Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 12 de março de 2016

Hearthstone - Jogo de cartas fácil, viciante e grátis!

Quem não é apaixonado por card games né? E felizmente no Brasil nós sempre tivemos uma variedade relativamente boa de opções de compra, diferente de algumas outras coisas divertidas que tivemos que esperar anos para realmente estourar por aqui. E hoje vou falar sobre uma opção simplesmente muito viciante!

Quando Hearthstone saiu eu achei legal, mas depois de Diablo 3 o meu amor tão imenso pela empresa deu alguns passos pra trás. Ainda gosto da blizzard, ainda a amo, mas não é mais ela anunciando algo e eu grudando o olho e esperando desesperadamente. Se em 2008 por exemplo Hearthstone tivesse sido anunciado, nooossa eu ia enlouquecer! Mas o lançamento em 2014 as coisas tinham mudado e por isso o jogo lançou, eu olhei, vi que era de graça e tal, mas nem baixei.

No entanto quando eu fui jogar StarCraft 2: Legacy of the void, o menu da Battlenet ficava aberto e tinham os jogos da empresa lá, incluindo o jogo de cartas. Eu tava tão eufórico com aquilo, e do nada acabei decidindo baixar Hearthstone, e claro que eu sabia que ia gostar, afinal de contas adoro jogos de cartas.



Na primeira vez que joguei foi inevitável achar o jogo bem genérico em relação às regras, isso porque ele é mesmo. Quanto a isso eu esperava bem mais, pensei que a blizzard criaria algo revolucionário, um jogo de cartas completamente diferente, mas pareceu basicamente uma cópia bem descarada de Magic The Gathering, uma prática muito comum entre os jogos de cartas.
E convenhamos que esse negócio de ser cópia de Magic por ser a coisa mais óbvia, 1x1 parece ser uma baita de uma falta de criatividade, existem diversos jogos com regras próprias e nada a ver com Magic, por exemplo Illuminati New World Order é algo de regras fascinantes e bem diferentes, sendo assim acho que a empresa podia sim ter feito algo melhor trabalhado.

Por outro lado acredito que ela possa ter feito isso só para atrair muita gente pra jogar, ser algo simples e direto ao ponto, apropriado pra qualquer pessoa, e assim temos regras semelhantes a Magic com um mago que tem pontos de vida e precisam chegar a zero e criaturas que são invocadas, mas com tudo bem mais simples pra ser atraente até pros mais preguiçosos.

Agora o que me atraiu mesmo é que decidi baixar no meu smartphone que tem uma memória horrível de 1gb e não para de apitar dizendo que não tem espaço. E o pior é que são coisas do tipo eu tentar baixar algo de 40 mb, o smartphone ter 80 mb livre e mandar mensagem de que o espaço não é suficiente e simplesmente não vai dar! Bate uma raiva um negócio desses...
Sendo assim como o jogo tem aproximadamente 1gb eu sabia que não ia dar, era óbvio mas sabe-se lá que força sobrenatural me fez procurar ele no Google Play e mandar baixar, tomei um susto porque eu tinha uns 200 mb livre e só o download começar já foi bizarro, pois quando não tem espaço nem começa, mas a coisa foi ainda mais surpresa quando vi passar de 200 mb e foi aí que notei que estava baixando pro cartão sd que tem espaço pra cacete mas desde que comprei não serviu pra nada além de armazenar fotos já que o Google Play fresco queria baixar e instalar tudo na memória interna.

No fim das contas imaginem minha alegria ao ver que Hearthstone ocupou nada mais do que 5 mb em meu smartphone? Aquilo sim foi uma empolgação, e embora aparecesse a mensagem de que o meu aparelho tosco da China não era adequado, rodou direitinho, tudo muito bonito mesmo, foi muito agradável a experiência.

O jogo tem umas coisas muito legais, o modo de se jogar no formato campeonato em que você ganha prêmios melhores quanto mais sobe no ranking e é mensal a coisa, sempre te colocando para jogar com pessoas que estejam em um ranking parecido com o seu e tornando assim a coisa muito justa mesmo, além de ter um ótimo sistema anti-constrangimento em que você não pode baixar do ranking 20, ou seja você começa sempre no 25 e o número vai descendo em direção ao 1, mas se você perde partidas antes do 20 não volta. O povo com baixa autoestima acaba não se achando tão cocô e se chegar ao ranking 20 você já ganha o prêmio do mês (o mínimo, mas ganha).

O modo aventura realmente apresenta algo em forma de fases, são campanhas onde se tem uma historinha e você tem que ir jogando em cada fase onde tem dublagem em português e tudo mais. Além de regras próprias que variam, por exemplo na campanha liga dos exploradores tem um combate em que você enfrenta um inimigo que enquanto segura um cajado ele é invulnerável a ataques, você quer roubar esse cajado. No jogo isso é representado como uma carta com pontos de vida. Quando alguém mata essa carta, ao invés de morrer ela se torna uma carta desse jogador, se o outro matá-la de novo, vai pra mão dele.

No modo Arena você paga uma quantidade de ouro, que pode ser conseguida tanto jogando quanto pagando com dinheiro real. Aí lá você monta um deck aleatório com cartas oferecidas pelo jogo e entra em combates, é tipo um mini campeonato, com um certo número de derrotas você está fora, quanto mais partidas conseguir vencer, melhor o prêmio.
E tem o modo Taverna que são partidas casuais com regras que mudam toda semana, são coisas bem aleatórias e divertidas, regras que não se podem ser jogadas no modo normal como o jogo ir dando cartas de feitiços aleatórias pra cada jogador, ou como no especial de natal em que cartas presentes eram colocadas em jogos e quem as "Matasse" ganhava itens poderosos.

O jogo conta ainda com a missão do dia, todo dia você recebe missões aleatórias como usar dez inimigos que custem 1 pra entrar em jogo, vencer três partidas com uma classe de personagem em especial, causar uma certa quantidade de dano e assim vai. Isso te dá ouro, com ouro você pode comprar pacotes que tenham novas cartas, campanhas do modo aventura e pagar para entrar na arena.

A dublagem é de matar de rir, realmente muito engraçada, são coisas como a carta Cientista Louco que ao ser lançada aparece uma voz fina e escandalosa dizendo "VOUUU MOSTRAR A ELES! VOU MOSTRAR A TOOODOS EEEELES!!!" kkkkkkk, ou outra que solta um convencido "Eu manjo das magias!".

Um dos motivos de Hearthstone ser uma das melhores escolhas pra quem quer começar a jogar um jogo de cartas é que ele tem uma baita vantagem em relação a jogos como Magic 2015 e Solforge, que são divertidos pra caramba também. O primeiro é só um jogo parado no tempo, no ano de 2015... Enquanto o segundo é muito legal, tem muita gente mas não tem o patrocínio que a blizzard pode oferecer, em Hearthstone existe a possibilidade de você virar um grande jogador e participar de torneios mundiais recebendo uma grana, já os outros são mais para algo para passar o tempo, não que seja fácil virar um profissional mas é melhor ter a oportunidade do que não ter né? Hahaha.

Enfim, tá aí um jogo muito divertido e que especialmente para quem tem smartphone ruim pode ser bem maravilhoso para se ter se você tem cartão SD, um jogo que ocupa pouco espaço, com regras simples porém divertidas e que certamente é capaz de virar um vício bem rapidamente. O melhor é que é grátis, quem se interessar é só se cadastrar e baixar.

3 comentários:

Miya Seat Lee disse...

Pois é, esse jogo me foi super bem recomendado, mas estou com problemas de espaço para baixar...
Vai ser o primeiro a ser baixado assim que eu comprar um novo cartão de memória...

Matt Kist disse...

Eu gosto de Hearthstone. Jogo-o com frequência, e quando não tenho tempo de jogá-lo eu coloco um "botzinho" esperto para fazer as missões diárias para mim, e ganhar alguns pacotes a mais na arena.
O que eu mais gosto nesse jogo são os modos "Taverna", "Aventura" e "Arena". Arena é o mais interessante, pois independe se você tem ou não as cartas do jogo, pois você é submetido ao draft da arena, bem como qualquer adversário, e mesmo que esse draft seja injusto muitas vezes, o modo arena ainda é o modo mais justo do Hearthstone.
Porém, o jogo de cartas mais interessante que já joguei na vida é o jogo que chamo de "Shandalar", mas na verdade acho que o nome é "Magic: The Gathering - Spells of the Ancients" de 1997. É um jogo do Magic que conta com cartas até a sétima edição e é uma espécie de "Roguelike", onde você começa com seu heroi, suas cartas e seus pontos de vida e precisa ir passeando pelo mundo aberto, comprando comida e enfrentando magos para ganhar dinheiro e novas cartas. É muito massa esse jogo, tem dungeons e tudo mais.

Super Suporte disse...

Puxa, esse jogo já é maravilhoso e fica ainda melhor com o Skyzin ajudando os amiguinhos a ganhar pacotinhos!