Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

domingo, 1 de fevereiro de 2015

Resident Evil HD REMASTER - Um baita jogo de terror

Esse é um jogo certamente marcante e que causou um baita de um impacto em seu lançamento original em 2002, afinal de contas tratava-se de um remake do jogo de terror mais falado que tinha, o clássico Resident Evil de 1996, que inspirou tantos subprodutos indo desde brinquedos até livros que inclusive saíram no Brasil. Uma coisa que lembro ao ver o trailer desse jogo, é que eu logo disse
 para um amigo "Nossa! Eu jamais vou jogar isso!", mas não falei isso porque achei ruim, mas sim porque aquilo era realista demais para um jogo e certamente eu teria um ataque cardíaco com uma coisa tão bem feita em um clima tão pesado. Não que isso fizesse tanta diferença, afinal de contas o jogo era exclusivo para Game Cube, um console que eu sabia que não ia ter.

Com o passar do tempo, o remake continuou sendo sendo falado e amado, era uma daquelas obras que as pessoas simplesmente comentavam sem parar e destacavam sua beleza, um jogo aprisionado no mundo da Nintendo, e que deixava muita gente frustrada em não ter acesso. Em 2008 os donos do Nintendo Wii tiveram uma bela surpresa ao verem o relançamento dessa maravilha, mas mesmo assim aqueles que tinham outras plataformas continuaram de fora, podendo apenas ficar na vontade.


Mas em 2014 as coisas mudaram, com o anúncio de que finalmente esse jogo seria lançado para outras plataformas e PC, e no início de 2015 foi liberada com gráficos em HD e agradou a maioria, relembrando muito bem os velhos tempos, além de saciar a vontade de mais de uma década que muitos carregavam.

Os gráficos do jogo me surpreenderam demais, isso porque na hora que se fala em um jogo em HD, em geral é um pouco difícil notar alguma diferença da versão original, e a sensação que tenho é "Mas não era desse jeito já?", então somente quando são colocadas lado a lado, que vejo as mudanças e sempre é algo bem visível. Então como se trata de um jogo de 2002, eu imaginei que veria um jogo com um gráfico bem surrado, mas não! É simplesmente um visual belíssimo, e que não me surpreenderia se eu visse um jogo de 2015 sendo lançado com o mesmo visual. É claro que é preciso levar em conta que os cenários são pré-renderizados, mesmo assim é algo belo de se ver, e que consegue agradar bastante.

A história é a mesma do primeiro jogo, mas existem algumas mudanças em certas partes da casa, além de que tudo foi deixado bem mais sério, por exemplo aquela abertura digna de filme trash do jogo original, ela não é em live action dessa vez, mas existe toda uma seriedade agora, além de certas coisas tosquinhas que foram retiradas, tornando-o um jogo puramente sombrio e com uma baita atmosfera gostosa.

Além dos visuais aperfeiçoados, o jogo também teve algumas mudanças, como a opção de jogar com modo Wide, a leve movimentação da câmera em alguns cenários, a opção de jogar com modelos modernos de personagens, ao invés do visual original do jogo, e controles novos, que acabam também tornando o jogo bem mais fácil, pois ao invés de ter que girar o personagem em direção ao lugar para onde você quer ir e depois apertar o botão para ele andar, você pode simplesmente apontar para o lado, e o personagem anda. Mas para quem preferir, pode jogar com todas as opções clássicas.

Enfim, Resident Evil HD REMASTER é um jogo fantástico demais, assustador e que para aqueles que sempre quiseram jogar o primeiro, mas acham antigo demais, essa é uma bela de uma opção alternativa que vale apena dar uma conferida. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

2 comentários:

Vinicius marx silva delgado disse...

sky, ta escrito "tão vem feita" no inicio

Skywalkerpg disse...

Valeu, arrumei! *-*