Devolver Bootleg | Os jogos que você ama em versões duvidosas!

O termo Bootleg existe nos mais variados tipos de mídias e o significado é meio variado, mas frequentemente relacionado ao universo da pirataria. E no mundo dos jogos é um termo que direciona para os mais variados tipos de versões não oficiais, desde obras incríveis como Final Fantasy 7 para NES, até bagaceiras totais nada a ver como o jogo de pancadaria do Harry Potter. E a devolver fez algo completamente inusitado, lançou uma coletânea de bootlegs de seus próprios jogos!

A coisa é muito especial por fazer graça do próprio mundo da pirataria. Normalmente desenvolvedoras fogem da coisa e só se manifestam quando é pra descer o pau. Mas nesse caso a coisa foi bem diferente e ela mesma fez uma simulação das clássicas coletâneas não oficiais com um menu onde você escolhe o jogo que quer se aventurar.

Assim como toda coletânea falsificada que se preze (e que os criadores não querem ser processados), essa alterou os nomes dos jogos para versões semelhantes aos originais. E assim temos Enter The Gun Dungeon, Hotline Milwaukee, Ape Out Jr, Shootyboots, Catsylvania, Super Absolver Mini: Turbo Fighting Championship, Luftrousers e PikuBiku Ball Stars.

Os jogos variam entre verdadeiros demakes, até misturas de gêneros. Mas a regra é que todos sejam jogos que rodariam em  NES, então você não tem suporte a dois analógico (um para andar e outro para mirar), mas apenas o controle de se virar para determinados lados, e ao mesmo tempo só existem dois botões de ação.

Apesar disso eles conseguiram fazer adaptações fantásticas! Por exemplo, Hotline Miami pode verdadeiramente ser chamado de uma versão do jogo para NES. Você sente a coisa frenética, lança armas, atira, desvia de tiros. É bem fantástico e pode agradar de verdade aos fãs como se fosse mais um jogo oficial da franquia, incluindo a história bizarra.

Em outros jogos, fizeram ripoffs de jogos famosos, por exemplo a adaptação de Gato Roboto, se tornou Castlevania, e até a forma do astronauta falar virou arcaica, o que é bem hilário de ver "Oh gatinho, vós que estais aí" kkkk. A adaptação de Ape Out ficou com um visual semelhante a Mario Vs Donkey Kong, mas com uma jogabilidade própria.

Também existe suporte a multiplayer local em dois jogos, a adaptação de Piku Niku e a adaptação de Absolver. O primeiro virou um jogo de basquete que pode gerar belas gargalhadas com os personagens desengonçados indo pra lá e pra cá, enquanto o segundo é algo mais semelhante a Street Fighter.

Achei interessante como se viraram para se livrar do problema da falta de um analógico, pois alguns desses jogos realmente ficam complicados se você tem que sempre se virar para atirar. E nas adaptações de Enter the Gungeon e Luftrausers, se você atirar, enquanto segurar o botão de tiro, o personagem fica virado para aquele lado, dando uma liberdade bem maior.

Alguns jogos surpreendem em apresentar algo extremamente sólido, como é o caso de Shootyboots, a adaptação de Downwell, que facilmente conseguiria ser lançado como jogo solo na steam, pois é tão bem feitinho e cheio dos detalhes, que tenho certeza que por um preço barato, teria um baita de um público pronto para dar notas positivas.

É muito legal ver que usam também vários elementos clássicos visuais de jogos de Nintendinho 8 bits, e que você acaba tendo aquela sensação de que já viu isso em algum lugar. A paleta de cores é também limitada à da época, então seria possível mesmo recriar esses jogos dentro daquele console, até porque os pixels também são grandões e limitados.

Ainda existe um forte clima de bagaceira que só deixa a coisa mais gostosa, por exemplo em Gato Roboto, a gatinha controla um corpo robô no formato humano, ficando só a carinha pra fora, já em Catsylvania é uma armadura medieval, só que se você leva dano e a armadura quebra, ao invés da gatinha cair no chão, fica um corpo humano embaixo, todo musculoso e a cara de gatinha em cima kkkkk. Já no zeramento de Hotline Milwaukee, não tem cerimônia, é só um GAME OVER na tela mesmo e acabou. Uma tosqueira do jeito que deve ser!

Enfim, sinceramente acho que foi um baita lançamento bacana da Devolver, 10 contos em uma coletâneazinha dessa me pareceu um ótimo preço! Recomendo sempre dar uma olhadinha no preço dele na Greenman Gaming antes de comprar na steam, algumas vezes os preços deles estão bem abaixo do normal, e sempre lembre de olhar os cupons de desconto que eles espalham pelo site, que deixa a coisa mais barata ainda, dê uma conferida aqui.

Comentários