Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

The Metronomicon - A fusão de RPG e jogo de música

Tem alguns jogos híbridos que fazem fusões realmente esquisitas e acho que um gênero campeão em se mesclar é o RPG, como o estranho Bravada. E no caso de The Metronomicon foi exatamente isso que aconteceu, apesar de que tenho que assumir que foi uma surpresa. O que inicialmente me atraiu foi esse nome esquisito que me lembrou o macabro Necronomicon, mas era notável que nada tinha a ver. E quando fui dar uma olhada no trailer, pensei que jogaria algo semelhante a Crypt of the NecroDancer.

No entanto eu estava errado no fim das contas e é algo completamente diferente, se você tem um daqueles tapetes de dança para PC, se prepara para jogar RPG de uma forma realmente dançante, porque esse aqui é um híbrido que faz com que as lutas sejam apresentadas em forma de música e é preciso agilidade para acertar.

O universo apresentado é bastante psicodélico, é um tipo de reino de fantasia medieval, mas como se o mundo todo fosse uma eterna rave. E você controla um grupo de heróis que acabou de se formar em uma academia, partindo para aventuras, tendo que enfrentar um mal que invadiu essas terras em diversos pontos do globo.

Você tem um mapa onde pode observar os lugares do mundo e selecionar onde quer ir, no entanto isso é apresentado em forma de playlist, e cada missão que você seleciona para enfrentar, na verdade é uma faixa musical que você escolhe para jogar. Algo bem no estilo de jogos de música e dança mesmo.

Na hora do combate você é colocado em uma tela onde pode ver os seus heróis e os inimigos. As setas vão descendo na tela para cada um deles e você tem que selecionar um para começar a apertar na hora certa. Cada um deles tem especialidades próprias, assim como os inimigos tem fraquezas relacionadas a elementos, por exemplo água é fraca a eletricidade.

Você tem uma barra de vida, assim como o adversário, a medida que você vai acertando as teclas, chega um ponto em que você pode atacar, isso é representado por uma última tecla a ser apertada na listinha que vai descendo. Erros fazem essa tecla demorar mais a chegar, existe ainda a magia de cura, onde você seleciona o personagem, faz a sequencia e ao invés de atacar, sua barra de vida sobe.

A medida em que você vai vencendo partidas, seus personagens sobem de nível, dando mais dano e também recebem equipamentos melhores. O jogo é bastante simples em sua essência, não me apaixonei mas sem dúvidas é um híbrido interessante, especialmente se você é fã de jogos de música, provavelmente vai adorar.

Enfim, é isso, esse é um jogo bem tranquilo e que para quem quer dar uma variada nos jogos de música, pode ser empolgante pra caramba. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A pra ver o preço que está lá, pois eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida no preço que tá lá, clicando aqui.

Nenhum comentário: