Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 22 de julho de 2017

Veja se >observer_ roda no seu PC

A temática cyberpunk encanta facilmente o público, no entanto esse tipo de ambiente normalmente é focado na ação, e >observer_ é um jogo que varia por ter um foco no terror. Essa é uma obra dos mesmos criadores do maravilhoso Layers of Fear, mas será que roda no seu PC? Vou postar os requisitos mínimos aqui.


A história desse jogo parece uma mistura de Doorways: The Underworld, com o tão falado SOMA. Isso porque ao mesmo tempo que mostra um futuro com climinha de terror, também apresenta aquela ideia de acessar memórias completamente distorcidas que pertencem a criminosos e por isso a coisa é bem bizarra.

Aqui a coisa se passa no ano 2084 e você assume o controle de um "detetive neural", como a tecnologia já é capaz de ligar mente e máquina, você pode invadir as mentes de suspeitos para descobrir detalhes que pode indicar que sejam criminosos. No entanto a coisa acaba por se tornar pessoal quando recebe uma mensagem de seu filho que não vê há anos. Os requisitos mínimos são esses:

    Requerimentos Mínimos:
    • SO: Windows 7
    • Processador: Intel Core i3 (3.4 GHz) / AMD A8-6700 (3.1 GHz)
    • Memória: 8 GB de RAM
    • Placa de vídeo: NVIDIA GeForce 660 / AMD R9 270
    • DirectX: Versão 11
    • Armazenamento: 10 GB de espaço disponível
E aí, tranquilo? Roda? Não? Bom a primeira solução é a mais óbvia, hoje em dia dá pra encontrar PC's baratos que rodam esse jogo. Mas se a grana estiver mesmo apertada, algo que pode ajudar é dar uma olhada naquelas dicas para rodar jogo pesado em PC ruim, e um alívio também é que sempre os requisitos mínimos estão acima do mínimo real, então se você estiver disposto a jogar mesmo que corte todos os efeitos, talvez dê, por exemplo veja alguns computadores ruins rodando GTA 5. ou você pode só desistir e apenas se contentar dando uma olhada nesse fantástico vídeo:

Nenhum comentário: