Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 18 de outubro de 2016

SMASH+GRAB - Um simulador de gangues muito frenético

Uma das coisas que gostei em The Culling, foi o fato de pegar um elemento extremamente impregnado na Cultura Pop e permitir que pessoas jogassem a coisa, sentindo toda aquela adrenalinazinha que já foi tantas vezes usada e abusada. E a sensação foi bem semelhante com SMASH+GRAB, um jogo que usa uma mecânica diferente, misturado bem elementos cooperativos com batalha entre equipes.



O foco desse jogo são partidas multiplayer online, sendo assim não é algo que se concentre bem na história, mas a coisa se passa em um futuro onde gangues lideram as ruas e cada uma tenta se mostrar mais forte que a outra. Naturalmente não pode deixar de haver conflito, mas o que realmente define quem é a gangue mais poderosa é a quantidade de dinheiro roubada.

Eu acho que é inevitável lembrar de The Warriors quando se joga esse jogo, inclusive acredito que a ideia base dele tenha sido o filme. Isso porque passa muito essa sensaçãozinha de ambientes urbanos sombrios e gangues com visuais excêntricos que tentam dominar a cidade, se encontrando frequentemente para caírem na porrada. Apesar de tudo pode lembrar várias outras obras, como o clássico Akira.

Aqui a coisa é feita em equipes, mas cada jogador tem seus próprios capangas. Ou seja, você nunca está sozinho, sempre tem uma equipe de NPC's te acompanhando. Cada personagem tem habilidades próprias, e você deve escolher um líder para controlar, um braço direito que é o seu NPC mais poderoso, e uma equipe com três capangas que tem modos diferentes de agir.

O objetivo do jogo não é matar a gangue rival, mas sim roubar o máximo de dinheiro possível, os conflitos são apenas consequência de interesses iguais. Então o que você tem que fazer aqui é quebrar vidraças de lojas e roubar tudo que tem dentro. Dependendo do modo a coisa pode ser diferente, como conseguir uma quantidade de dinheiro ou conseguir esse dinheiro e ainda ter que voltar para o metrô.

Você encontra armas e elas ainda podem ser modificadas para causarem efeitos diferentes, o jogador ainda conta com habilidades especiais que podem ser destravadas em uma árvore de talentos. Graças a isso os jogadores podem bolar estratégias, combinando suas habilidades e aplicando combos na equipe rival.
O mapa da cidade não vem todo aberto de primeira, ele vai se abrindo com o passar dos rounds e liberando novas áreas da cidade, onde tem mais lojas. Inclusive no round final é onde estão as lojas mais caras, porém nela também tem segurança e policiais bem fortes esperam para lutar contra qualquer gangue que se aproximar.

Enfim, acho que todo mundo gosta de histórias de mafiosos estilosos, mas as vezes tudo que se quer é algo mais movimentado e não tão estiloso assim, para esses momentos SMASH+GRAB pode ser uma ótima opção. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Um comentário:

André Ibanez disse...

Fui ver a produtora,e vi que é a mesma de sleepingdogs, coloquei no Google e tá láque ela encerrou suas atividades auahauahauahaua bizarro