Natal Sangrento - Um incrível terror natalino!

História

Billy é um garotinho de cinco anos de idade que vai visitar o seu avô com os pais durante a véspera de natal, o homem fala para o garoto que Papai Noel virá mas só trará presentes para garotos que foram bons o ano inteiro sem ter feito nada errado. Aqueles que fizeram serão punidos severamente. Ao irem embora os pais do garoto param para dar carona a um Papai Noel no meio da estrada que assassina os dois, deixando apenas Billy e seu irmão vivos.

Sobre o filme

Nossa, esse é um filme que me surpreendeu pra cacete, afinal esse negócio de papai noel assassino já me faz pensar em filme trash e quando fui assistir, já esperava ver muita tosqueira rolando e um típico filme de terror com um assassino saindo pra matar um monte de gente e no fim do filme morrendo, ainda mais se tratando de um filme dos anos 80, mas ao invés disso me deparei com um filme complexo e muito bem trabalhado.



Sabem aqueles filmes em que o assassino mata geral e no final do filme tem "a grande revelação" que todo mundo já sabe o que é, que quase sempre é o passado do assassino mostrando um trauma de infância que o fez levar a ser o que é e começar a matar geral? Pois bem, o filme trata-se basicamente disso, só que a diferença é que ele não mostra no final, ele mostra o personagem crescendo e as complicações de sua vida, como ele vê o mundo e como se transforma no assassino que é.

Eu fiquei surpreso pra caramba em como os detalhes que vão sendo dados ao passar do filme se transformam nas regras que o assassino segue pra atacar as vítimas e em como a quantidade de detalhes vão se juntando formando um obra que me fez ficar surpreso pra cacete.

O filme tem os seus momentos trash, só que é tudo de uma forma bastante sigilosa, nada escancarado, não é um trash proposital ou feito porque o diretor não tem competência, é notável que o trash é devido a época em que foi feito e por isso não é algo que era pra soar bizarro. Por exemplo toda vez que o assassino vai atacar ele fala "PUNISH Ò__Ò!" que é bem tosqueira, mas se você parar pra analisar existe uma explicação no filme pra ele usar essa palavra e era pra soar de uma forma diferente, como se fosse uma pessoa perturbada falando, e não como vemos hoje que é tosqueira total.

Muitos dos diálogos são incríveis, por exemplo um momento em que ele faz a chacina e acha uma garotinha e pergunta se ela foi uma boa garotinha, essa parte eu achei extremamente foda o modo como ele analisa se ela se encaixa no padrão. Ou a última frase que o personagem fala no filme, simplesmente perfeita para a história, os roteiristas capricharam, principalmente pra um filme daquela época.

Enfim

Gostei pra cacete desse filme e acho que ele merecia um remake mais sério, ele não é um filme que me marcará pro resto da vida, mas o que ele tem de tão atraente é a quantidade de pequenos detalhes que tem e como foi contada a história, os elementos simplesmente são fodões e em um remake com o estilo atual certamente poderia surgir um filme realmente espetacular que fizesse pensar "Caracas, eu pensava que era só mais um filme escroto natalino que só existe pra passar no natal!".

Comentários

Cara com um nome desses eu nem pensava em alugar um desses. Mas parece ser interessante...
kkshi-Sama disse…
Olá sky, esse filme ganhou remake, Natal Sangrento (Silent Night, 2012. Ainda não assisti, mas em meio a esses tempos em que a quantidade de filmes ruins é maior que a de bons nesse gênero dizem que ele até possui umas mortes cruéis e sangrentas.
Skywalkerpg disse…
Vixe nem sabia, verei depois, valeu pela informação. *-*