Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Corrente do Mal - Um filme de terror muito intrigante

Tudo quanto é filme de terror tem que ser traduzido como "DO MAL", "MALDITO" o qualquer coisa desse tipo né? É impressionante como certas essências dos títulos originais são mortas. Claro, tem traduções que ficam muito melhores em português, mas filmes de terror esse lance de "Do mal" é tosqueira total e no caso desse filme aqui é uma baita de uma propaganda enganosa.


Ao ver um título desses é natural em se pensar um filme bem bizarro de um grupo de adolescentes que se deu mal a logo o gore começa a rolar solto com uma cena atrás da outra cheia de mortes uma mais brutal que a outra. Mas a verdade é que esse filme aqui é muito lento, e quem for assisti-lo esperando algo que usa a fórmula padrão, pode ficar muitíssimo decepcionado.

Mas bom, já digo que se você gosta de filmes que investem na tensão e mistério, vale muito mais a pena ir logo assistir sem nem ler nada sobre ou ver trailer. Quando assisti esse filme eu não sabia nada. O negócio é que eu tinha passado umas três horas escrevendo a matéria sobre RPG de mesa, e queria apenas ficar um pouco tranquilo, por isso decidi procurar um filme de terror, eu tava pensando em algo horroroso como Willow Creek e descartei um sobre exorcismo e tentei o primeiro que não fosse desse tema.

E assim, escolhi esse chamado "It Follows", o nome parecia interessante, pra quem não sabe em inglês "Ele" e "Ela" só são usados pra homem e mulher, pra todo o resto, seja objetos, animais ou coisas indefinidas fica como "it", e assim a tradução do filme é mais ou menos como "A coisa que segue", um baita nomezinho misterioso.
A história é intrigante pra caramba e tem um baita de um desenvolvimento legal no começo, essa é a última chance de você assistir e ser pego de surpresa, portanto dê o fora dessa matéria. Quer continuar lendo? Muito bem... A história é sobre uma maldição, apresenta uma garota que conhece um cara, ele é legal, bonito e tudo mais, um dia eles saem e transam, porém quando terminam, a ele a deixa inconsciente, a amarra em uma cadeira e quando acorda, explica o que está acontecendo. Diz que uma coisa irá segui-la, ela assume várias formas diferentes, muitas vezes de alguém que ela conhece, a coisa não corre, apenas anda, mas sempre a alcança, pra ela se livrar daquilo precisa transar com alguém, mas essa pessoa precisa continuar viva, se não a coisa irá atrás do amaldiçoado anterior novamente.

E a partir daí que o negócio começa a ficar tenso, eu nunca fiquei tão paranoico com pessoas andando como nesse filme. Qualquer pessoa se aproximando por trás, qualquer janela, qualquer espaço da tela me fazia ficar de olho. Apenas a protagonista e o amaldiçoado anterior são capazes de ver a coisa, ou qualquer pessoa que receba a maldição, e assim a personagem vai ficando desesperada.
Isso faz pensar em um monte de coisa, afinal de contas imagina saber que tem algo lá fora que está andando em sua direção? Você não sabe onde está agora, ou quanto tempo vai demorar pra chegar, apenas sabe que ela continua andando sem parar. O que você faria? Pegaria um avião e iria para outro lado do país? Mas isso não te deixaria ainda mais paranoico? Sempre pensando em quando terá que viajar de novo? E quanto a passar a maldição? E se a pessoa não sobreviver? E se a coisa voltar? Seria sensato passar a maldição pra alguém que você ama? Alguém que mora perto?

Esse filme tem um alto nível de tensão e isso me agradou bastante, os personagens tem uma forma de agir mais realista, é um grupo de jovens sim, mas é uma coisa que tem um certo climinha mais cult. Existe apenas uma cena em que os personagens agiram feito verdadeiros retardados e que eu realmente lamento que essa cena esteja no filme, que é uma na piscina. Sabem aqueles personagens de filme de terror que te deixam frustrado e te faz gritar "PORRA MAS TU É MUITO BURRO!"? Pois é, foi nesse nível, uma pena que os caras desandaram.
Mas em geral é um filme legal pra quem gosta de histórias tensas, lembrando que não é terrorzão, não tem menina aparecendo atrás do espelho e coisas do tipo. Outra coisa fantástica é que é uma metáfora realmente incrível sobre doenças sexualmente transmissíveis, esse medo de morrer, esse medo da coisa que está chegando pra te matar mas você não sabe quanto tempo falta, e essa preocupação em passar para o próximo.

A trilha sonora é uma maravilha, ela as vezes ofusca tudo, mantendo cenas que você sente o quanto são sufocantes, mas só a música tocando, nada ambiente. Por outro lado na maioria das vezes é exatamente o contrário, a câmera vai mostrando as coisas e uma trilha bem baixinha, que mantém muito bem a sensação de tensão.

E uma coisa que certamente você vai notar, é o quanto a fotografia do filme é espetacular, sério, o tempo todo eu fiquei intrigado em como a sensação que o filme passava era esquisita. O visual dele simplesmente mexeu comigo, e quando fui dar uma pesquisada, vi que diversas outras pessoas notaram que a forma que a coisa foi apresentada tem um toque quase que subliminar.
Uma outra coisa que eu não tinha notado com força, e só descobri depois que fui pesquisar, é que o diretor quis brincar com quem assiste, fazendo a obra ser atemporal. Quando comecei a assistir, eu pensei que o filme se passava nos anos 70 ou algo assim, mas existe uma mistura tão grande de coisas, depois passei a não pensar muito sobre o assunto, só que foi difícil não notar o "smartphone" que uma garota usa pra ler livros, só que parece um daqueles espelhinhos de retocar maquiagem, porém com duas telas, lembrando os comunicadores futuristas de algumas obras da era populuxe. Ou seja, o filme foi feito para passar a sensação de poder ser no passado e no futuro ao mesmo tempo, mas usando coisas variadas de tempos variados.

Enfim, se você estiver afim de assistir um filme de terror bem quieto que te fará olhar demais para os cantos da tela o tempo todo, ou mesmo voltar o filme para ver certos elementos direito, (e se você não é do tipo de pessoa que se preocupa tanto em explicações exatas sobre a origem de uma coisa), certamente esse filme pode te agradar demais, eu gostei realmente muito, recomendo. Caso tenha se interessado você pode dar uma conferida no filme aqui.


7 comentários:

vinicius disse...

Filme ruim, lento, sem graça e não consegui o usar sustos prontos

CRM disse...

Boa dica e excelente análise ! E boas doses de humor quando vc fala " cai fora". Rs. Vc é jornalista?

Skywalkerpg disse...

Sou não, aqui a coisa é na base da gambiarra amadora mesmo kkkk. Fico feliz que tenha gostado. =)

Guimer Craft disse...

Jovem, como faço pra ver filmes online? Pra voce que ve tanto filme, deve saber... Nao tem esse na netflix ;(

Skywalkerpg disse...

Lamento, só publico informação aqui, como a pessoa vai ver é com ela...

Pablo Henricky disse...

Cara, me interessei pelo filme, faz bem o meu tipo e já está na fila de espera.
Mas como ainda não assisti me tira essa dúvida?
1- A criatura só anda, não voa e nem se teleporta?
2-E se a vítima pegar um avião e for para outro continente, a criatura atravessaria o oceano à pé, ou ela possui algum tipo de inteligência para se passar por um humano e utilizar algum meio de transporte?

Skywalkerpg disse...

A "coisa" só anda mesmo, ela tem um tipo de inteligência sim mas creio que nesse caso aí ela iria entrar no mar e começar a andar por debaixo dele. Mas se fosse pegar um avião não seria necessário se passar por humana pois somente os amaldiçoados são capazes de vê-la, então o povo do avião nem ia notar a presença.