Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Archibald's Adventures - Muito climinha de anos 80

Esse é um daqueles jogos que tem climinha de filme dos anos 80, especificamente aquelas histórias envolvendo crianças e suas aventuras mirabolantes. Muitos outros jogos já pegaram algo meio temático dessa época como Saturday Morning RPG, o "testosterônico" Tango Fiesta ou o violento e porém hilário Duck Game, sendo assim não é algo que não dá pra chamar de inovador, de qualquer forma ainda é uma fórmula que causa um charme próprio.

A história é sobre um grupo de garotos que se divertir mostrando suas habilidades com skate, até que decidem ir ao terreno de um cientista que todo mundo teme e diz ser maluco, e ao fazer uma manobra perigosa, um dos garotos (Archibald) acaba caindo no esgoto do lugar. Para seu azar o cientista lhe revela que teve um problema e todas as suas mutações foram liberadas naquele lugar, não bastando isso a inteligência artificial maluca tenta deter qualquer criatura viva no lugar.

Esse é um jogo casual bastante simples mas que tem seu charme especialmente pela variação na jogabilidade. No começo parece que o jogo é bastante vazio, porém a cada nível você vai vendo que novos elementos vão aparecendo e cada vez deixam os níveis mais complexos, chegando ao ponto em que alguns parecem impossíveis de se completar.
Você controla Archibald em seu skate e não pode pular, isso foi algo que inicialmente me incomodou um pouco. Mas a desenvolvedora conseguiu fazer algo realmente muito fluído sem precisar de saltos, por exemplo quando você chega a uma extremidade, ele automaticamente sobe em blocos se não forem muito altos, se você se move com velocidade em direção a um precipício, ele salta, mas caso se mova lento, ele desce.

Ou seja, aproveitaram bem os elementos da coisa, e isso vai ficando mais robusto com elementos de cada cenário. São caixas, alavancas, máquinas de teletransporte, botões e muito mais coisas. Além dos mutantes que não aparecem nos primeiros níveis mas depois começam a surgir cada vez mais e se amontoar, em alguns momentos dá agonia passar por eles e quase ser pego.

Enfim, esse é um jogo bem simpático com gráficos pixelizados e que definitivamente tem um charme próprio todo especial. É uma experiência casual com níveis rápidos portanto é aquele tipo de obra apenas para se entreter de forma tranquila. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Nenhum comentário: