Splinter Cell: Blacklist - Para aqueles que amam Stealth!

Hoje vou falar aqui sobre Splinter Cell: Blacklist, um jogo que eu fiquei realmente muito empolgado em jogar, principalmente porque provavelmente esse é o jogo que mais amo do estilo Stealth e acho que ele tem um climinha próprio bastante único, além de que eu não tinha jogado novamente nenhum jogo da série desde que zerei o Conviction. Pra quem não sabe Splinter Cell é baseado na série de livros do autor Tom Clancy.


Esse jogo mostra a história de uma agência terrorista que se autointitula "Os engenheiros", os mesmos iniciam uma série de ataques a americanos que começam a chocar as pessoas. Eles exigem que todas as forças do país sejam retiradas de outros países e retornem para casa imediatamente ou continuarão fazendo os ataques. Logo o governo toma uma decisão para descobrir quem são os líderes da ameaça e eliminá-los.

Nesse jogo mais uma vez você assume o papel de Sam Fisher e em campanhas cooperativas é possível assumir o papel do agente Briggs. Apesar de existir bastante ação no jogo e ser possível sair metendo bala em todo mundo, eu o achei bem mais difícil que o conviction, então no caso o modo Stealth está novamente em alta nele e com certeza é necessário ser bastante cuidadoso e pensar bem antes de agir.

O visual também mudou um pouco, ele está mais sombrio, enquanto o conviction havia todo um certo brilho, tudo era bastante luminoso e tinha aquele tom verde constante, esse voltou a dar mais destaque à escuridão do jogo e uma sensação maior de ser um agente secreto já que dessa vez você não é um fugitivo, mas sim um espião.

Como você tem uma equipe agora, ficou incrível a experiência de receber informações enquanto você está fazendo a missão, e não são apenas coisas realmente importantes para a finalização, você pode por exemplo achar computadores e entrar em contato com um membro da equipe responsável por hackear sistemas, ou mesmo receber informações sobre algum tipo de bandido procurado e já aproveitar que está por ali e pegar o infeliz.

A ubisoft deu um certo toque "Assassin's Creed" no jogo ao colocar uma "central de comando" que me lembra muito o Desmond saindo do Animus, nesse lugar você visita ao fim das missões, nesse lugar é possível não apenas conversar e obter informações, como escolher a próxima missão que irá fazer e o melhor de tudo, as atualizações. Como você ganha dinheiro nas missões, pode escolher como gastar ele e assim você pode melhorar o avião em que fica sua equipe e desse jeito ganhar algumas vantagens, como por exemplo aumentar o rastreio de coisas, ou pode melhorar o seu equipamento que irá usar nas missões.

O jogo tem um sistema de pontuação que apresenta a sua forma de agir e no final da missão é apresentada a pontuação que você fez, graças a isso você logo percebe qual o estilo que mais costuma usar, assim como aproveita para comprar equipamentos que vão te ajudar a melhorar esse estilo ou mesmo tentar agir de outra forma. Além do mais é possível repetir as missões e assim você pode testar estilos diferentes e criar experiências completamente novas.

Não posso deixar de falar da dublagem, eu realmente gostei pra caramba e é a primeira vez que ouvimos o Sam Fisher falar português, algo que acho fantástico demais e que considero um verdadeiro sonho sendo realizado!

Enfim, para quem gosta de jogos Stealth está aí uma opção, com certeza Splinter Cell é o tipo de jogo que pessoas que gostam desse gênero não podem deixar de jogar e ainda podem intensificar a experiência chamando um amigo para partidas cooperativas. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Comentários

Anônimo disse…
Eae, gostei do post, mas mudando de assunto, gostaria que vc desse uma olhada em uma anime chamado Claymore, uma vez eu pedi que vc olhasse o Blood Lad e Watashi ga Motenai no wa Dou Kangaetemo Omaera ga Warui, mas vc disse que não curtia muito animes meio fofos assim, kkkk então eu to acompanhando esse anime e ele é bem legal, percebi que vc analisa animes só de ação,sobrenatural, do tipo Seinen, e tbm vi na sua lista de animes analisados pelo Blog que Claymore não tava lá, ate achei estranho, por Claymore ser um pouco parecido com Berserk que vc já analisou e talz, não sei se vc já viu ou coisa do tipo, mas se não conhece, vale a pena dar uma olhada nele, acho que vc vai gostar.
Skywalkerpg disse…
Algumas pessoas me indicaram há um tempo, mas o deixei meio que na lista de espera. Normalmente tenho que estar no clima de ver anime, caso o contrário procuro ver ovas que costumam ter 6 epiosódios ou menos ai é mais facil ver de uma vez.
Anônimo disse…
ok, quando for assistir anime, esse é realmente é recomendavel