Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

A tocante abertura de True Detective

Como os leitores que já visitam o blog há muito tempo sabem bem, eu sou muito apaixonado por aberturas e é normal eu criar postagens especialmente para falar sobre elas, e com a abertura de True Detective não poderia ser diferente, principalmente pelo fato de que é uma das aberturas mais bonitas que já vi na minha vida.

A HBO em especial tem realmente uma habilidade espetacular de criar aberturas que conseguem passar uma mensagem, e aqui as coisas são tão especiais quanto. No primeiro episódio já é possível ver claramente que a série tem um grande toque na questão religiosa e a existência humana. A cena em que o detetive Rust explica o motivo dele não acreditar em Deus e como vê a vida é uma cena bastante interessante, visto que é apresentado o seu jeito de ver a vida, e essa abertura parece refletir bem a essência da série.

Não que o meu ponto de vista seja O CERTO, mas pelo o que consegui sentir, o que o autor quis mostrar foi a complexidade humana, tudo é mostrado com muitas silhuetas de pessoas e dentro dessas há diversos elementos urbanos, rurais, religiosos, entre outras coisas. Um detalhe que notei é que em diversas vezes quando aparecem chaminés de fábricas, ou outros símbolos urbanos, é colocado como se fosse parte da pessoa, como se por dentro ela fosse puramente aquilo, e vendo os diversos elementos religiosos, acredito que é o contraste entre os tipos de pessoas, aqueles que sentem a presença do divino, e aqueles que veem tudo puramente como progresso natural humano e feitos próprios.

Tem um clima de tristeza tão especial colocado nessa introdução, é como se mostrasse que não importando no que acreditamos, todos somos simples pessoas, todas ligadas umas às outras. Enfim, confiram essa maravilha impecável:

Nenhum comentário: