Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

O fantástico mundo dos jogadores de Card Games

Eu lembro que antigamente um amigo meu costumava falar algo do tipo "O que??? Isso não é um jogo de cartas, isso é um CARDGAME!". Era algo engraçado e sei que foi dito na época em que eu estava no ensino fundamental e ensino médio, para muitos pode parecer besteira essa afirmação, mas ela era dita exatamente para diferenciar o que nós jogávamos do que outras pessoas jogavam, isso porque enquanto em alguns países lá fora a definição de jogo de cartas é muito ampla, em nosso país se você fala "Jogo de Cartas", a primeira coisa que vem em mente é algo como jogos de baralho, que são os mais conhecidos, porém o mercado de jogos desse estilo oferece tão mais opções, coisas capazes de deixar muitos viciados e impressionados com regras tão gostosas, e hoje vou falar exatamente sobre isso.

Algumas pessoas costumam comprar jogos de cartas e pensam neles apenas como algo muito fechado, divertido porém só para passar o tempo vez ou outra, não é algo para se pensar muito, mas existem Cardgames que alguns compram e pensam um bocado antes, procuram ler um pouco sobre a mecânica de jogo e sabem que terão que montar belas estratégias. São os Trading Card Games (TCG) ou Collectible Card Game (CCG), que apesar de nomes diferentes, são basicamente a mesma coisa. Esses jogos atraem um público semelhante ao de colecionadores de figurinhas de álbuns, isso porque ao contrário de um baralho, você não pega todas as cartas assim que compra uma caixa, você pega apenas algumas, isso dá uma liberdade muito maior, especialmente quando se tem um grupo de amigos que também coleciona, pois o baralho é montado aos poucos, você vai comprando pacotinhos e achando cartas aleatórias para assim aperfeiçoar e enfrentar seus amigos, fazendo com que eles fiquem impressionados.

Basicamente as cartas são vendidas em Decks (Baralhos prontos para se jogar) e Boosters (Pacotinhos plásticos que vem normalmente entre 6 e 16 cartas aleatórias). Os decks costumam ser temáticos, isso porque cada jogo apresenta um mundo diferente, e elementos desse mundo são representados no deck, por exemplo vamos supor que um TCG tenha tema medieval, daí tem decks dos anões, elfos, humanos, orcs, o que for... E assim a pessoa resolva criar um deck dessa raça, e para isso inicialmente compra um deck já pré-construído (Só com cartas daquela raça) e depois vá melhorando ao comprar boosters. E esses é o que realmente causam surpresas, pois decks pré-construídos já vem escrito na capa as cartas que vem dentro, agora boosters são aleatórios e a pessoa compra e se sente como os fãs de figurinhas de álbuns, torcendo para que saiam aquelas cartas raras. E assim vão rolando as trocas "Olha, eu tirei uma espada incrível que posso combinar com uma carta de Orc, mas o meu deck é de elfo, vou trocar com meu amigo por umas cinco cartas, porque essa aqui realmente é muito poderosa!".

É simplesmente muito gostoso ver o deck evoluindo aos poucos, e normalmente existe um número apropriado de cartas que se deve ter, muitos acham que basta ir colocando todas as cartas ali e pronto, mas não... As vezes isso só vai piorar a coisa, pois de que adianta ter todas as cartas de um tipo de deck e elas não saírem nunca? É preciso pensar, tem gente que participa de torneios e vira noites bolando decks bem trabalhados, inclusive listas na internet onde jogadores profissionais postam os decks que montaram e outros tentam imitar, procurando desesperadamente por aquelas cartas, é simplesmente bonito ver que tem um deck que deu muito certo.

Mas sem dúvidas uma coisa que atrai demais nesses jogos são as regras, isso porque é impressionante como são bem trabalhadas e os criadores realmente fazem elementos precisos, coisas que se combinam. Eles não fazem qualquer regra e tacam lá, eles fazem regras que não podem ficar irregular e deixar o jogo esquisito, isso porque sabem que futuramente vão lançar mais cartas e essas cartas precisam combinar perfeitamente com as anteriores, algumas novas regras as vezes surgem, mas normalmente as principais são mantidas, é algo bem emocionante. Eles não são jogos onde é a mesma coisa com temas diferentes, são coisas incríveis mesmo, algumas cartas vão se combinando e encaixando na mesa, enquanto outras se aglomeram dando novas habilidades e há várias outras formas, cada jogo tem um tipo próprio mesmo. Por exemplo em Pokemon TCG você tem que ir baixando pokemons e evoluindo eles, saber o momento certo para se fazer cada coisa, mas pode muito bem ter um deck onde não há nenhuma evolução, já em Star Wars TCG são construídas três arenas onde tipos de cartas diferentes são colocadas, batalhas no chão, espaciais e de personagens e assim o jogo se passa em cenas, por outro lado o jogo do Senhor dos Anéis faz com que os personagens tenham que atravessar a Terra Média e levar o anel do poder com eles.
Naturalmente nem todos os jogos sobrevivem e tem aqueles que você terá a oportunidade de comprar enquanto estão em alta e depois vai ficando realmente difícil encontrar, por exemplo esses jogos baseados em filmes, séries, desenhos e etc, costumam indicar que é algo do momento, mas depois os compradores desanimem um pouco e assim pare de ser lançado, mas isso não é regra, dois bons exemplos são Pokemon e Yu-Gi-Oh, jogos baseados em animes que foram lançados há muito tempo, mas que continuaram sendo lançados e com um público forte e viciado. Mas claro, isso não significa que deve se temer comprar algo que aparenta ter os dias contados, o fato de pararem de lançar não significa que você precise parar de jogar, apenas que não poderá mais complementar seu deck, mas a diversão continua, e para aqueles que pensam "Ah, mas não vou conseguir comprar todas as cartas", esse nunca foi um objetivo de um jogo desses, normalmente ninguém tem todas as cartas de uma coleção, por isso é bem comum se ter trocas, o normal é a pessoa tentar montar o melhor deck possível, não importa se ela não tem todas, inclusive tem gente que só tem o deck e não tem cartas extras, pois troca ou vende tudo e assim que compra um booster pega as cartas que lhe interessa e coloca o resto a venda.

Existem também jogos de cartas que são muito gostosos em suas mecânicas, mas são lançados como "abertos" iguais aos CCG, esses são os Dedicated deck card game, onde vem uma caixa pronta e onde as coisas podem se modificar um bocado durante a jogatina, e esses podem sim ter cartas adicionais depois, mas não vem como boosters, e sim como expansões, sendo assim você pode se divertir um bocado e então a empresas decidir lançar uma expansão pra ele e fazer a coisa ficar ainda melhor, pois vai deixar tudo o que você gosta tanto de jogar ainda com mais opções. São jogos também temáticos, mas que se aproximam bem mais de jogos de tabuleiro, só que tendo cartas como base e outros apetrechos são apenas para complementar a coisa mesmo, como por exemplo um dado.

Outra coisa é que nem sempre é necessário pessoas que morem perto para se jogar, é muito comum jogadores de Card Games adotarem todo um padrão em seu estilo, por exemplo é comum terem uma pasta com "folhas" transparentes cheias de lugares para por cartas, e assim eles vão adicionando novas folhas nessa pasta e preenchendo para ir a lugares onde o povo se reúne, esses jogadores muitas vezes montam ou complementam decks na hora tirando e colocando cartas na pasta, assim como a usam como galeria para que outros jogadores deem uma folheada para ver se se interessam por alguma. Esses jogadores também costumam ir a torneios, e existem diversos torneios de jogos de cartas em várias cidades, é um hobbie realmente incrível que muitos adotam, nesses lugares sempre entram e saem jogadores e assim vai se conhecendo gente.

Então se quiserem entrar para esse mundo de jogos de cartas eu recomendo procurarem caixinhas escrito "Deck Inicial" ou algo assim, essas vem com um pacote de regras, costuma ser mais barato que o normal e muitas vezes vem em pacotes com dois decks para que você e um amigo joguem, outra opção boa é localizar um lugar de sua cidade onde joguem cardgames, sei que o primeiro pensamento de muitos é "Ah, isso não existe na minha cidade não!", mas acredite, esse público está em todo lugar, acontece que é meio underground, por isso parece que não existe, mas a "galera do card game" costuma achar uma loja e se reunir as sextas feiras, procure em uma rede social pelo nome da sua cidade e coloque "card games" depois. Existe também a opção de comprar uma quantidade imensa de cartas no mercado livre, por exemplo Magic The Gathering é algo que muitos compram boosters e logo vendem o resto baratíssimo, e lá você acha 100 cartas por 5 reais, claro que são cartas comuns e não as super fodonas, e você vai ter que ler ou ver um vídeo de regras na internet, mas é uma ótima forma de começar a jogar por um preço muito barato.

Enfim, fica aí a dica, sei que muitos visitantes do blog nunca jogaram cardgames por falta de oportunidade, mas que realmente iriam amar e ficar viciados,vale a pena dar uma pesquisada e procurar por aquela série, filme, RPG ou o que for e ver se ele não tem um TCG, ou mesmo procurar algo inédito que só existe como TCG mas apresenta um mundo atraente.

Nenhum comentário: