Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 22 de novembro de 2015

A abertura "bíblica" de American Horror Story: Hotel

Assim como todas as outras aberturas dessa série, essa também merece uma matéria especial. Mas apesar de tudo já digo que essa foi a abertura que menos gostei, ela não é ruim, pra falar a verdade a acho fantástica, por outro lado a acho realmente digna do que falei na matéria de American Horror Story Hotel, ou seja, que é algo que eu sei que é muito bom, mas que não consigo sentir porque parece ser mais do mesmo.

O negócio é a abertura de Murder House me dava arrepios, ela era tão macabra que me fez até mesmo começar a pular nos primeiros episódios da série, mas depois me acostumei com aquele monte de bebês mortos e coisas estranhas que davam um arrepio muito incômodo. Foi um impacto tão grande que comecei a mania de fazer matérias pra cada abertura da série.


A abertura de Asylum continuou tão sinistra quanto, ela já era mais do mesmo sim, mas o impacto da coisa era o fato de que se tratava da primeira vez que a abertura tava mudando, ou seja você até então só conhecia a abertura da primeira temporada e quando a segunda começou além de ser algo novo, ainda dava uma revigorada na entrada.

A terceira abertura, de Coven, eu acho tão boa que a acho mais digna do que a própria temporada, isso porque lá é mostrado algo envolvendo magia negra pesada, completamente sinistro, faz parecer uma baita de uma daquelas fitas amaldiçoadas com conteúdo proibido e vindo direto das profundezas da Deep Web.

A abertura de Freak Show foi um verdadeiro espetáculo, pela primeira vez remixando a música tema porém mantendo reconhecível a coisa, e ao invés de usar pessoas reais, colocaram um bando de bonequinhos, deixando a coisa completamente simbólica, mas ao mesmo tempo extremamente macabra com brinquedos feios e cenas sem noção.

Agora essa abertura de Hotel, ela é digna da primeira e segunda temporada, usa exatamente o mesmo padrão utilizado nelas, o problema é que depois da de Coven e Freak Show, o que eu esperava era algo que conseguiria me surpreender tanto, mas ao invés disso reusaram um padrão, o que meio que tira um pouco da beleza da coisa.

Por outro lado tem um toque especial que não sei se todo mundo viu, mas as palavras que aparecem escritas na tela não são apenas os créditos dos atores, produção e etc. Entre elas vão aparecendo também os dez mandamentos, as vezes ficando um tempo na tela, outras sendo apenas uma piscada rápida. Enfim, achei a abertura fantástica, mas infelizmente não senti isso como gostaria, confiram:


2 comentários:

New El disse...

As séries me conquistam com a abertura.
Sky, estou querendo acompanhar as seguintes séries:
Mr. Robot;
Jessica Jones;
Banshee.
Você já as assistiu? O que achou?Sua opinião é importante para saber se devo baix... quer dizer, assistir.

Skywalkerpg disse...

Eu não as assisti, mas delas Mr. Robot está na minha lista. Mas cara não espere eu falar pra você assistir, assista você mesmo, a experiência pode ser muito mais gostosa com você se surpreendendo com a coisa (Ou decepcionando =/ ).