Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Jazzpunk - Um jogo com clima surreal espetacular!

A primeira vez que ouvi falar de Jazzpunk, foi através daquele bizarro live action, e naturalmente me chamou demais a atenção, afinal aquilo era algo muito esquisito, apresentando um tipo de subgênero do cyberpunk, mas com algo que parecia próprio em um universo completamente insano e cheio de toques de humor, claro que eu tinha que experimentar, e aqui está a análise dessa belezinha! =)

A história se passa em uma versão alternativa da guerra fria cheia de espionagem e agentes secretos, além de muitas geringonças sendo usadas em todas as partes, você assume o papel de um agente e é enviado para fazer todo tipo de missões em território inimigo.

Eu achei a ambientação fantástica, principalmente porque eu sempre tive uma visão um tanto esquisita da guerra fria, por mais que seja no passado, eu sempre vi como um momento futurista da história da humanidade, isso porque havia uma baita de uma corrida para ver quem era melhor que quem quanto a tudo, e assim eu sempre imagino que as pessoas daquela época ficavam se sentindo verdadeiramente em um ambiente onde coisas absurdamente futuristas poderiam aparecer do nada. E Jazzpunk mostra que não apenas eu, mas muita gente já teve essa sensação de que aquilo era um tipo de futuro alternativo, no caso é mostrado ambientes no passado que mais parecem um futuro distorcido, com robôs andando pela rua e pessoas usando óculos de realidade virtual.

Os ambientes apresentados são cheios de referentes à cultura pop e você tem uma visão distorcida da realidade, isso porque a sensação que passa é que você está em um desenho animado onde tudo é possível e qualquer coisa pode acontecer a qualquer momento, deixando tudo muito surreal e em alguns momentos sem uma lógica que bate com nossa realidade. Por exemplo tem um momento em que você vai até um beco e vê uma caixa de pizza, se você a abrir, aparece uma tela na caixinha com uma mensagem do tipo "Iniciando software pizza!" e então do nada a tela se aproxima e você se vê em uma floresta sombria com mortos vivos saindo da terra e vai andando até uma cabana, e ao entrar, os objetos começam a rir de você, incluindo a tampa do porão, uma óbvia referência a Evil Dead em uma versão "pizza" da coisa, e é quando repentinamente o programa termina e você sai da caixa de pizza, isso é só uma das coisas que acontece do nada.

Os gráficos são muito agradáveis, usando um estilo próprio de personagens, que os faz parecer bonequinhos, e uma grande variação de coisas nas ruas, tudo muito colorido e dando um climinha bastante fantástico, sendo que praticamente tudo é interativo, o que te faz querer explorar os cenários e tocar em tudo pra ver o que vai acontecer depois.

Enfim, Jazzpunk é um jogo maravilhoso e divertido demais, que definitivamente eu recomendo para todos, acho que é muito difícil não ficar encantado com o carisma que o jogo acaba transmitindo para o jogador. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: