Confira a carta de desculpas do diretor de Diablo 3!

Um dia após o diretor de Diablo 3 mandar o co-fundador da blizzard se fuder e o circo pegar fogo, ele decidiu que era hora de dar algumas explicações para o publico, fazendo assim com que as notícias sobre sua boquinha suja manerem. E assim Jay Wilson publicou a seguinte mensagem:

"Como muitos de vocês já devem saber, eu recentemente fiz um comentário sobre Dave Brevik no Facebook. Eu gostaria de deixar bem claro que sinto muito por ter dito aquilo. Eu tenho expectativas bem mais altas para mim do que expressar meus sentimentos de uma maneira tão imprudente e ainda desrespeitar um colega de desenvolvimento como o Dave, alguém que merece ser tratado com bem mais respeito.

Aquilo foi dito em um momento de raiva, em defesa à minha equipe e ao jogo. As pessoas podem dizer o que bem entenderem sobre mim, mas eu não pego leve quando elas denigrem o comprometimento e a paixão da equipe de Diablo III. Dave é incrível. Ele criou os dois jogos que mais me afetaram como desenvolvedor, sendo Diablo e Diablo II. Eu respeito a sua visão para Diablo, mas assim como ele disse na entrevista, a equipe de Diablo III teve que dirigir uma visão para o jogo que nos é real. Nós acreditamos em Diablo e durante muitos anos temos nos concentrado em seu árduo desenvolvimento para torna-lo uma realidade.

A fundação da equipe de Diablo III provém da equipe remanescente da Blizzard North: Nosso programador líder, que é o responsável pela construção da base da engine gráfica de Diablo III quando estava na Blizzard North; nosso artista técnico líder, é um dos jogadores mais ávidos de Diablo II que vocês podem conhecer e dirigiu a maior parte dos visuais de combate, efeitos e as habilidades de nossas classes; nosso artista conceitual líder, que ajudou a estabelecer o visual fundamental do jogo; Wyatt Cheng, nosso diretor técnico sênior, que escreveu muitos de nossos blogs e trabalha de maneira incessante no jogo que está ativo. Todos estes indivíduos, e muitos outros, fizeram um comprometimento com Diablo antes mesmo do fechamento da Blizzard North. Foi muito difícil para mim ver todas as suas contribuições serem diminuídas por alguém com quem trabalhavam ao lado, e mais difícil ainda foi não agir na defesa deles. Eu só gostaria de ter feito isso de uma maneira mais profissional.

Quando eu entrei na equipe de Diablo, esse foi um sonho que se tornara realidade. Na minha casa, o nome Diablo sempre foi dito em um tom mais abafado. Ele significava longas noites que se tornavam manhãs, momentos de pura adrenalina e diversão. Ele significava várias discussões, debates, buscas por websites com builds, e mais de um ou dois dias de folga no trabalho por estar "doente". :) Quando Diablo II foi lançado, eu tirei uma semana de folga do trabalho e paguei uma viagem para minha esposa para fora do estado... e ela estava grávida na época! Eu joguei Diablo II com meu pai durante uma das etapas mais difíceis de sua vida, e esta experiência nos deixou mais próximos, e espero que isso o tenha ajudado a passar pelo que estava passando. Eu entrei na equipe de Diablo pois a ideia de um mundo sem Diablo parecia ser algo bem ruim para mim. Eu não tinha certeza se eu seria bom o suficiente. Eu ainda não sei. Mas senti que eu deveria tentar.

Independente de meus resultados, minha equipe tem ido além do rótulo "boa o suficiente" e estou orgulhoso do jogo que concebemos juntos. Nós acreditamos ter um ótimo jogo. Mas Diablo III tem seus defeitos. Não é perfeito. Vendas não significam nada se o jogo não mora em todos nossos corações e dar suporte aos nossos jogos é algo que a Blizzard sempre faz. Patch 1.0.4 é um passo na direção certa, mas eu não tenho a ilusão de que o trabalho foi finalizado.

Jogar Diablo III deve ser uma experiência recompensadora. As novas lendárias são um grande passo na direção correta, assim como os ajustes nas taxas de drop de itens. Mas eu ainda não estou convencido que fomos longe o suficiente. Se você não sente que um bom item está prestes a aparecer a qualquer momento - e a emoção de acha-lo finalmente chega - então não fizemos nosso trabalho corretamente. Diante de nossa preocupação que Diablo III tenha longevidade, nós éramos excessivamente cautelosos quando lidávamos com o saque de itens e afixos. Se 1.0.4 não corrigiu isso, pode ter certeza que continuaremos trabalhando nesta questão.

Porém, parte do problema não está relacionada com o saque de itens, mas com a variedade de coisas para fazer no jogo. Muitos de vocês comentaram que o jogo precisa ter mais opções além da caça de itens e nós concordamos com isso completamente. O sistema de Excelência é um passo na direção certa por oferecer uma meta-progressão por sua dedicação no jogo, mas isso não resolve muito a questão de variedade de atividades possíveis no jogo. Eu não creio que haja uma solução definitiva para este problema, porém acredito que possamos fazer este aspecto do jogo ainda melhor e por isso estamos planejando algo além do PvP para o próximo grande patch. Minha intenção não é ser enigmático, mas ainda estamos estabelecendo as coisas e falaremos sobre isso assim que possível.

A dificuldade tem sido uma fonte divisória quando falamos sobre ela no jogo. Alguns jogadores acreditam que Diablo nunca foi algo em que se deve focar na superação de desafios, e sim na melhoria de sua eficiência e farming. Alguns jogadores querem que o jogo testem seus limites. Nenhum dos lados está errado. No momento, Diablo III simplesmente não oferece as ferramentas que permitem que os jogadores escalem o desafio do jogo para algo que seja apropriado para eles. Nos estágios avançados do desenvolvimento de Diablo II, o comando "players 8" - que deixava as pessoas estabelecerem a dificuldade dos monstros - foi colocado no jogo para resolver essa questão e estamos considerando algo similar no próximo grande patch de Diablo III para permitir que os jogadores decidam a dificuldade em que querem jogar.

A Casa de Leilões tem provado ser um grande desafio. Ela dá bastante poder para os jogadores trocarem e adquirirem itens. Achar um ótimo item de Monge para que você possa trocar por um equipamento melhor para seu Arcanista é claramente um grande benefício, porém isso vem com uma ressalva. A Casa de Leilões pode afetar a progressão natural dos saques de itens, deixando o jogo menos recompensador para alguns jogadores. Sabemos que isso é um problema. Neste momento, não sabemos bem como corrigir isso, mas estamos sempre discutindo isso e acreditamos que este é um problema que podemos superar.

Apesar de estas serem as questões principais em Diablo III, elas não são as únicas que estamos investigando. Dia a dia, nós nos perguntamos se as classes tem jogabilidade satisfatória, se os raros e campeões oferecem um combate divertido, se estão relativamente pareados com os monstros normais. Podemos fazer melhorias adicionais nos elementos sociais do jogo? Como podemos melhorar ainda mais os itens?

Fizemos Diablo III porque acreditamos na franquia Diablo. Achamos que a jogabilidade é incrível, o mundo é atraente e este é jogo que todos nós queríamos jogar. E por acreditarmos nisso, continuaremos dando suporte a ele e melhorando-o ainda mais. Estamos comprometidos em fazer de Diablo III o melhor Diablo que já saiu até hoje e esperamos que vocês possam continuar nos ajudando a fazer justamente isso.

Dito tudo isso, eu gostaria de pedir desculpas para todos vocês, jogadores de nossa comunidade. Vocês merecem muito mais que a minha reação aos comentários de Dave. Vocês merecem uma comunicação mais honesta sobre o jogo e o que estamos fazendo para tornar a experiência ainda mais incrível para todos nós. Nós temos muito carinho por Diablo e apreciamos sua paixão pelo jogo. Sem vocês, não seríamos capazes de fazer isso, e por isso, não posso agrade-los o bastante."

Agora se mandem bandos de urubu loucos por fofoca Ò_Ò! Voltem a jogar Diablo 3 que o Jay já está sentindo falta de vocês na casa de leilão! *o*

Postar um comentário

0 Comentários