Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Harry Potter e a criança amaldiçoada | 19 anos depois...

Ahhh, Harry Potter, amado e odiado, hã? Eu comecei a ler os livros da franquia quando era pequeno e foi natural me tornar um fã rapidamente. Eu comecei a ler antes que se tornasse famoso no Brasil, então para terem uma ideia minha edição de "A Pedra Filosofal" é tão antiga que a logo do nome é a original, não a estilizada que ganhou com os filmes. E o Draco Malfoy foi traduzido como DRAGO kkkkkkkkkk.

Mal sabia eu o quanto estava por vir pela frente, todos os livros, filmes e jogos. E nem imaginava o vazio que ia me causar ler o sétimo (E até então último livro da franquia_. Aquela estranha sensação de perda ao se chegar ao fim, e até rolaram conteúdos para suprir a coisa, tipo Os contos de Beedle, o Bardo, mas os vários Spin-Offs não eram a mesma coisa.


Eu lembro que ficava me perguntando o que diabos a Warner pensa e por que não aproveitava melhor a franquia. Imagina um remake caro em série de sete temporadas, cada uma representando um dos anos? Potterheads é o que não faltam por aí né? Então algo grandioso assim ia ser estrondoso, acho que se tivesse um investimento bom, daria uma versão infantil de Game of Thrones.

Ou imagina que maravilhoso ela fazer um jogo em mundo aberto em Hogwarts no estilo Bully? Porém ao invés de focar em apenas um ano, colocar a franquia completa do começo ao fim? A sensação de liberdade em ir às aulas, melhorar as habilidades, descobrir lugares secretos. Seria uma maravilha.

Mas o tempo passou e apenas fiquei com meus sonhos, as obras baseadas em Harry Potter pareciam não aproveitar de verdade o potencial da coisa. Mesmo tendo uma quantidade de fãs gigantesca que consegue se destacar, a Warner sempre pareceu mais do que mole em cima da coisa, lançando só farelos, imagino que por medo do investimento não voltar.

O sétimo livro da franquia saiu em 2007 e depois disso veio aquele aperto de "Caramba, não acredito que não vou ver mais um ano com o Harry". Mas em 26 de junho de 2015 o mundo bruxo finalmente se agitou novamente com J.K. Rowling anunciando no twitter o seguinte:

“Eu estou muito animada por confirmar hoje que uma nova peça de teatro chamada ‘Harry Potter e a Criança Amaldiçoada’ vai estrear em Londres no próximo ano”

Claro que não era a mesma coisa dela falar "O oitavo livro do Harry vai sair!". Isso fez com que eu não me animasse muito, ainda mais sendo algo em Londres. Por outro lado era uma sequencia oficial feita pela própria autora era algo que levantava um pouco os ânimos, afinal ela não tinha sumido, a vimos se disfarçar de Robert Galbraith para lançar livros discretamente e até lançar livros adultos como The Casual Vacancy, porém nada foi o estouro de Harry Potter.

A história de Harry Potter and the Cursed Child se passa 19 anos após os acontecimentos do último livro. Dessa vez com Harry sendo um funcionário do Ministério da Magia, passando por bastante estresse e com o filho mais novo, Alvo, se sentindo injustiçado por participar de uma família que tem tanto caos em suas raízes.

Quando foram revelados os atores que interpretariam os personagens, foi uma surpresa ver que Hermione era negra. Alguns fãs ficaram revoltados com isso. Quando perguntaram para a autora sobre o que ela achava da reação das pessoas, sua resposta foi sobre serem um bando de racistas. Também comentou "Com minha experiência de redes sociais, eu achava que os idiotas fariam idiotices. Mas o que podemos dizer? Este é o mundo como ele é. Noma foi escolhida porque ela era a melhor atriz para este trabalho".

Ingressos custando 25 mil!

A peça estreou dia 29 de julho de 2016 e uma coisa surpreendente é que fez tanto sucesso que os ingressos começaram a ser revendidos. Porém foram aumentando e aumentando. Poucos dias depois da estreia as salas estavam lotadas até dezembro de 2017!!! E obviamente muita gente que comprou passou a revender por preços absurdos, um deles se destacando por chegar ao equivalente a 25 mil reais.

Para a felicidade dos fãs do resto do mundo, a autora decidiu adaptar a peça para livro, e não saiu algo pequeno não, ficou nada menos do que 352 páginas na versão brasileira da coisa. A principio achei uma pena a capa ter uma arte diferente das outras, por outro lado o próprio livro é meio que destacado do resto da saga né?

A pré venda do livro no Brasil

Enfim, o livro sairá no Brasil no dia das bruxas, data adequada, não? 31 de outubro de 2016 e atualmente está em pré venda em capa mole ou capa dura. Você pode encontrar a venda nas seguintes lojas:

Cultura capa mole e dura (R$ 49,50 e  R$ 64,50 )
Americanas capa mole e dura (R$ 49,50 e  R$ 64,50 )
Submarino capa mole e dura (R$ 49,50 e  R$ 64,50 )
Extra capa broxura (R$ 49,50)
Extra capa dura (R$ 49,50) 

NESSE FRETE GRÁTIS
FNAC capa broxura (R$ 49,50)
FNAC capa dura (R$ 64,50)

10% de desconto na saraiva se você entrar nos links aí embaixo e usar o cupom MEUCUPOM
Saraiva em broxura (R$ 49,50)

Capa broxura e Capa Dura na Amazon

Nenhum comentário: