Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Styx - Um stealth em um mundo de fantasia medieval

Esse é um daqueles jogos maravilhosos que usam uma mecânica que lembra jogos da era de ouro, mas ao mesmo tempo tem o seu próprio toque especial. Quando fui jogar Styx , fiquei impressionado em como a sensação que tive foi em estar jogando um jogo de fantasia de mais ou menos o início dos anos 2000, como por exemplo Soul Reaver, e ao mesmo tempo a dificuldade bastante alta de jogos do gênero Stealth da época, em especial lembrei muito do sufoco que passei jogando Hitman Codename 47, então é o tipo de jogo que o público hardcore simplesmente vai amar.

A história se passa em um lugar conhecido como Torre de Akenash, que mantém segura aquela conhecida como "Árvore do Mundo", essa produz âmbar mágico e é muito desejada, porém humanos e elfos estão constantemente mantendo a guarda e eliminando rapidamente qualquer ameaça que se aproxime. Você assume o papel de Styx, um ladrão goblin, que se infiltra na torre para chegar até a árvore, para poder compreender melhor a sua origem, e também tornar-se rico com o que conseguir extrair de lá.

Uma coisa que sei que muitos irão notar já de primeira, é que Styx é um personagem bastante familiar, enquanto outros imediatamente vão saber de onde ele é. Isso porque anteriormente ele já deus as caras no jogo Of Orcs and Men, e era um dos dois personagens que você controlava. A história desse se passa antes, e a estrela da vez é apenas Styx como o título já deixa bastante claro.

A jogabilidade é realmente muito gostosa, você vai atravessando diversos lugares cheios de inimigos, e tem que passar despercebido, assim como jogos gerais em Stealth sempre apresentam, e também pode entrar em combate, mas o seu personagem é fraco, especialmente se tiverem múltiplos inimigos, o combate realmente faz com que você precise de muita habilidade para conseguir sair vivo no final da pancadaria.

A diversão é realmente atravessar os lugares e ver os inimigos serem trapaceados, você tem uma série de técnicas, por exemplo pode apagar tochas para se manter na escuridão, mas também pode jogar areia nelas, caso tenha disponível. Da mesma forma é possível atrair inimigos para um lugar e eliminá-los discretamente, esconder os corpos, ou mesmo causar supostos acidentes para que morram "sem querer".

Existem ainda elementos de RPG, e você pode coletar tesouros durante a aventura e usá-los para melhorar os seus equipamentos e ficar ainda mais eficiente durante a ação, além disso há também habilidades novas que vão sendo desbloqueadas, como criar a ilusão de um clone seu para atrair personagens e então você aproveitar a chance para fazer algo enquanto ele se distrai.

Os gráficos do jogo são muito belos, especialmente há um grande nível de detalhes em todos os lugares, e achei o jogo bastante polido, rodando muito liso. Apesar disso há certos elementos que são um pouco desagradáveis de ver, como por exemplo você se escondendo atrás de algumas pequenas paredes onde o seu personagem obviamente seria visto, acaba sendo o suficiente para ficar oculto, mesmo com um guarda logo atrás olhando diretamente pra sua cabeça, mesmo assim não é algo que chegue a estragar a experiência.

Enfim, Styx: Master of Shadows é um jogo muito gostoso especialmente para o público hardcore, definitivamente fãs de Stealth ficarão bem satisfeitos ao jogarem, eu recomendo! Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: