Pai do Playstation detonou tecnologias de Óculos VR e Metaverso

Às vezes é de se imaginar que porque uma pessoa criou alguma coisa, ela automaticamente vai se encantar com qualquer criação na mesma linha, só que mais evoluídas. Mas esse não foi o caso de Ken Kutaragi, que na década de 1990 idealizou o CD-Rom para Super Nintendo, mas o projeto foi abandonado e ele convenceu a Sony a transformar aquilo no primeiro Playstation. Mas apesar de lutar pra fazer esse console existir, ele não foi nem um pouco com a cara de uma realidade virtual que vai além.

O ano de 2021 explodiu com uma ideia que já existia há séculos na ficção científica, jogos, filmes, séries... Mas o público em geral acabou sendo exposto à ideia de Metaverso, elaborada pela Meta, empresa do Facebook e que prometia fazer algo que MMORPGs como Second Life já faziam, que é simular o mundo real em ambiente virtual. Porém deu destaque ao lado profissional ao invés do entretenimento.
 
Isso gerou fortes investimentos da indústria e muitas empresas começaram a mexer os pauzinhos, inclusive existe a desconfiança de que foi uma das coisas que desencadeou a guerra das aquisições, em que empresas de jogos começaram consumir umas às outras por bilhões de dólares e até a Arábia Saudita comprou um pedaço da Capcom.
No entanto, para Ken Kutaragi, a coisa não foi nem um pouco encantadora e sua declaração sobre o assunto foi:

“Estar no mundo real é muito importante, mas o metaverso permite que você se torne quase real em um mundo virtual, e para mim isso não faz o menor sentido"

“Você prefere ser um avatar aperfeiçoado em vez de você mesmo? Basicamente, não é tão diferente de sites de mensagens onde há anonimato."

"Headsets VR isolam você do mundo real, e eu não posso concordar com isso. Eles são apenas chatos."

Uma coisa curiosa é que no Japão em especial, a ideia de realidade virtual já existia há muito tempo. O anime "Serial Experiments Lain" de 1998 mostrou uma realidade que na época era ficção científica pura, mas que com o passar dos anos, o nosso mundo ficou assustadoramente idêntico à aquele. Então coisas desse tipo especialmente para o ramo do entretenimento normalmente costumam não causar nada, pois essas pessoas que já estão na indústria e já sabiam que rolaria. Mas e vocês, o que acham do Metaverso?

Postar um comentário

0 Comentários