Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Lords of the Black Sun - Simulador de império espacial

Bom, hoje vou fazer uma análise sobre um jogo de um estilo que alguns amam bastante, mas que naturalmente acaba sendo um pouco limitado a esse público, pois devido a sua complexidade inicial pode espantar alguns jogadores. Esse é Lords of the Black Sun, um jogo do gênero 4X, que adota um plano de fundo espacial, fazendo assim um verdadeiro simulador de império espacial, onde você deve desenvolver suas tecnologias e expandir os seus domínios, além de obviamente entrar em guerra contra outras civilizações.

A história tem início quando acontece alguma coisa misteriosa no sol, e a humanidade entra em pânico ao descobrir que a estrela está morrendo prematuramente, isso faz com que os líderes mundiais sejam pressionados, mas não conseguem tomar nenhuma decisão realmente eficiente, a temperatura do planeta começa a esquentar, exterminando completamente a vida em alguns pontos da terra. Quase um século depois, os humanos novamente são tomados pelo terror quando uma gigantesca nave alienígena surge, mas felizmente é uma raça amigável que diz já ter entrado em contato anteriormente com civilizações como os maias, astecas e egípcios, e vendo que a vida no planeta está a beira da extinção, oferecem sua tecnologia para construir um portal para outro lugar do espaço, onde há um planeta semelhante, e dois anos depois o trabalho é terminado, boa parte da população humana atravessa o portal, e com a sua tecnologia muito mais avançada passa a construir algo bem mais próspero e a ter contato com diversas novas raças alienígenas.

Apesar de haver uma história para cada uma das nove raças disponíveis, o jogo tem um foco em algo que não são as histórias, mas sim partidas que podem ser curtas ou gigantescas onde a história acaba sendo formada de forma aleatória, assim como é bastante comum em jogos do gênero 4X. Então a equipe ter se dado o trabalho de fazer toda uma trama apenas foi um extra para deixar tudo mais robusto.

A jogabilidade é aquela que tanto conhecemos desse estilo, você inicialmente escolhe sua raça, e as raças que aparecerão no universo, além de fazer uma configuração com vários detalhes, como por exemplo se vai ser grande o espaço gerado ou pequeno. A partir daí você começa com um planeta em seu sistema solar e decide no que investir, há toda uma administração de diversos elementos, como por exemplo a população, que precisa se manter feliz, e isso realmente é importante pois você pode acabar gerando uma verdadeira guerra civil, já que cidadãos inconformados podem ir além e começar a formar uma rebelião, fazendo assim com que você tenha que tratar não apenas de assuntos com outras civilizações, como também encarar o seu próprio povo.

Você decide como seguir o curso das coisas, pode desenvolver tecnologias novas em várias áreas, por exemplo tornar sua população super avançada e contente, ou uma verdadeira arma de guerra. É preciso explorar, descobrir novos planetas, se proteger e saber como lidar com outras civilizações, além de diversas coisas aleatórias, já que é gerado um mapa novo toda vez que você cria um jogo, deixando o jogo imprevisível, você pode por exemplo encontrar piratas espaciais e exterminá-los ou torná-los amigos.

Graficamente eu achei o jogo mais ou menos, ele não é completamente simplório, porém existe uma certa limitação nas coisas apresentadas, não é exatamente robusta a quantidade de elementos que dão as caras, mas também não chega a ser um jogo com visual apenas simbólicos, é possível fazer coisas como dar zoom e girar a câmera, mas no fim das contas não há muito o que se ver.

Enfim, apesar de Lords of the Black Sun ser um jogo que oferece elementos 4X em geral, é um jogo que realmente acaba precisando de um pouco de paciência, pois as coisas acontecem de uma forma um pouco lenta, você vê que existe a sua complexidade e tudo mais, porém tudo acontece de uma forma um pouco pálida, podendo causas opiniões variadas entre os jogadores, portanto só jogando para saber se você irá amar ou odiar. Quem se interessar pode dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: