Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 9 de maio de 2017

Resonance The Lost Score | Aqui sua voz é o poder!

Caramba, tá aí uma surpresinha que eu descobri por acaso! Um jogo brasileiro com uma mecânica muito diferente, nele você usa nada menos do que a sua própria voz e precisa da entonação certa para interagir com o cenário, seja destruindo coisas, seja fazendo com que se movam. Obviamente é algo capaz de gerar situações hilárias!

Bom, eu recebo frequentemente pedido de desenvolvedores indies para analisar de jogos, mas como sou preguiçoso pra caramba, e as coisas que posto aqui no blog dependem mesmo do que eu estou afim de fazer, acabo só ajudando com a divulgação via facebook pra dar aquele apoio. A maioria são desenvolvedores brasileiros e alguns jogos até que são bem bacanas mesmo, porém é o que falei, não gosto muito de escrever sobre coisas que eu não experimentei estando no clima.

Com "Resonance The Lost Score" foi mais ou menos assim, o desenvolvedor me mandou uma key e pensei "Ah, é bonitinho, mas sei lá, sou vou postar o trailer mesmo e pedir pra galera dar um apoio". No entanto vi aquele linkzinho pra download lá paradinho e pensei "Quer saber? Não custa dar uma olhadinha né?", e caramba! Me gerou belas gargalhadas com a mecânica, além de que realmente fiquei impressionado.

A principio pensei que era um jogo de música tipo Beatbuddy, que tem música presente o tempo todo e você interage, mas é algo preso ao cenário. Jogos que acho bem legais, mas nem sempre estou empolgado pra jogar. No entanto não! Esse é um daqueles jogos com mecânica bem original que precisa mais que os controles padrões, tipo Boktai ou melhor, tipo In Verbis Virtus, que também usa microfone.

A premissa utilizada é a do poder da voz na frequência certa, sabe aquelas cantoras de opera que abrem a boca e soltam um som poderoso capaz de estourar um copo por manterem a frequencia certa? Pois é! Isso é exatamente o que você faz aqui, mas interagindo com todo um cenário e fazendo coisas diferentes.

Em Resonance você tem mecânicas de um jogo de plataforma, andar, saltar nos lugares, evitar espinhos, coletar itens. Mas o cenário é todo bloqueado por cubos de vidro e tem locais perigosos por toda parte, você precisa usar a voz para interagir com o ambiente e conseguir alcançar o final do nível. Em geral eles não são grandes, o grande desafio é usar a voz.

Eu sei que lendo assim, parece ser um daqueles jogos que basta você fazer um som no microfone e pronto, só que não! O jogo realmente reconhece diversos tipos de frequências, elas são simbolizadas por um circulo ao redor do personagem, quanto mais alto, maior o círculo, e dependendo da entonação, a cor do circulo vai mudar.

Cada objeto no cenário é sensível a certas entonações, para facilitar para o jogador, eles brilham em uma cor quando atingidos pelo som, e o círculo sonoro também tem sua cor, que muda dependendo da entonação, o objetivo é fazer a entonação daquela cor e a manter para atingir objetos que também tenham a mesma cor.

Algo super bacana é que você tem que ter cuidado, a altura faz o círculo sonoro ir mais longe, e existem pontas no teto que despencam. As vezes você está bem ao lado de algo que quer quebrar, mas em cima tem uma ponta, por isso precisa manter a entonação para quebrar a barreira, mas sem te matar no processo.

Outro elemento presente são as plataformas que só se movem com o som, então você tem que fazer ela andar enquanto está em cima, e se para ou perde a entonação, ela volta para o lugar onde estava. O problema é que esse lugar muitas vezes é um monte de espinhos e é preciso manter o ritmo enquanto vai pulando de uma pra outra e mudando o tom.

Enfim, tá aí um jogo que é capaz de gerar belas gargalhadas. Eu ri muito fazendo vozinhas como "iiiiiiiii" "Aaaaaaa" "UHHHHHHH Ò__Ò" kkkkkkkk. É realmente algo que pode gerar momentos bem hilários e você sente que tem que se concentrar. Atualmente você pode achar o jogo a venda na plataforma itch.io, mas ele também participa do greenlight e depende de votos para entrar na steam.


Nenhum comentário: