Story of Stuff - Todo mundo precisa ver esse vídeo!

Sabem, esses dias minha tia foi fazer compras e ela estava me mostrando o que comprou daí vi um cabide grosso, porém de plástico e ela disse que custou 6 reais, aí eu disse "Caracas!!! Que facada!!!" aí ela disse que era o preço normal que estava. Me veio o pensamento de algo que eu sempre tive, as minhas coisas, são coisas para se durar, ou seja eu nunca compraria um cabide de plastico, essas coisas sempre vão quebrar e despedaçar, então o meu objetivo é de sempre comprar coisas que vão durar o máximo possível, mesmo sendo mais caro e passando da moda com o tempo hehehe, então no caso de um cabide eu compraria ou de ferro, ou de madeira, de plástico nem pensar. Esse tipo de pensamento me ocorreu quando eu era criança e minha mãe teve uma briga feia com meu padrasto e ela tacou um prato no chão, acredito que na hora todo mundo tenha se surpreendido com aquilo, afinal quando ela tacou com tanta força o prato, todo mundo se assustou esperando ver cacos pra todo lado, mas ao invés disso o prato bateu no chão, voou pra cima de novo, depois bateu mais umas duas vezes e foi parar em um canto da sala. Naquele dia eu pensei "É esse prato que eu quero ter na minha casa!". Eu sei, isso é pensamento de pão duro, mas foda-se Ò_Ò eu preciso economizar pra comprar coisas fodonas e não ter que ficar gastando direto pra comprar um prato novo porque o antigo caiu no chão.



Quando eu estava no ensino médio, um dia eu e um amigo estávamos voltando de ônibus de um projeto que fomos fazer em um lugar aqui do DF chamado Planaltina, enquanto voltávamos acho que vimos uma fabrica ou algo assim, eu não lembro o que era e ele comentou que nós humanos consumimos muito e gastamos muito recursos e ele tinha medo de quando esses recursos acabassem. No dia eu não entendi o que ele quis dizer, acho que pensei algo do tipo "Esse aí fumou um baseado!" mas nem falei nada uahahaha, porém hoje em dia eu entendo perfeitamente o que ele estava querendo dizer com aquilo. Esses dias eu estava conversando com meu amigo Daniel sobre a continuação de American Mcgee's Alice e ele desceu o pau dizendo que era o pior jogo DO UNIVERSO!!! Ò_Ò e que o documentário "Story of Stuff" foi feito especialmente pra esse jogo. Bom, na verdade não foi kkkk mas mesmo assim eu não conhecia esse documentário e quando ele me passou achei algo realmente interessante. Ele foi feito para o povo dos Estados Unidos, mas temos um estilo de vida realmente muito parecido com eles então acaba seguindo a mesma linha aqui no Brasil, confiram:

E CLIQUE AQUI para ver muitas outras coisas bem interessantes!
Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

10 Comentários

  1. Vi esse video a uns 2 anos atras na escola, muito bom, é realmente isso que acontece. abrçs..

    ResponderExcluir
  2. SKYYY, TF2 TA FREE PRA TODO MUNDO D:

    ResponderExcluir
  3. A FAVELA TODAAAA JOGANDO!!! Ò___Ò

    ResponderExcluir
  4. eu sky eu gostaria de participar desses seus audios contos do half-life, o que eu devo fazer?

    ResponderExcluir
  5. Ter a voz grossa, não ser gago, conseguir gravar sem som de fundo, não arrumar uma desculpa para não gravar(todo mundo faz isso, aceita e depois diz "eu tenho trabalho de fisica"). Daí você grava uma demonstração, narrando qualquer coisa, eu prefiro que seja um pedaço de "Diabo da estrada" mas pode ser outra coisa. E aí me manda pra

    [email protected]

    *-*

    ResponderExcluir
  6. Esse Daniel tem um ótimo gosto,e ele deve ter relacionado o jogo com esse vídeo para mostrar o quanto compramos lixo achando que presta :p

    ResponderExcluir
  7. Eu estudava na mesma sala do Eduardo Papov,por isso também vi esse video e sinceramente,é genial.

    ResponderExcluir
  8. Team Fortress 2 de Graça?
    Geral ta jogando uheuhee

    ResponderExcluir
  9. Milhares de mulheres grávidas saem da amazônia todo dia para trabalhar em fábricas de travesseiros neurotóxicos.
    Aprendi direitinho.

    ResponderExcluir
  10. Cara eu não tinha visto essa postagem. Esse documentário é muito bom, apesar que mostra uma visão bem simplista das coisas. Mas é bom isso, porque assim qualquer um pode ver e entender. Eu falo isso que essa mulher fala, pras pessoas, todo dia. Mas ninguém me escuta. E nem preciso dizer que o que ela descreve no vídeo de forma tão sutil, tem um nome que os americanos aprenderam a chupar: Capitalismo.

    ResponderExcluir