Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Far Cry 4 - Um jogo que vai consumir muitas horas suas!

Eu estava com saudades de jogar um jogo em um ambiente aberto com animais e onde é possível caçar, o último que joguei nesse estilo foi Far Cry Blood Dragon, que sem dúvidas foi maravilhoso, mas não era em um ambiente natural, e quando fui jogar Far Cry 4, fiquei muito encantado com a grandiosidade do jogo, isso porque a quantidade de opções é tão grande, que eu fui jogar sem realmente ter noção de quando zerar, pois não parava de me desconcentrar com o que estava acontecendo pelo lugar.

A história te coloca no papel de Ajay Ghale, um rapaz que perde a mãe e seu último desejo é que leve suas cinzas ao seu país natal, Kyrat, e as jogue lá. Ele decide atender a essa vontade e parte, porém é surpreendido ao chegar no lugar e ter o ônibus assaltado, e é abordado por um excêntrico homem chamado Pagan Min que diz ser o dono do país e que já teve um caso com sua mãe, não demora para perceber que trata-se de um lunático, mas antes que descubra o que vai acontecer, é resgatado por um grupo de terroristas que se nomeiam "O caminho dourado", e assim Ajay passa a descobrir mais sobre suas origens e a ajudá-los a lutar para tentar libertar o país das garras de Pagan Min.

Esse é daquele tipo de jogo que tem tanta coisa pra oferecer, que eu simplesmente não sei por onde começar, pois a quantidade é mesmo enorme! Sendo assim, acho melhor falar inicialmente da parte técnica da coisa. Far Cry 4 estava sendo esperado, mas foi um jogo que gerava medo nas pessoas, isso porque após a quantidade de bugs de Watch_Dogs e no mesmo ano sair Assassin's Creed Unity com diversos bugs, muita gente ficou nervosa com a qualidade que Far Cry viria. Infelizmente o jogo saiu sim com alguns bugs, porém nada comparado com os dois já citados, mesmo assim as pessoas já estavam nervosas e por isso qualquer pequeno bug ganhou um ênfase enorme, mas em geral o jogo com uma boa qualidade.

Embora Kyrat seja um ambiente muito familiar, lembrando um país asiático com templos budistas e coisas desse tipo no topo de montanhas, uma coisa que pode acontecer é pensarem que trata-se de um país real, no entanto não, ele foi inventado para o jogo e apenas usou como base diversos elementos de alguns países. Eu achei isso muito legal, pois especialmente após as polêmicas da capa de Far Cry 4, o povo simplesmente não tem o que falar. Normalmente esse tipo de jogo é cercado pelo ódio, já que há muitos estereótipos e assim o povo do país escolhido se revolta, só que aqui a coisa é diferente. Claro que de certa forma isso pode causar estranheza, pois deixa claro que é um jogo que se passa em um lugar alternativo e não na nossa realidade. O lado bom é que eles tiveram liberdade criativa para fazer um ambiente maravilhoso com belezas naturais próprias.

O jogo é em mundo aberto e tem realmente uma quantidade absurda de coisas para se fazer, as missões principais estão disponíveis, no entanto as coisas secundárias simplesmente acabam prendendo muito. É incrível marcar uma rota e ver que enquanto você vai a aquele lugar, o mundo ao seu redor está vivo, animais selvagens, soldados do exército real, vendedores ambulantes, bases inimigas que podem ser invadidas, entre outras coisas, é muito bom! As missões do jogo são ótimas, mas você acaba sempre parando, pois tudo o que tem pelo caminho é bastante tentador.

Invadir bases se torna algo muito viciante, você escolhe como quer fazer, pode chegar bancando o Rambo e matando todo mundo, ou usar todas as suas habilidades em stealth e se sentir um completo manipulador. Existe um sistema de pontuação para a forma de você entrar nos lugares, como por exemplo matar inimigos por nocaute, dar tiros na cabeça, não deixar que ninguém perceba sua presença, entre outras coisas, quanto maior a pontuação, maior a recompensa.

Existe o Karma no jogo, que pode ser ganho ou perdido.Dessa forma coisas aleatórias vão acontecendo enquanto você anda por aí, por exemplo é possível achar um soldado do exército real levando informações em um quadriciclo e você pode persegui-lo em outro veículo para assim pegar as informações, assim como é possível achar pessoas sendo atacadas por animais selvagens e salvá-las, dar uma mão a membros do caminho dourado que estejam em combate, e mais um monte de coisas. Com o aumento do seu Karma você pode comprar novas habilidades que irão melhorar bastante a sua maneira de agir, por exemplo você pode aumentar sua vida, habilidades ao manipular armas, ganhar novas maneiras de atacar, montar elefantes, e mais várias outras coisas que vão sendo destravadas, mas não basta ter pontos de Karma, você precisa fazer algumas ações necessárias para liberar certas habilidades.
A caça de animais é bem fantástica, enquanto você vai pra algum lugar, naturalmente irá encontrar os bichos, alguns são predadores, mas outros tem apenas medo de você. É possível ver coisas incríveis como uma matilha de lobos caçando outro animal, ou algum felino se esgueirando sorrateiramente e ficando abaixadinho atrás dos lugares, só esperando o momento para te atacar. Além disso, rastrear animais e ir perseguindo até conseguir matá-los é realmente algo muito fascinante, marcar um deles e ir seguindo aos poucos, tendo paciência só faz ser incrível quando você finalmente consegue pegar.

Existe ainda a Kyrat Fashion Week, que é um evento de moda e um dos personagens é um estilista de Pagan Min que foi expulso, por isso está destinado a te transformar no modelo do ano, mas para isso precisa do material necessário e assim te dá missões de caça para animais realmente muito perigosos,como o tigre branco e nesses há uma emoção ainda maior, pois cada um deles tem uma baita apresentação, como por exemplo o Rinoceronte, que está em uma ponte, daí quando você se aproxima do lugar, vai vendo só a destruição e ao chegar nessa ponte cheia de carros, logo vê pessoas correndo desesperadas e os veículos sendo arremessados e o bicho vindo em sua direção.

Os filmes Kyrat são feitos por uma produtora que quer muito lucrar com vídeos cheios de adrenalina, no entanto ela precisa de alguém louco o suficiente para se gravar fazendo manobras absurdas e saltando por lugares muito altos sem parar, e assim há diversos desafios nesse estilo que podem te gerar dinheiro e diversos momentos com muita velocidade e loucuras.

Existem rádios no país, uma delas é a mais conhecida, a Rádio Kyrat Livre, no entanto com as várias torres de Pagan Min, uma nova rádio foi colocada, ela adiciona uma personagem falando diversas regras sobre como obedecer o exército real. No entanto você pode escalar as torres e hackear a rádio para fazer com que as transmissões antigas voltem a serem emitidas, uma coisa muito legal é que quando você entra em um carro, dependendo da torre que estiver por perto, a transmissão vai variar, outro detalhe interessante é que essas torres fazem com que o mapa mostre novos lugares, e assim você pode ir lá dar uma olhada.

Existem máscaras macabras espalhadas por Kyrat e os nativos acreditam que trás má sorte, sempre que você passa por um lugar onde tem uma, começa a ouvir um som que parece de meditação feita por monges, em alguns ambientes é realmente sinistro, um detalhe interessante é que sempre há uma história sinistra pelo lugar, uma carta indicando o que aconteceu ali, e as vezes corpos. Por exemplo tem um dos corpos que é encontrado em baixo de uma ponte, o que faz entender que aconteceu um suicídio ali.

Esses só são alguns dos elementos que a jogabilidade apresenta, o jogo é tão grande e tem tanta coisa que você realmente vai ficar perdido no que quer fazer. A história é muito legal e você sempre fica querendo descobrir as loucuras que Pagan Min irá fazer depois, no entanto é difícil não ficar distraído com a quantidade imensa de missões secundárias, acontecimentos aleatórios, itens para se coletar e outras coisas, esse é um jogo que você vai jogar mas não sabe quando vai zerar devido a grandiosidade, e ainda tem modo cooperativo!

Enfim, fica aí a dica de um jogo incrível e que é o primeiro Far Cry dublado, certamente irá fazer você passar muito tempo se divertindo, e se tiver um amigo para jogar junto a coisa vai ficar melhor ainda, sendo assim é um dos jogos que você precisa jogar!

Um comentário:

Richardson Salgado do Nascimento disse...

Excelente post! Como vc disse bem, é inacreditável a quantidade coisas pra se fazer e em quão vivo é o mundo. Estou com 44h de jogo e 91% ainda...