quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Stake Land - Um dos melhores filmes de vampiros!

Hoje vou falar sobre um filme de vampiros como não vejo há muito, mas muiiito tempo! E que me impressionou não apenas por um ponto mas pela obra como um todo que é cheio de detalhes interessantes e atraentes.

História

Algo aconteceu no mundo, vampiros apareceram e começaram a atacar pessoas, transformando-as, não demorou muito tempo para que o mundo inteiro ficasse devastado com apenas algumas pessoas tentando sobreviver, entre elas um homem e um garoto que perdeu os pais.

Sobre o filme

O criador fez algo diferente desde o início, é como se fosse um filme de zumbis, mas  onde os inimigos são vampiros e essas criaturas são diferentes das que conhecemos, aqui eles são realmente monstros, quando alguém se transforma fica irracional, não faz planos bem elaborados quanto a algo, apenas começa a atacar e sugar o sangue de alguém, a maioria morre com o coração destruído ou expostos ao sol.

A história apresenta um homem e um garoto viajando para o norte, tentando achar um local seguro e passando por diversas áreas desoladas em um ambiente pós apocalíptico com muitos pontos abandonados enquanto outros pessoas se unem, existem várias cidadezinhas que os cidadãos transformaram em uma pequena fortaleza enquanto outros preferem viajar solitários.

O que eu mais gostei foi em como foi bem aproveitado o universo criado, apesar de um ambiente pós apocalíptico não ser a coisa mais original que existe, esse foi explorado ao extremo. Praticamente todos os filme de vampiros e zumbis seguem um padrão já usado. Ou seja, em filmes de vampiros sempre aquelas mesmas coisas, um vampiro aparece e começa a matar todo mundo e transforma alguns e no final morre, ou então um grupo de caçadores de vampiros de sobretudo ficam caçando eles sem parar e arriscando suas vidas por algum motivo bobo. Já os de zumbis nem variação tem, é um grupo de sobreviventes que começa a morrer e tomar decisões retardadas dentro de um galpão do começo ao fim do filme quando o casal que sobra descobre militares ou algo assim.

Em Stake Land o principal inimigo não são os vampiros, mas sim as pessoas, um grupo de fanáticos religiosos que chamam de "Irmandade" vaga pegando os infiéis e dando para vampiros, também atacam cidadezinhas lançando vampiros de helicópteros para que eles matem todos presentes. Há os andarilhos como os personagens principais que podem ou não ser boas pessoas e os canibais que aparentemente devido à escassez de comida no mundo começaram a devorar outras pessoas.

O filme não se mantém no mesmo padrão do começo ao fim, você realmente vê as coisas mudarem, não espere um grupo preso em um lugar tentando sobreviver, os personagens viajam e conhecem pessoas novas assim como enfrentam muitos desafios, alguns realmente terríveis. Em certas partes o filme é bastante realista, por exemplo a freira que pergunta o que os dois vão fazer com uma outra freira que virou vampira e eles falam "Vamos matar aquela coisa" daí ela olha com uma cara de assustada mas ao invés daquele típico draminha "VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISSO COM ELA PORQUE EU SOU RETARDADA E VOU MORRER DAQUI A POUCO NO FILME!" não, ao invés disso ela se assusta mas diz "Que Deus os proteja" e observa a cena horrorizada, mas é exatamente o que uma pessoa normal faria. Assim como os personagens em circuntâncias extremas não bancam os heróis, eles não voltam pra procurar aqueles que ficaram, no máximo fazem uma busca local e depois vão embora ou depois quando acham alguém perguntam o que aconteceu com tal membro, mas nada daquilo de "OLHA OS 200 MANÍACOS PEGARAM NOSSO AMIGO, VAMOS INVADIR, PEGAR ELE DE VOLTA E SAIR TODOS VIVOS!" nada disso... No filme os personagens sofrem mas vão embora. Aliás eles sofrem pra cacete, é evidente que estão em um mundo horrível com estupros, bebês sendo devorados por vampiros de forma brutal, pessoas servindo de sacrifício, entre outras coisas.

Enfim

Esse é um filme que eu posso dizer que é pura arte, realmente magnífico, feito na dose certa com uma história que se desenvolve bem pra caramba mudando constantemente e com uma enorme quebra de clichês embora também tenha alguns.

Dá uma ajuda compartilhando? =)

Comentários
3 Comentários

3 comentários:

Etinex'Nay disse...

Interessei!

Agelus disse...

Aff, estupro não, odeio qualquer coisa com estupro =( , é mais chocante do que bebês sendo devorados, mas é claro que vou assistir mesmo assim.

bruno allef disse...

eu tenho esse filme ak em casa...muito bom