Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

O homem de aço - É assim que filmes de ação deviam ser

Tem algumas pessoas que vem aqui surtar no blog e ficarem putinhas como se eu não tivesse direito a ter opinião e fosse obrigado a gostar e ter a mesma percepção que a pessoa. Obviamente essa é uma atitude estúpida pra caramba, já que as pessoas não são obrigadas a ter o mesmo gosto dos outros, mas ficar xingando e tentando minimizar alguém só porque achou um filme uma merda é uma baita atitude idiota. No entanto "O homem de aço" é um dos filmes que mostra bem o quanto um filme de ação PODE SIM ser cheio das explosões e pancadaria louca e mesmo assim apresentar uma história muito gostosa de ser acompanhada, ainda mais se tratando de uma história que todo mundo já conhece. Então esse é um filme que deixa claro que essa desculpa de que filme de ação não precisa ter história e que se deve surtar e começar a xingar qualquer um que não concorde é um baita papo furado.

Quando esse filme começou a aparecer mesmo na mídia, uma das coisas que deu uma baita sustentada no marketing dele foi o fato de que estavam falando que o filme recebeu a benção de Christopher Nolan, o diretor da trilogia do Cavaleiro das Trevas. Claro que isso foi um baita impacto, pois estamos falando do cara fez Batman se tornar um filme sério pra caramba nos cinemas e criou uma obra incrível. Então o que se presumiu disso foi logo uma versão sombria do Super Homem.

O filme mostra aquela história que já tanto conhecemos, porém a forma que é apresentada ficou realmente muito gostosa de se acompanhar. É apresentado o planeta de Clark no início por um bom tempo, levando vinte minutos de filmes para só então a história mudar para a terra. Isso já me chamou um bocado a atenção, pois mostrou que tudo estava sendo mostrado no seu tempo, e então a chegada do general Zod à terra. Eu gostei muito de terem apresentado visões diferentes dos personagens, sendo assim apesar de tudo o Zod não é mostrado exatamente como o mal da história e em um certo ponto de vista ele pode ser até mesmo o herói que lutou com tudo que pôde.

O visual do filme está bom, tem cores bastante apagadas, dando um clima mais pesado, e por incrível que pareça, eu só percebi que não estranhei a roupa nova do Super Homem quando comecei a escrever essa postagem, mas em fotos que eu tinha visto anteriormente, eu achei extremamente estranho o fato de ele não ter cueca hahaha, só que pelo jeito saiu bem mais natural do que eu imaginei.

Esse filme é conduzido de uma forma que me fez vê-lo como um filme de ficção científica, e não como um filme de super herói. Parece uma história sobre criaturas de outro planeta e não sobre o salvador da terra. Isso saiu ótimo, pois apesar de tudo nos tempos atuais os super heróis não são mais algo que estão presos ao público infantil, mas sim algo que atinge públicos em geral e muitos adultos acompanham quadrinhos, tenho inclusive que dizer que tem certas histórias na versão quadrinhos que eu considero completamente inadequadas para crianças, sendo assim foi bom terem colocado o Super Homem nessa direção.

As cenas de ação então, são maravilhosas! Uma das coisas que me deixa frustrado em filmes de ação em geral é o fato de que os caras enchem de explosões, mas são sempre a mesma coisa, e afinal de contas quem é que se impressiona com explosão hoje em dia? É preciso se mostrar essas coisas de formas diferentes, e esse filme mostra bem, a destruição é linda de se ver, adotando ângulos de câmera incríveis e que me deixaram impressionado, como por exemplo quando Clark é lançado por Zod em um prédio, ele vai arrastando e então para no ar e nesse momento a câmera muda para a parte de trás dele, mostrando a destruição desabando. Essas formas de se apresentar a destruição ao invés do simplório "explodiu, explodiu, explodiu, explodiu!" faz com que uma cena se torne bem mais emocionante, isso sem contar com as coreografias, que ficaram lindas!

Enfim, esse é um filme de ação realmente incrível e que mostra que um super orçamento consegue muito bem fazer um filme para todos os públicos. Recomendo demais, não acho que ficou tão polido quanto Batman O Cavaleiro das trevas, mas ainda assim é um filme que ficou em um ótimo nível.

Um comentário:

Kleber Vieira disse...

Assisti apenas recentemente o filme, pelo fato de na época em que teve a estréia me deram um baita spoiler do final, me deixando com pouquissima vontade de vê-lo.
Porém, depois de um tempo dei meu braço a torcer e que filme sensacional! Mesmo nunca tendo gostado muito das aventuras do Superman consegui acompanhar e me interessar bastante pelo personagem.
E Talvez algo que tenha agradado bastante foi o fato de que apesar de ser poderoso, ainda assim tem duvidas quanto as próprias ações e tenta buscar um significado para elas.
Enfim, ótima postagem no blog, continue assim!