Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Brawlhalla - Incrível jogo de luta para quatro pessoas

Tem alguns jogos que simplesmente me deixam muito empolgado, e Brawlhalla é o tipo que é capaz de roubar horas não só minha, mas de qualquer um, até mesmo aqueles que não gostam de jogos de luta. Por exemplo, eu nunca fui muito bom em jogos padrões de pancadaria, onde basicamente se bate no adversário até vencer, fazendo assim com que eu não facilmente fique viciado em títulos desse gênero. Mas no caso desse aqui, a coisa é muito mais intensa.

Como vocês devem saber bem, na cultura Viking existe a Valhala, que basicamente é o paraíso, mas apenas aqueles que foram mortos em combate, tem o prazer de ir pra lá. E a história do jogo apresenta guerreiros variados de diversas culturas, que acabaram indo para esse paraíso, mas entraram em um combate celestial interno, e assim podem enfrentar personagens de várias culturas e tempos diferentes. O nome Brawlhalla é uma mistura do paraíso viking com a palavra inglesa brawl, que significa algo como "briga".


A fórmula usada será completamente familiar para aqueles que são fãs de Super Smash Bros, isso porque a essência é basicamente a mesma, aqui você é colocado em combates entre dois a quatro jogadores e em cenários com plataformas onde a câmera se aproxima e se afasta dependendo da distância em que os personagens estiverem, por exemplo se todos os quatro estiverem juntinhos em um lugar, a câmera chega bem perto, porém se cada um for para um canto, ela se afasta bastante.

Existem dois modos de jogo, tempo e vida, sendo que com tempo aparece uma contagem na tela e quando essa contagem terminar, o jogo acaba, quem ter feito a maior pontuação, irá vencer. O outro modo é vida, mas nesse jogo não existe uma barra que diminui, o objetivo é lançar o inimigo para longe do cenário para que ele não volte mais e caia, e as pancadas vão ficando cada vez mais fortes, então no começo um soco pode fazer o personagem apenas ir pra trás, mas após algum tempo o mesmo ataque pode lançar o personagem por muitos metros de distância.

Há vários personagens de culturas diferentes, como por exemplo o pirata, o índio, o samurai, e assim vai... Cada um deles tem habilidades próprias e elas são representadas pelas armas que pegam no chão. Enquanto jogam, vão caindo itens, alguns podem ser usados exatamente da maneira que são apresentados, por exemplo a bomba, a mina para ser plantada, a bola de aço com espinhos. Mas existem as espadas que moldam o tipo de arma que o personagem empunha, por exemplo se uma Xerife pegar a espada, ela pode ser moldada em duas pistolas. Cada personagem usa dois tipos de armas diferentes e assim a coisa varia bastante dependendo de quem você escolher e quem estiver em campo.

Os personagens tem uma baita quantidade de movimentos que dão uma grande liberdade, como os múltiplos saltos, cada personagem pode saltar até três vezes de uma vez, se segurar em paredes para pegar impulso ou escalar, usar ataques combinados dependendo da arma que estiver na mão, ou da direção em que apontar na hora que for dar o ataque, e outras coisas, a sensação de ter sido arremessado e no ar poder girar e saltar de volta é incrível.

Mas claro, o modo multiplayer é o que realmente chama a atenção no jogo e é capaz de gerar uma baita de uma gritaria entre amigos. Até porque há também a opção de luta em equipes, e assim podem ser cada um por si, mas pode se variar também e fazer coisas como duas equipes se enfrentando, o que dá aquela bela sensação de modo cooperativo com um amigo, ou mesmo aquela opção para quando alguns jogadores são mais fracos, como dois se ajudando e os outros dois jogando por si, sem formar uma equipe. E claro, aquela oportunidade de três jogadores enfrentarem o amigo fodão, colocando uma equipe inteira contra um.

Existem três modos de se jogar com os amigos, o primeiro é multiplayer local, onde você pode ter controles no seu PC, ou mesmo usar o próprio teclado para jogar. A segunda opção é o multiplayer em lan para que um outro PC seja usado para jogar localmente, e por fim existe a opção online, onde você também pode jogar com desconhecidos.

Graficamente o jogo é muito fofinho, é um daqueles ambientes 2D bem animados, com desenhos de ótima qualidade e vários efeitos aparecendo na tela enquanto a pancadaria acontece, me lembrou um bocado o estilo apresentado em Awesomenauts, e acho que para alguns isso também será muito familiar, então pode ou não agradar.

Enfim, Brawlhalla é uma daquelas maravilhas para você jogar com os amigos e que certamente irá se divertir demais enquanto estiver jogando. O jogo é grátis no steam, mas existe venda de DLC's. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da steam por um valor bem mais barato que na própria steam e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.

Um comentário:

Unknown disse...

Cara esse jogo é de mais! Eu catei a key que você mesmo falou que estava sendo distribuída Sky... e agora estou me divertindo nessa bagaça... creio que muito tempo de minha vida vai ser sugada por isso... é uma pena eu não ter amigos que gostem de jogo de luta...