Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Exaella - Um anime cyberpunk sério até demais

Enquanto alguns animes exageram na frescura com tentativas absurdas de provarem que são mesmo fofinhos, tem uns que fazem exatamente o contrário e criam algo tão sério e sombrio que chega a ficar até mesmo estranho e Exaella definitivamente se encaixa nesse segundo grupo.

Esse é um anime de apenas quatro episódios que eu tenho que assumir que foi realmente complicado de entender. E quando eu digo complicado, quero dizer que eu não tava entendendo porra nenhuma do que tava acontecendo. Eu estava achando o clima muito legal, o estilo também do anime me agradou um bocado, mas eu só conseguia ver algo futurístico com uma sequencia de coisas acontecendo sem explicação alguma, como máquinas andando, uma garota despertando, uma criança vestida com pijama. Simplesmente não há uma explicação e fica bem difícil.

Esse é daqueles animes que normalmente você vai catando pedacinho por pedacinho de uma fala ou cena e aí monta um "quebra cabeça" mental em que há pouquíssimas peças que juntas até que fazem algum sentido, mas deixam um grande espaço vazio sem que você entenda nada. Os dois primeiros episódios foram realmente algo que posso dizer que não consegui pegar o que queria passar. O terceiro foi complicado mas deu uns passinhos sobre o que era aquilo, já o quarto deu pra ver o que aconteceu mas ainda uma sensação de vazio continuou sobre o todo.

O anime tem um clima muito sombrio e cores bem escuras, no começo eu pensava que ele era em preto e branco, só que depois percebi que haviam sim cores, porém muito apagadas, quase preto e branco mesmo. O cenário é feito com animação clássica, mas o estilo dos personagens usa a técnica Cell Shader, o que em muitos momentos consegue se misturar com anime, mas em vários outros fica bem claro e isso pode incomodar algumas pessoas.

Uma das coisas que amei nesse anime foi o fato de que ele me lembra os velhos tempos de animação japonesa em que tinha uma garga bem forte de ficção científica usada de forma bem adulta, tipo animações como Akira e Genocyber.

Agora vou falar sobre a história, que li depois mas já digo que apesar de não ser spoiler, ela pode estragar a experiência de alguns, pois talvez o objetivo do anime seja mesmo que as pessoas não entendam de primeira o que se trata, mas para quem ler a história do universo em que ele se passa antes, vai se localizar de um jeito bem mais fácil e vai compreender provavelmente, então se não quer saber, pule logo para o último parágrafo. A história é sobre os recursos da terra terem acabado e com a humanidade já tendo usado todas as opções para sobreviver, acabou tomando uma última atitude desesperada. Nos grandes centros urbanos foram criados "bancos autossustentáveis" onde pessoas entravam e adormeciam, sendo assim a vida era mantida e dentro de sua cápsula com o corpo sendo nutrido, porém a pessoa se mantinha em um sonho constante.

Enfim, esse é um daqueles animes que vem carregados com uma mensagem, que fazem ficar pensando sobre que escolha você faria em um determinado tipo de situação drástica. Enfim, para quem gosta de animes mais sombrios é uma boa opção, mas já aviso que ele é realmente muito complicado e pode incomodar um pouco.

3 comentários:

Info Play disse...

Queria te recomendar o filme 2001: Uma odisseia no espaço, é um daqueles filme que você tem que assistir várias vezes para entender. Na minha opinião é um filme chato e ao mesmo tempo super legal, o vilão Hal 9000 lembra muito GLaDOS(até canta hehe).
Acredito que todo nerd precisa assistir.

Bruno Akira disse...

tente ler o manwha A FAIRYTALE FOR THE DEMON LORD MANGA, é uma metalinguagem do caralho, pra entender é dificil, tendo que voltar nos ep. anteriores pra ver se n ta boiando!

Unknown disse...

Desculpe te falar mas EXAELLA não é considerado anime... Se quiser ver o que é anime ou não, use o http://myanimelist.net/