado, pois é questão de percepção, muitos podem levar isso como desafio.

Enfim, não foi um jogo que eu usufrui tanto quanto gostaria, mas tenho que assumir que o visual me impressionou bastante e isso foi exatamente o que me fez querer jogar inicialmente, mas não deu muito certo pra mim, no entanto alguns podem acabar gostando, então testem para tirarem suas próprias conclusões, quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: