Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Os fãs de pokemon processados por fazerem um evento

Parece que 2015 foi marcado para o ano dos barracos envolvendo eventos de Pokemon, digo isso porque primeiro teve o evento de pokemon que quase terminou em chacina, e depois teve um verdadeiro susto de fãs ao tomarem um processo por usarem a marca pokemon em um evento não autorizado!

Pokemon sem dúvidas é uma marca lotada de fãs, e tudo isso começou na era da febre pokemon, e assim passaram a sair os mais variados produtos referentes à franquia como por exemplo a cópia descarada (e maravilhosa) Minimon, ou mesmo o brasileiríssimo jogo de tabuleiro Pokemon Ultimate Battle, porém esse mundo de fãs tem que tomar muito cuidado com seu conteúdo, pois empresas nem sempre gostam disso.


Para quem não sabe, a PAX (Penny Arcade Expo) é um evento anual feito pels famosos criadores dos quadrinhos Penny Arcade, que eu inclusive já tinha falado aqui sobre o RPG dos caras, e atrai tudo quanto é tipo de gamer, é um evento grande. Em 2011 os fãs Ramar Larkin-Jones e Zach Shore decidiram criar um evento chamado "Unofficial Pokémon PAX Kickoff Party" para acontecer antes da PAX.

Daí na edição 2015 da coisa eles tiveram uma surpresinha... A Pokémon Company, subsidiária da Nintendo responsável por todo conteúdo relacionado a pokemon, abriu um processo contra os dois por estarem usando a marca sem autorização e por ganharem dinheiro em cima disso cobrando pelos bilhetes dos eventos.

Apesar de tudo foi um processo relativamente leve, a empresa pediu apenas todo o dinheiro arrecadado em todas as edições do evento. Pode parecer muito, mas caramba se uma empresa internacional processa alguém, o que se imagina é algo de valor surreal. Obviamente os caras podem ter ganho uma bolada com os eventos e gastado tudo, fazendo assim as coisas complicarem, mas é melhor do que 5 milhões de dólares né? kkkkk.

É claro que a situação de certa forma incomoda, afinal de contas caramba é algo de fã, algo pra se divertir e algo que ajuda a divulgar a marca, maaaasss o negócio cresceu né? Virou um grande evento de pokemon e estavam cobrando por ele e isso complica as coisas, tudo sobre o evento foi deletado, site oficial, página do facebook, tudo... Me fez lembrar do filme de fã de Metroid cancelado pela Nintendo.

2 comentários:

alex5432 disse...

Nitendo e seu auto preconceito, puta que pariu ein.

Super Suporte disse...

ah ta certo, tem muita gente que se aproveita de má fé para lucrar encima dos outros, essa galera ai deveria ao menos ter corrido atrás de informação. Perguntar não custa nada, e pelo que entendi o problema foi em divulgar o evento com o nome de propriedade da empresa, se o nome fosse apenas "bolinho de chuva" estaria tudo tranquilo