Assassin's Creed Revelations

Caramba, finalmente zerei esse jogo. Como todo Assassin's Creed, eu fiquei super ansioso para jogar esse afinal me considero fã mesmo da série, e fiquei mais feliz ainda quando soube que tinha ligação direta com a história do primeiro assassin's creed, que eu acho tão fantástica e pareceu ter sido esquecida depois do segundo jogo. Infelizmente esse também foi o primeiro a me desanimar na franquia.
Mas bom, quando fui jogar, tava feliz demais, afinal depois de todas as novidades que o Assassin's Creed Brotherhood inseriu, e da evolução da série através dos outros jogos, eu sabia que tinha que esperar muito desse também. E o jogo realmente insere várias coisas legais, como o sistema de bombas que você cria diversos tipos usando materiais diferentes e gerando variados efeitos. Ou o para quedas, que pode te salvar da morte, ou permitir alcançar locais de forma muito mais fácil. Há também uma nova lâmina escondida com um bico que te permite usar ela pra se pendurar em locais mais distantes.

Dessa vez você não controla Desmond fora do animus, mas sim preso em sua própria mente com diversas memórias fragmentadas, e você fica em uma ilha onde pode acessar a qualquer momento para dar uma voltinha hehehehe. De acordo com o progresso, você também vai liberando portais na ilha que levam a memórias de Desmond.

No jogo foi inserido um novo sistema de defesa quanto a esconderijos de Asassinos que estejam sendo atacados por templários, sempre que isso ocorrer você pode ir defender e iniciar o modo "Defesa a torre" que é igual a joguinhos do gênero só que em 3D, eu não sei como ficou a versão de console mas a de PC ficou um lixo, o controle ficou travado demais e dificultava, mas mesmo assim achei divertido só que com controles nada legais.

Mas bom, mas apesar disso acho que o jogo deixou a desejar, ele não é ruim não, é maravilhoso, um jogo que tem muita coisa pra fazer, os gráficos estão lindos pra caramba, a história é muito foda e foi muito legal jogar tudo de novo, mas esse é um dos jogos que infelizmente eu não aproveitei por culpa da expectativa. Em geral não achei ele inovador, achei apenas que estava jogando um pouco mais de algo que já joguei e essa que foi a decepção, enquanto o segundo jogo apresentava uma jogabilidade inteiramente nova, o terceiro adicionava uma quantidade imensa de inovações em relação ao segundo, o quarto colocou uma quantidade de coisas novas que não me fez achar o suficiente para surpreender, além do mais o cenário das arábias não funcionou tão bem com o Ezio, me deu até saudade da Itália, o jogo parece ter um cenário um tanto limitado enquanto no primeiro você viajava por várias cidades e tinha muito mais a ver o Altair. Já o Ezio eu me senti realmente deslocado com ele e pensava o tempo todo "Caramba, queria poder ir pra Roma '-' ".

Mas enfim, é isso, o jogo é incrível, maravilhoso demais mesmo e quem não jogou nenhum dos anteriores, vai ficar abismado em como é divertido jogar Assassin's Creed, agora quanto a inovações, não tem muito o que falar, simplesmente fraco. Quanto a história não tenho o que reclamar também, tá fantástica, e inclusive foram lançados livros complementares em português. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois muitas vezes eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.


Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

3 Comentários

  1. Realmente comparado com os outros às inovações não são tantas, mas o estilo de jogabilidade de assassins creed me maravilhou tanto que mesmo que não tive-se nenhuma novidade, com exceção de ser em um local diferente com personagens diferentes, eu ainda adoraria o jogo, sei que é meio fanboy, mas é assim que eu vejo.

    Gostei muito das pequenas "quests" para tornar um assassino veterano o líder de um dos esconderijos.
    Apesar de serem novidades passei o jogo todo sem usar praticamente nenhuma bomba ou o paraquedas.
    Apesar de ter melhorado em comparação com os outros jogos da franquia, o sistema de combate ainda continua bem fácil.

    ResponderExcluir
  2. Não consigo jogar nem o 2... .-., Sério, eu tentei curtir essa série com todas as minhas forças, mas não dá, só gosto do 1 mesmo...

    ResponderExcluir
  3. Eu sou viciado no assassins, começou jogando o 2, fui para o 1 e depois ao brotherhood, achei que faltou muito a ligação entre a brotherhood com esse.. poxa o Ezio nem se encontrou mais com o da Vinci, nem com a Claudia(apesar de toda vez que pegava uma das chaves ele mandava uma carta), e a mãe dele como esta?? o La volpe o Maquiavel... nem quando zerou o jogo mostrou ele voltando para firenze, só no Embers mas ja tinha passado uma cacetada de anos... a jogabilidade ficou muito boa, mas o grafico não gostei...o Desmond do assassins 1, 2 e brotherhood não aparece com esse, e nem o ezio se aparece os dois ficaam muito esquisito, diferente do altair que ficou perfeito. Vamos ver o Connor agora

    ResponderExcluir