Bulletstorm - Pé nas costas e tiro na cara Ò_Ò

É isso aí, chegou a hora de eu falar desse jogo que até agora eu não to acreditando que não tem Matanza como trilha sonora porque o jogo inteiro parece um grande clipe deles uahahaha, as letras tem tudo a ver =P

História

Durante o século 26 o pirata espacial Grayson Hunt tem sua cabeça colocada a caça a preço de uma enorme fortuna, ele está em busca de vingança por ter sido enganado no passado e obrigado a matar civis inocentes sem saber, porém após uma colisão com sua nave o único sobrevivente de sua tripulação é seu amigo Ishi Sato que tem grande parte do corpo destruída e acaba tendo que substituir por partes mecânicas e se tornando um cyborgue, e assim os dois partem em busca do ambicioso general que os traiu.

Sobre o jogo

Esse jogo realmente me divertiu bastante, infelizmente é muito rápido, mas cada momento que joguei foi pura diversão.
As principais armas do personagem são um aparelho que ele usa para lançar um laço luminoso em inimigos e objetos e puxar, e sua butina tamanho 45 que usa pra meter na fuça dos infelizes Ò_Ò mas apesar disso há também as armas que fazem jus ao nome do jogo Bulletstorm(tempestade de bala) pois realmente é bala que não acaba mais na bagaça, eu gostei bastante do fato das armas terem dois tipos de tiro e te dar aquela enorme sensação de impacto, os tiros secundários são sempre muito apelões, por exemplo a pistola tem como secundário um fogo de artificio que você lança o personagem pra longe. A sniper foi a arma que mais gostei, até o momento o único jogo que eu já tinha visto bala teleguiada foi o Singularity, só que lá eu não pude aproveitar tanto porque a quantidade de balas era minúscula, já nesse você atira e vê o cara tentando fugir uahahahaha, e o melhor é o tiro secundário dela, você atira, acerta o cara e ainda pode controlar a bala dentro do corpo dele por alguns segundos, jogando em cima dos companheiros e então aperta o botão de tiro de novo e a bala explode o corpo acertando geral que estiver por perto uahahaha.
A quantidade de combos que você pode fazer usando as armas é enorme, você vai descobrindo novos e faz pontuação com isso, quando você puxa o personagem com o laço luminoso e ele está bem perto, o jogo entra em camera lenta e você pode usufruir de algum combo radical, pode ser meter o pé nele pra voar longe, depois puxar de novo e meter o pé de novo, pode ser ir pra trás dele e dar uma pesada nas costas, pode ser apontar na cabeça e estourar, tem várias armas que você pode experimentar o efeito e dependendo do cenário você faz combos também, como puxaruma fruta pra cabeça do cara, pra assim ele ficar sem enxergar, prender ele em alguma ponta, eletrificar, entre várias outras coisas.
O personagem pode sair correndo e escorregar no chão em uma rasteira, só que ela é muito gigantesca, você realmente faz uma viajem uahahaha e enquanto isso pode ir metendo bala, recarregando ela, se acertar um inimigo, ele dá um giro no ar entrando em camera lenta na hora, que permite a você fazer algum combo com isso.
As falas dos personagens são, na minha opinião, um dos pontos mais altos do jogo, eu não sei se tem tradução pra ele, mas se você não sabe inglês, espanhol ou qualquer outra língua que ele tenha sido traduzido, vale a pena procurar uma tradução porque são muito engraçadas, acontecem coisas do tipo a mulherzinha acabar de ensinar que certas plantas podem causar alucinações nos inimigos e então ela diz "Viu? Até a pior das merdas pode ser útil!" e aí o cara responde "E é só por isso que você ainda ta andando com a gente" tem também um momento em que você ta controlando um robozão de controle remoto, pisando nos inimigos e mandando raio neles e então ele fala "HAHAHAHA SIIMMM MATE OS HUMANOS! TODOS OS HUMANOS! VOCÊS IRÃO PAGAR POR TEREM DEIXADO NERVOSO O MEU AMIGO ROBÔ FAVORITO! O ISHI É LEGAL MAS NÃO TEM 15 METROS DE ALTURA!" e claro o Ishi também tem suas frases, como um momento em que vocês entram em uma caverna gigantesca e o Grayson fala "Nossa, como esse lugar é grande!" e o Ishi "Já terminou de desfrutar a paisagem? Podemos continuar agora?" kkkkkkkkkk é muito massa as tiradas que eles se dão, e não ache que esse é daqueles jogos que a mulherzinha sempre se dá bem não, ela toma porrada na cara como se fosse homem e é xingada tanto quanto ela xinga eles kkkkkk.
Dependendo das coisas que você fizer no jogo, como apertar botões no momento certo ou mortes, você ganha pontos, algumas mais difíceis geram mais pontos que outras e é muito massa ver na tela aparecer o nome dela e a pontuação enquanto você faz, às vezes quando você faz muitas mortes de uma vez a tela enche de nomes, sem contar com algumas fodonas como por exemplo se você enche a cara(um dos bônus é beber todas as garrafas do cenário), sua visão fica embaçada e se você faz mortes desse jeito, ganha um bônus na pontuação. Com os pontos você pode comprar melhorias pras armas e também balas quando passar por certas capsulás espalhadas pelo cenário.
Os cenários são realmente bonitos, porém há alguns detalhes que em certos momentos são bem feinhos com baixa resolução, mas não é nada que chegue a estragar o jogo porque em geral tem cenários imensos que parei pra ficar observando diversas vezes, e não só o cenário, mas alguns inimigos também, algo de arrepiar nesse jogo é como os lugares podem se transformar, você vê grandes destruições, e cenários inteiros se modificando totalmente de uma hora para outra, há uma cena em que eles estão fugindo de uma caverna e ela sendo detonada, você sabe que tem algo muito grande ali, quando sai e pega o helicóptero, vê só a silhueta negra no meio da fumaça de algo REALMENTE muito grande no meio daquilo tudo, é fantástico!
Há uma grande variação de lugares e coisas pra se fazer nas missões, você faz coisas como voar em um helicóptero em meio a um ataque de um dinossauro de bem uns 2 km de altura em uma cidade, fugir de uma roda gigantesca no meio de um deserto com punks de carro atrás tentando te matar, correr no meio de um rio de ácido lotado de mutantes, fugir de lugares prestes a serem destruidos no meio do caos entre outras coisas, eu gostei muito da variação.

Enfim

Esse jogo é rapidinho mas me divertiu demais, as falas dos personagens matavam de rir e a ação exagerada era muito empolgante, a sensação de meter um pé contra um e esmagar na parede é realmente foda uahahaha e todo o imenso cenário sendo destruído é fantástico. Acho que os caras fizeram um bom trabalho também com o marketing em que zoaram halo 3 e lançaram o pseudo jogo Duty Calls.

Comentários

Etinex'Nay disse…
Esse jogo é do caralho!!! Matanza em jogo UHAHUAHUAUHA To jogando ele, muito bom cara pqp.
Maniezi disse…
Eu infelizmente nao gostei, salvei ele e tal mas... sei la... nao da a minina vontade de fazer um repeteco, e olha que e o meu estilo de jogo hein.