Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Yami Shibai - Veja medonhas histórias de terror japonesas

Essa é uma série em animação um tanto desconhecida, feita no Japão, e que eu adorei! Isso porque adoro histórias de terror orientais, e essa vai muito direto ao ponto, colocando tramas semelhantes a aquela da história em quadrinho que fez a internet gritar, então se torna um baita de um atrativo tanto para o público de terror, quanto para os fãs de cultura oriental em geral.



A série tem um formato que lembra o clássico Além da Imaginação, colocando um apresentador que a cada episódio apresenta uma história de terror aleatória, mas todas se passam no Japão. Outro detalhe interessante é que são histórias rapidinhas, cada temporada carrega 13 episódios de apenas quatro minutos, o que por um lado pode ser desanimador já que é tão gostoso assisti que te faz querer mais, no entanto por outro lado acaba sendo bem fantástico, pois ser rapidinho assim, faz com que a história vá direto ao ponto.

As macabras histórias sempre acabam mal, é incrível como em alguns momentos você acha que finalmente vai ter um final feliz e eles conseguem virar a coisa do avesso para se tornar um pesadelo na hora que tudo parece estar bem. A sensação constante de maldição ocorrendo faz com que você sinta que boa parte das histórias saiu da mente de Junji Ito, com um mundo onde ninguém pode se safar de eventos macabros.

Pode ser considerada como anime, mas não usa o estilo clássico de animação quadro a quadro, mas sim Motion Comic, ou seja não existe uma animação completa de todos os elementos apresentados na cena, mas sim uma movimentação mais brusca, como se os personagens e alguns objetos fossem recortes de revista e tivessem se movendo. Além de algumas outras técnicas apresentadas, como por exemplo silhuetas medonhas que visivelmente foram capturadas de uma cena real. E aliás, muito do cenário parece ter sido retirado de fotografias e desenhado de forma foto realista, ou um efeito foi aplicado para ganhar um estilo desenho.

Uma coisa que gostei muito, é que os criadores não colocaram a Maldita Felicidade Japonesa no meio das histórias, portanto você não vai ver coisas como um tempo da animação dedicado a meninas fofinhas falando "Nyahhh!!! Veja como eu coloco meus bracinhos perto do queixo e movo de um lado para o outro!", aqui os caras tem muita noção de que terror é terror e fazem histórias com foco nisso, mostrando pensamentos mais parecidos com o de uma pessoa normal e reações que você pode se identificar. Existem alguns animes que se apresentam como gênero terror, e acaba perdendo muito do crédito por dedicar muito a fofura e até mesmo humor trapalhão, quebrando o clima de medo.

E por falar em medo, as técnicas que eles usaram ficaram interessantes e são capazes de causar medo em alguns mesmo tendo aspecto de algo desenhado. Eles colocaram coisas como a câmera dando um foco em um ponto, apresentando algo indefinido, e de repente PÁ! Aquela careta macabra se virando e aquele som de "Se fode ae telespectador!". Os mais sensíveis certamente vão gritar.

Enfim, gostei demais dessa série, simpática, com um formato curtinho, porém muito robusto e que o torna superior a muitos animes de "terror" que tem mais frescura do que qualquer coisa macabra e quando tem não parece se esforçar nem um pouco para susto. Eu recomendo para você assistir um episódio por dia antes de ir dormir, é ótimo para se deitar com aquele climinha assustador! Se você gosta de histórias de terror, vai adorar.

Nenhum comentário: