Paprika - Um filme para pessoas muuuuiiito drogadas!

Sabem eu tenho o maior preconceito com obras com nomes feios, mas eu tinha lido há um tempo sobre Paprika e fiquei com vontade de assistir, porém acabei deixando de lado e com o tempo até esqueci o que eu tinha lido e nunca assisti, porém pesquisando sobre um dos melhores animes que já assisti que é o Paranoia Agent que descobri que era do mesmo autor, daí sim empolguei pra caramba e fui assistir imediatamente e nossa é um daqueles filmes que termina e você só tem uma coisa a dizer "PORRA!!! QUE FILME FODAAAA!!!"

História

Uma instituição desenvolve um aparelho que ajudará muito no ramo da psiquiatria pois é capaz de entrar nos sonhos das pessoas, permitindo tanto filmar o que acontece quanto entrar e interagir com a pessoa, porém quando o aparelho é roubado, ele passa a ser uma ameaça para qualquer pessoa pois pensamentos podem ser inseridos nas mentes fazendo-as perder a noção da realidade.

Sobre a animação

Nossa, existem tantas produções boas, filmes, animes, jogos, mas às vezes eu penso que já assisti tudo e a única coisa que me resta é esperar mais um gênio aparecer para lançar algo fantástico, são tantos filmes que começo assistir e nem consigo chegar ao final de tão ruins que são, e a busca por novos fica cada vez mais difícil e então vem aquele tédio do tipo "Droga, já vi tudo de bom que existe, só resta mesmo esperar...". Mas então conheço uma obra como Paprika e penso "Caracas! Deve ter tantas coisas fodas como essa por aí que eu não achei ainda!", simplesmente foi bom demais esse filme, para começar com a qualidade da animação, incrível, muito bem feita mesmo, as músicas são fantásticas, colocadas no lugar certo e que lembram bastante Paranoia Agent, em certos momentos do filme cheguei a pensar que Paprika era um pedaço da história desse anime.
O jeito que a história vai sendo conduzida te deixa bastante preso e há várias reviravoltas, aquele suspense leve mas na dose certa para prender, os personagens quando estão dentro de sonhos tem consciência daquilo, então podem controlar o que tem ao seu redor, porém como os sonhos são misturados, precisam aproveitar o que tem ao seu redor para fazerem o que desejam e não simplesmente criar do nada, por exemplo em uma cena de perseguição uma personagem abre uma porta e não tem saída, então ela pula dentro de um quadro onde tem uma esfinge e se transforma nela, e o cenário já muda com aquilo, ou seja é uma loucura total, mas que agrada bastante.
No começo do filme há coisas que são ditas que simplesmente não tem sentido algum, mas depois com o passar do filme elas vão criando um sentido de uma forma tão foda que você fica surpreso com a mudança, uma coisa que recomendo é assistir e deixar rolar sem achar que não entendeu algo, na verdade aquilo pode ser simplesmente algo que não era pra ser entendido ainda, quando assisti eu cheguei a pensar que não estava prestando atenção no filme e voltei uma cena pra assistir de novo e ver se entendia o que o cara tinha acabado de dizer, algo sobre sapos tocando corneta e a oceania o.o' uahahahahaha.

Enfim...

Recomendo assistirem AGORA Ò__Ò o filme é muito divertido, mas cuidado pra não confundirem com um filme pornô de 1991 chamado Paprika, esse aí não deve ser nada psicológico, ou será que é? kkkkkkkk

Quem quiser, ta super barato no submarino clique aqui para comprar

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Julio Cesar disse…
Pra mim o melhor dele é o Tokyo Godfathers, esse eu até comprei o original.
Skywalkerpg disse…
Sério? Eu vi o trailer e não achei nada demais, achei até meio decepcionante, mas já que achou tão bom, agora vou assistir pra ver o que acho *-*
lele disse…
manu, esse filme eh foda pakarai! eu assisti no max prime na tv paga, muito foda
leprechaun disse…
muda um pouco a forma de começar o argumento ta muito cliche isso
Gabriel Ramos disse…
Paprika é absolutamente foda. Faria uma sessão dupla excelente com A Origem.

Vale lembrar que, Satoshi Kon, diretor de Paprika, fez um dos filmes mais fodas já saidos do japão. Perfect Blue, vale a pena conferir se curte o trabalho do cara.
victor2347 disse…
Falando em A Origem, as estória é praticamente a mesma ou é só impressão?
♠♦♠FiL disse…
Oi pessoal do Nerd Maldito, eu gostaria de deixar dois animes pra vocês, caso queiram assistir pois eu achei eles interessantes.
-Soul Eater:
Anime de luta onde Artesãos, que são pessoas que manipulam armas no anime, usam as Armas, armas com alma que podem virar humanos, para matar uns demônios lá pra salvar a escola e tal pra se tornar um guerreiro" lendário.
Tem lutas envolventes e é bem engraçado, mas tem apenas 51 episódios.
-Sora No Otoshimono
Anime de comédia echhi e romance que é de um carinha tarado chamado Tomoki que do nada encontra um anjo" caído, que lojo se torna sua servente. É bem engraçado, porém o início parece ser meio chato.
Skywalkerpg disse…
Obrigado pela dica ♠♦♠FiL, o soul eater ja tem uma matéria aqui no blog

http://www.nerdmaldito.com/2009/01/soul-eater-uma-alma-saudvel-compe-se-de.html

Quanto ao "Sora No Otoshimono" eu nunca ouvi falar mas se eu assistir eu faço uma matéria ok? Só que meu tipo de anime é mais violento ou sério, é raro eu assistir anime de comédia, só que tem uns que já vi que são fodões mesmo.
♠♦♠FiL disse…
Desculpe, eu não tinha visto ainda.
Esse Sora no Otoshimono tem algumas lutas e são legais, em uns episódios da segunda temporada tem uma personagem muito obscura.
Olha, mas se você procura um anime violento e que dá agonia assista:
Higurashi no Nako Koro ni
Esse sim é matança, sangue e tortura heh.
Skywalkerpg disse…
Uahahaha é esse eu já vi, é a maior chacina mesmo kkkkk
Evolution Games disse…
Melhor é futari henchi muaeohaehoaehoaeho'
Jaque Machado disse…
Eu achei o "Paprika" totalemente muito inteligente! E achei tbm que o Nolan engoliu este filme e cagou o "Inception". São asqueirosamente idênticos. Dá até nojo do Nolan: como ele conseguiu?
Tá. Deixa pra lá!
Paprika, TGF e Perfect Blue, são do Satoshi, como diretor e/ou escritor, e eu acho ele um gênio!

O blog é 10! Pro escritor(a) do post: acredite no ponto final, ele existe.