Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 26 de março de 2013

Hellbound - Dor e prazer nunca estiveram tão juntos!

Kirsty é uma jovem que está em um hospital psiquiátrico e insiste em falar sobre demônios que atacaram sua família e a existência de criaturas chamada cenobites. Ninguém acredita nela e acham que é apenas mais uma pessoa com problema mentais, no entanto logo as coisas que a garota fala passam a se mostrar muito reais.



Engraçado que quando fui falar sobre como Hellraiser me impressionou para um amigo, ele brincou dizendo que o criador inventou o sadomasoquismo com esse filme e o pior é que o que ele falou me fez pela primeira vez pensar que o Clive Barker, criador de Hellraiser, é masoquista ou sadomasoquista porque ele adora a temática.

O filme saiu um ano após o primeiro e trás quase todo o elenco de volta, a história também tem uma ligação direta fazendo com que seja possível assistir um atrás do outro e ver como uma obra só. Infelizmente não me impressionou tanto quanto Hellraiser, não é que seja um filme ruim, ele tem os seus pontos incríveis, mas em geral eu vi apenas como mais um filme de terror que sugou do universo do anterior.

Claro que pode ser exatamente esse o motivo da coisa não ter me impressionado, como não apresentou um universo novo, o "mistério" do primeiro se foi já que eu sabia exatamente do que se tratava aquilo. Não é exatamente um erro, já que a fórmula em si é boa, porém fica aquele negócio de ser "Mais do mesmo".

O filme apresenta de forma muito interessante o limite entre a dor e o prazer, apresentando o inferno como um lugar onde as duas coisas são iguais mas não é compreensível pela mente humana, sendo assim o que pode ser a eternidade de sofrimento para alguns, pode se tornar um verdadeiro paraíso eterno, essa ideia já é apresentada no primeiro no entanto não tão profundamente, nesse por exemplo boa parte do filme se passa no inferno enquanto no anterior ele aparece rapidamente sem muitos detalhes.

Bom, não é um filme de terror ruim mas não é algo que consegue marcar de verdade em relação ao primeiro, não é preconceito com continuações, mas realmente o filme que deu origem à franquia nos cinemas foi bem melhor. Ainda assim vale a pena dar uma conferida pra passar o tempo, caso tenha se interessado você pode conferir todos os filmes da franquia aqui.


Nenhum comentário: