Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

A Christmas Horror Story - Histórias macabras de natal

Esse é um filme que descobri por acaso e me atraí imediatamente pelo nome, nem quis procurar sinopse nem nada, apenas fui assistir mesmo. A experiência foi no mínimo esquisita... Um filme com altos e baixos e um formato que foi inesperado pra mim, já que pelo poster eu imaginei que seria algo do tipo Santa's Slay o Rare Exports, porém no fim das contas a coisa saiu mais parecida com o filme Holidays.



Então o que temos aqui não é apenas uma história, mas sim quatro, esse é um daqueles filmes que é uma antologia de contos. Mas no caso desses todos se passam no natal, apresentando uma família que tanta se reconciliar, um grupo de adolescentes que vai investigar um caso envolvendo um serial killer, um casal que perde o filho pequeno na floresta e o próprio Papai Noel enfrentando uma praga zumbi.

Inicialmente eu não percebi que era uma antologia porque aqui as coisas são apresentadas de forma diferente, tudo ocorre em uma mesma cidade e ao mesmo tempo, ou seja não é uma história atrás da outra, mas sim a coisa mudando de foco, primeiro mostra um pouco de uma história, depois vai pra outra e outra, volta pra anterior, e assim vai, todas são mostradas juntas.

Infelizmente isso acabou me deixando cansado, afinal de contas são curta metragens e levar um filme inteiro para terminar de assistir algo que tem ação frenética me fez dizer "Nossa, que coisa mais cansativa...", além de que, por não saber que era uma antologia, eu ficava pensando "Pra que tantas histórias em um filme só? Não dá nem pra se concentrar, o tempo todo fica mudando, onde é que essa gente toda está conectada?".

Além das quatro histórias ainda tem um radialista da cidade que meio que serve como o apresentador da coisa, ele fica falando sobre como o natal na cidade tem sido sombrio e essas coisas. Acho que o colocaram pra coisa parecer um pouco mais conectada e não tão solta como curtas despedaçados da forma que foi colocada.

Eu gostei de duas das histórias, uma em que aparece o Krampus pronto para punir quem foi malvado e uma que envolve outra criatura sobrenatural que eu vejo raramente ser citada em obras. A história dos adolescentes até que é legalzinha, mas nada demais, já a do Papai Noel eu achei quase que insuportável, exceto pelo final que me surpreendeu, no entanto acho que até isso acaba sendo estragado porque a história não é mostrada toda de uma vez.

Enfim, tá aí um filme que achei meio esquisito, dá pra ver que ele não é de baixo orçamento, tudo é muito bem feito, a maquiagem do Krampus é fantástica, o Papai Noel é convincente, os cenários é geral são bem decentes, mesmo assim tem uma carinha de filme B. Se você gosta de histórias de terror no natal, talvez goste bastante.


Nenhum comentário: