Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

sábado, 4 de julho de 2015

Scream - A série de TV baseada nos filmes Pânico

Todo mundo conhece a franquia de filmes de terror Pânico, seja pelo próprio filme, seja pela distorção em forma de paródia que ele recebeu a partir dos filmes da franquia Todo mundo em pânico, onde o assassino usa a mesma máscara. Apesar disso nem todos assistiram algum dos filmes da franquia de terror, e tem até aqueles que acreditam que "Todo mundo em pânico" é a mesma coisa e assim pensam que todos são comédia.

Mas não são Ò_Ò! E hoje falarei sobre o seriado Scream, que foi baseado no universo dos filmes, e que fui dar uma olhada com o pé meio atrás, mas que realmente gostei demais assim que assisti o primeiro episódio, me senti em casa, relembrando de filmes do gênero e também vendo o como ficou interessante a adaptação da coisa.

Uma das primeiras coisas que me chamou a atenção e que eu não sabia até começar a assistir, é que o seriado é da MTV, o que automaticamente me fez pensar em Eye Candy, do começo de 2015 e que foi cancelada na primeira temporada. Um dos detalhes de Eye Candy que tornava ele especial, é que era como se fosse um filme adolescente de assassino em versão série. Sendo assim, achei esquisito essa mesma fórmula peculiar sendo usada em uma série ainda mais escrachada.

E eu até cheguei a pensar que a MTV decidiu substituir "Se não vamos ter nossa série de assassino Eye Candy, vamos tentar algo com nome pra ver se o povo engole.", porém ser lançado cinco meses depois me fez descartar a ideia, a não ser que os caras tenham feito correndo desesperadamente, mas realmente não creio nisso.

Agora quanto a série, ela é uma adaptação do universo, mas aparentemente não é um remake, talvez seja um reboot. Eu não sei, mas me empolguei demais já no começo, pois eles pegaram a cena de introdução de Pânico 1, que é de 1996 e a reapresentaram quase vinte anos depois, mostrando bem a diferença entre épocas.

Sendo assim, recomendo muito que você assista o primeiro filme, até porque é um clássico do gênero terror. E é engraçado ver a versão de 1996 (Aparece no trailer parte dela) e notar detalhes como a personagem usando um telefone sem fio gigantesco em casa, enquanto a versão de 2015 é um verdadeiro impacto tecnológico, com a garota em uma casa super moderna e usando seu celular onde recebe mensagens e vídeos de um assassino.

Mas existem várias outras cenas que tem cara de reboot, com personagens explicando as regras de um filme de terror, e situações bem semelhantes a do primeiro filme da franquia. Apesar disso existe uma mitologia própria dentro do seriado, que inclusive no começo eu pensei que tratava-se de uma ligação com o original, mas logo vi que era outra coisa.

A história fala sobre um assassino de vinte anos antes, que começou a matar colegiais, mas depois disso foi morto, e então na era moderna de alguma forma ele reaparece. Uma coisa curiosa sobre esse seriado é que parecem ter sugado safadamente um pouco da essência de Sexta Feira 13, com o assassino da cara feia e incompreendido também morrendo em um lago, o lugar ficando com clima de amaldiçoado. Algo que deixa um tanto confuso, já que em Pânico o assassino não é sobrenatural, e te faz ficar pensativo "Será que vão por esse elemento na série?".

Gosto também da forma que a MTV conduz suas séries, com Hard Times of RJ Berger e Teen Wolf, eu percebi que a emissora faz séries com foco em adolescentes, o que automaticamente já faz pensar em coisas genéricas e forçadas, mas gosta de quebrar clichês, inovar, dar surpresinhas em cima de coisas que todo mundo já espera, e isso dá um toque especial na coisa. Não faz como outras emissoras que criam séries HORROROSAS como a Ravenswood, que você praticamente fala o roteiro de tão previsível e forçado que é.

Enfim, esse é um seriado que me atraiu um bocado, achei agradável a forma de ser conduzido, aquela expectativa que causa, mas com as coisas andando em um nível mais lento, em filmes de terror você tem uma hora e meia, enquanto aqui se tem uma coisa diferente, que dá uma variada, especialmente para quem está de saco cheio de filmes do gênero mas que um dia gostou muito eu diria que é uma série revigorante.

3 comentários:

New El disse...

Mas, e a máscara nova, Sky, o que você achou?

Skywalkerpg disse...

No começo eu achei esquisito, mas pensando bem sobre o assunto eu acho melhor. Aquela máscara antiga ficou muitíssimo ligada ao filme "Todo mundo em pânico" e meio que desvaloriza o horror da coisa. A nova é bizarríssima, bem assustadora, não lembra nem um pouco humor. Claro, a outra tem uma personalidade maior por já fazer parte da franquia, mas não foi uma mudança que no fim das contas achei algo que estraga tudo, apenas um pequeno detalhe peculiar. Mas claro, é questão de gosto, e se fosse a antiga eu gostaria também.

Max Vinicius Guedes disse...

Cara esse seriado me surpreendeu no primeiro episódio de verdade kkkkk
Eu achei q seria algo previsível e chato como a maioria dessas produções,porém é realmente interessante! É simplesmente incrível vc ver q conseguiram abordar um filme slasher em um seriado de um jeito tão convincente. Como eu não vi Eye Candy isso foi uma verdadeira surpresa!! Só vou sentir saudade do elenco antigo kkkkkkkk enfim o seriado é legal pra caramba e eu recomendo muito
Excelente postagem Sky!! É Nóis hehe