Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Doorways: The Underworld - Um jogo bem medonho

Antes de tudo, vamos esclarecer uma coisa, o primeiro Doorways lançado no steam na verdade tratava-se de dois capítulos do jogo, e isso pode acabar gerando uma certa confusão para alguns jogadores ao verem Doorways: The Underworld sendo listado como o terceiro capítulo da saga. Sendo assim, não se preocupem, pois não há um segundo capítulo perdido, eles apenas foram lançados juntos. E hoje eu vou falar sobre o terceiro jogo da franquia.

Mas apesar do jogo ser uma sequencia, os criadores o prepararam de uma maneira a não ser essencial jogar os títulos anteriores, e assim acaba sendo opcional, porém não quer dizer que sejam descartáveis, mas apenas que a trama foi apresentada e colocada de uma maneira que qualquer jogador consiga compreender, mas para quem quiser ver as coisas de forma profunda, joguem os dois anteriores para só então passar para esse.

Aqui você assume o papel de Thomas Foster, um investigador que analisa a mente dos psicopatas que busca, e em um desses casos, ele persegue uma mulher e tenta descobrir mais sobre sua vida, porém repentinamente acaba em um lugar estranho e sombrio, mas as coisas pioram quando uma bizarra criatura surge e passa a persegui-lo.

Esse é um daqueles jogos que te deixam com uma sensação de completa impotência, isso porque não há combates, e a sua única opção é fugir quando vê o perigo se aproximando, da mesma forma há todo um sistema de stealth para você evitar ser atacado. Naturalmente o jogo acaba te deixando muito nervosos e preocupado, a adrenalina toma conta do seu corpo quando você percebe que foi visto, e passa a correr desesperadamente, e não preciso nem falar o desespero quando você acaba parando em um lugar sem saída, e sabe muito bem que não há mais o que fazer.

O ambiente do jogo é claustrofóbico, você já começa em um tipo de mina, um lugar que você vê que é em baixo da terra, com vários corredores feitos de madeira, e lugares apertados, além de aparições repentinas feitas apenas para te deixar mais desesperados, e claro, a criatura bizarra que surge e te persegue. Para pessoas que tem falta de ar fácil e problemas cardíacos, esse jogo é realmente capaz de matar, então pense bem antes de cometer a loucura de jogá-lo.

Graficamente o jogo não me surpreendeu tanto, mas apesar disso é notável que há um bom nível de detalhes nas coisas, mas é preciso levar em conta que trata-se de uma obra indie, então dá para dar uma colher de chá nesse quesito pois em geral ficou bom. Já a voz do protagonista está PERFEITA, esse jogo é argentino e por isso já vem também com dublagem em espanhol, eu conferi as duas versões e em ambas a voz do protagonista é fantástica, muito atmosférica mesmo.

Enfim, esse é um jogo que realmente me fez querer botar um ovo de tanto medo, meu coração não aguenta isso tudo não, mas para quem gosta de terror extremo, essa é uma ótima opção e pode deixar muita gente viciada. Quem se interessar é só dar uma conferida no site oficial do jogo.

Nenhum comentário: