Unreal PT | Remake da demo de Silent HIlls com suporte a VR

Com a facilidade do desenvolvimento de jogos, pessoas foram para rumos diferentes, seja criar algo do zero, aperfeiçoar algo já feito, alterar ou mesmo recriar, que é o caso de Unreal PT, uma remake do Playable Teaser, que basicamente é aquela misteriosa demo de Silent Hills que acabou desaparecendo com o cancelamento do jogo.

Antes de tudo, sim, todos sabem bem que antes já tivemos Punity, que era a demo refeita na engine Unity e que ficou bastante lindo, mas que ainda assim não conseguiu receber um visual tão bonito quanto o de PS4. Tivemos também o demake no estilo 1998, que ficou fenomenal com o seu visual que simula gráficos de Playstation 1.

Fora esses, rolaram algumas outras demos do jogo, meio que se tornou um padrão pra pessoas que estavam testando suas habilidades em uma engine, afinal de contas é algo com uma mecânica simples e que ao mesmo tempo consegue chamar a atenção facilmente. No entanto Unreal PT conseguiu se destacar por tentar fazer igual e ainda adicionar suporte a óculos de realidade virtual.

Então para aquelas pessoas que gostam de tomar uns sustos cabulosos, certamente se tornou um atrativo automático. Vocês já devem ter visto que a Unreal Engine é capaz de fazer coisas fenomenais, um exemplo é a techdemo Samaritan, feita na Unreal Engine 3. E no caso, o remake da demo de Silent Hills foi feita na Unreal Engine 4.

O fã responsável se chama Radius Gordello, e foram necessários dez meses para recriar praticamente tudo, sendo alguns poucos modelos reutilizados. Outra coisa que ele reaproveitou foram os sons originais e assim a atmosfera é extremamente tensa, combinando efeitos de iluminação com sons tensos que geram aquela paranoia que muitos tanto gostam.

Enfim, esse é o tipo de coisa que costuma fazer as empresas ficarem loucas, então se quiser experimentar, recomendo se apressar, pois apesar de arquivos como esse serem difíceis de sumir da internet, muitas vezes acaba se tornando meio difícil de conseguir uma cópia se a desenvolvedora não gostar. Clique aqui para conferir.

Comentários