Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 31 de julho de 2016

Crush Your Enemies - Faça barbaridades minimalistas

Existem alguns jogos que pegam uma obra e expandem as possibilidades ao extremo, como é o caso do gênero 4X, mas existem jogos que fazem exatamente o contrário, pegando ideias já conhecidas e compactando a coisa, tornando-as minimalistas. Muitas vezes isso não acaba bem e faz com que vire uma obra vazia, mas tem outras que geram verdadeiras obras de arte como o maravilhoso Kingdom, e hoje vou falar exatamente sobre uma outra obra dessas.

A história se passa no mundo de Generia, uma terra de fantasia medieval cheia de criaturas exóticas como elfos, além de muitos castelos e vilas, com cavaleiros honrados em armaduras brilhantes. Porém a calma é ameaçada com a aproximação de uma horda impetuosa de terríveis bárbaros invadindo, matando e saqueando.

Não, no jogo você não controla os cavaleiros das armaduras cintilantes, aqui você é o líder dos bárbaros. Sendo assim o jogo faz uma quebra de clichê já de imediato e se você é do tipo que aprecia um bom humor, certamente vai gostar do estilo desse jogo. É o tipo de obra em que você nota rapidamente a tosqueira rolando solta com diálogos bizarros.

Aqui temos um jogo de estratégia em tempo real minimalista, ou seja ele usa os principais elemento da coisa, construir tropas, escolher classes de soldados, aproveitar recursos e enviar para o combate, mas tudo em combates rápidos que duram pouquíssimo tempo, em alguns casos há batalhas que duram segundos.

Você pode ver o mapa inteiro em uma só tela, nele tem seus soldados, os soldados inimigos e algumas estruturas. Tudo é dividido em quadrados e grupos de soldados ficam acumulados em um quadrado, podendo ter até 50, quando você coloca os seus no mesmo quadrado que um grupo inimigos, eles começam a se massacrar e os números vão descendo até o de um dos grupos chegar a zero.

Cada lado do combate tem sua própria cor de terreno e você não pode simplesmente entrar no terreno inimigo, quando seus personagens entram em quadrados desses territórios, eles ficam batendo até que a cor mude pra sua e o inimigo terá que fazer o mesmo com territórios que tiverem sua cor, só assim é possível andar por ali.

O mesmo acontece com estruturas, mas elas primeiro tem que ser transformadas em ruínas e depois disso transformadas em suas estruturas. Cada estrutura faz algo diferente como as que ficam gerando aliados se tiver ao menos um personagem seu lá, as que transformam seus personagens normais em guerreiros de profissões variadas e as estruturas de defesa.

As estruturas funcionam mais eficientemente dependendo da quantidade de personagens presentes. Por exemplo se tiver 1 guerreiro em uma torre de defesa, ele atirará poucas flechas, mas se tiver 50, será uma verdadeira chuva. Se tiver 1 personagem em uma casinha de recrutamento, a barrinha vai deslizar lentamente até surgir um novo, se tiver 40 ela irá crescer com muita rapidez até chegar ao máximo de 50, por isso é sempre bom ir esvaziando e mandando para outros lugares.

O jogo conta ainda com um modo multiplayer! Que aliás. achei muito bom, ele também é minimalista e bem básico, só que me surpreendi com a rapidez em achar alguém online, cliquei pra jogar e rapidamente já estava lá em campo contra outro cara. Você pode ainda jogar contra seus amigos e fazer convites diretos.

Enfim, tá aí um baita joguinho viciante com visual pixelizado formidável, talvez não tão bom a ponto de entrar na lista de 100 jogos 2D com visuais espetaculares, mas ainda assim um belo agrado à vista.  Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: