Soul Reaver - Um dos melhores jogos já feitos!

Hoje eu vou falar sobre um jogo que eu tenho três cds dele, eu simplesmente não me continha em comprar versões diferentes do jogo pois o achava fantástico demais!

História

Nas fantásticas terras de Nosgoth, um vampiro chamado Kain obteve o controle total sobre o lugar, a humanidade passou a se esconder e qualquer um que se oposse a ele, era morto. Durante esse tempo, Kain gerou seis outros vampiros para que fossem seus fiéis seguidores. Com o tempo eles perdiam cada vez mais a sua forma humana e seus corpos evoluíam, apesar de terem aspectos mais bestiais, os vampiros ficavam cada vez mais poderosos. A evolução sempre acontecia inicialmente em Kain devido a ser uma criatura bem mais antiga que os outros, porém um dia, Raziel, um dos vampiros que Kain criou, se apresentou a eles mostrando ter evoluído mais que o mestre.

Kain quebrou as asas de Raziel e o lançou no lago dos mortos, onde sua carne iria ser queimada eternamente pelas águas do lugar. Dez séculos se passam e Raziel de repente se levanta, ele está desfigurado, uma entidade conhecida como Deus Ancião fala com ele e lhe oferece uma chance de ter a sua vingança. Raziel está tomado de ódio pelo o que lhe aconteceu, ele precisa se vingar de kain e seus irmãos para ter uma chance de ter paz de espírito. Deus Ancião revela então a Raziel, que ele não mais é um vampiro, agora ele é um ladrão de almas e para se manter no plano físico, precisa não mais beber o sangue de outros seres, mas sim devorar suas almas.

Sobre o jogo


Nossa, esse jogo me impressionou demais, desde a primeira vez que o vi, e com certeza um dos jogos com quebra cabeças mais inteligentes que já joguei na vida, isso graças a uma novidade na época que era realmente revolucionária, me refiro à mudança de planos.

Como falei, na história, Raziel é um ladrão de almas, pra ele ficar no plano físico, ele precisa engolir as almas dos inimigos, e o tempo todo a sua vida é consumida, ele precisa sempre ter mais almas para manter a sua forma física intacta. Caso Raziel não consuma almas ou receba danos o suficiente para que sua barra espiritual chegue a zero, automaticamente ele é expulso do mundo físico e todo o cenário ao seu redor se transforma, ele vai para o reino espectral, onde ao invés de sua barra ser consumida aos poucos, ela se recupera sozinha. No reino espectral não há formas de abrir portas, pegar objetos, nem nada que envolva mexer algo físico, ele é como o mundo físico porém sinistro e com algumas modificações, por exemplo uma pilastra reta na sua versão física, pode ser torta na versão espiritual.  Há também outras criaturas que consomem almas dentro do reino espectral, elas tentam atacar raziel para devorá-lo, porém ele pode fazer isso também, sem contar que há almas voando às vezes e se ele consumir elas, sua barra enche mais rapidamente.

Apenas com a barra espiritual cheia, Raziel terá energia o suficiente para poder retornar à sua forma física, porém ele terá que achar em algum lugar do cenário um portal para poder retornar, já se Raziel estiver no plano físico e quiser passar para o reino espectral, ele tem passagem livre, podendo ir a qualquer momento.



Poder passar para o plano espectral a qualquer momento me fazia brincar muito no jogo quando eu ainda jogava, era muito divertido pegar uma lança e arremessar em um inimigo e então passar para o mundo dos espíritos antes dela acertar o alvo, e então ver a lança ali parada no meio do nada em sua forma espiritual imovél, e então ir para trás do inimigo, voltar ao plano físico e ver por trás dele a lança atravessando o seu corpo, sendo que você jogou ela do outro lado, era incrível! *-*

Os quebra-cabeças do jogo são maravilhosos, pois há certas coisas que você pode fazer com a combinação dos dois planos, por exemplo se você abrir uma porta usando uma alavanca e essa porta fechar rapidamente antes que você consiga atravessá-la, você pode abrir ela, passar para o plano espiritual e atravessar, isso porque coisas físicas não se movem nesse plano, o que faz com que ela simplesmente fique ali aberta. Esse foi só um exemplo, mas os caras fizeram muitos quebra-cabeças espetaculares.
Os vampiros de Nosgoth são realmente imortais quanto a ataques físicos, a única coisa que você pode fazer neles é deixá-los fracos de tanto apanharem, o que faz com que por um tempo fiquem desnorteados mas logo se regeneram e voltam a atacar, ou jogar eles em algum lugar pontudo, por exemplo atravessá-los com uma lança, ou jogá-los em uma ponta na parede, deixando-os ali presos. Isso não vai matar eles mas vai impedir que se regenerem e voltem a atacar, mas se você arranca a lança de seus corpos, imediatamente se regeneram e voltam. Para destruí-los definitivamente existem quatro formas. A primeira é você achar o sol e jogar o vampiro lá, ele vai queimar até a morte definitiva, a outra é jogar ele na água, os vampiros de Soul Reaver não são vulneráveis a água benta, mas sim a qualquer tipo de água. A terceira forma é usar uma tocha para queimar seus corpos, e a última é aproveitar o momento que estão desnorteados, pois a alma deles por um curto momento sai de seus corpos, Raziel pode aproveitar e engolir a alma do inimigo, recuperando sua vida e fazendo o vampiro desintegrar.

O reino de Nosgoth é incrível! Ele é um tanto desolado e com grandes ruínas admiráveis, cheio de elementos Steampunk, apesar de não ser uma obra completa do gênero e com muitos lugares secretos, realmente ficou ótimo ter ruínas escondidas com segredos, porque não são lugares pequenos, são lugares que você pode ignorar e ir em frente no jogo, ou sair procurando eles para conseguir novas vantagens, além de aumentar o tempo de diversão, os locais com água são assustadores, te faz pensar que criaturas não estão ali em baixo só esperando.
A forma que tudo é construído é de fazer brilhar os olhos, pois o jogo não é de fases, mas sim um grande mundo, só que você não tem acesso imediato a tudo, ao invés disso vai matando um por um dos irmãos, cada um deles evoluiu de uma forma diferente, e quando você devora a alma deles, ganha essa habilidade e consegue ter acesso a lugares que antes não tinha, por exemplo o irmão que consegue atravessar grades através do reino espiritual...

Quando Raziel consegue esse poder, passa a atravessar vários pontos. Há certos lugares que você realmente fica impressionado em como foi bem construído, por exemplo os humanos vivem dentro de uma montanha e a única saída de lá é mergulhando em um canal subterrâneo de água e nadando até o outro lado, ou seja uma proteção enorme para os vampiros, já que eles queimam na água, mas não para Raziel... Já que ele pode ir para o reino espectral e passar por ali sem tocar na água.

Outra coisa muito legal do mundo, é que o jogo só carrega ele uma vez, que é no começo do jogo, depois disso você pode andar livremente para qualquer lugar, sendo que há portais que levam para outros lugares, para não precisar ir andando. Eu ficava admirado ao ver eles em ação, isso porque quando você chegava em um portal, ia mudando para qual dos pontos de Nosgoth você desejava ir, e quando escolhia, Raziel ia andando pra dentro dele e a tela ia virando, e quando terminava de virar e aparecia ele saindo do outro lado, já era saindo em outro ponto do mundo, simplesmente incrível! *-*

Enfim

Legacy of Kain: Soul Reaver é um jogo antigo, porém maravilhoso, todo mundo deveria experimentar, o jogo realmente hipnotiza com todo o seu estilo próprio, história, e quebra-cabeças bem elaborados, além de ser dublado em português.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

11 Comentários

  1. Mas como eu salvo o jogo? HUAHUAUHA Namoral, eu lembro quando eu comprei esse jogo quando eu era criança... Era MUITO MASSA, mas eu não sabia como salvava o progresso aí não joguei mais. Recentemente, eu baixei o 2, aí também não descobri como gravava e deixei quieto o.O HUAUHAUHA Bizarro, um dia vou jogar ele, sério.

    ResponderExcluir
  2. No 1 você aperta ESC e clica em salvar '-'
    No 2 você tem que achar uns lugares certos onde salva, o primeiro não é pertinho não, por isso pode ficar meio preocupado, mas também não é super longe não.

    ResponderExcluir
  3. joguei mto isso na éééépoca q ps1 ainda era moda!

    ResponderExcluir
  4. Tinha até esquecido desse jogo, mas foi um dos melhores que eu já joguei.

    ResponderExcluir
  5. Lembro quando eu juntava a galera toda pra tentar passar aquela catedral kkk.. Ninguem sabia oque tinha que fazer, enfim... Tenho muito oque falar desse jogo, mais nem vou dizer nada... Deixo para que vocês comprem o jogo e tirem suas conclusões... Mais fiquei triste com o final do Soul Reaver - Defiance =(

    ResponderExcluir
  6. Eu joguei muito no PS1. Nunca zerei, mas tenho muita vontade de jogar de novo.
    Eu lembro que eu tinha um que travava sempre num mesmo lugar. Por isso desisti!

    ResponderExcluir
  7. super massa esse jogo... eu tinha no ps1 demorei muito pra zerar e tambem ja tive um cd q dava pau no mesmo lugar.Sky vc sabe como pega a ariel reaver?so consegui com cheat

    ResponderExcluir
  8. Ah não me pergunte cara kkkkkkk zerei esse jogo faz muito tempo.

    ResponderExcluir
  9. Cara eu tenho toda serie legacy of kain. Tentei zera o legacy of kain blood omen. Até saber que era pra morrer no começo... Fiquei tentando mata todos os soldados, mas eles sempre faziam montinho ai eu fechava o jogo. Esse jogo tem uma das historia mais original que ja vi. Merecia um REMAKE.

    ResponderExcluir
  10. meu pai tinha esse jogo e eu fiquei tao maravilhado que anos depois eu comprei, mas entao eu queria saber toda a historia e comprei todos os outros

    ResponderExcluir
  11. Onde acho esse jogo para comprar..?? Joguei a anos... queria para pc. Dimais zerei varios.. kkkk.. por favor.. me ajudem ai.. e mail
    d[email protected]

    Vlw galera

    ResponderExcluir