Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

FATE - Um simpático jogo ao estilo Diablo

Esse é um jogo de 2005 que chamou atenção na época em que foi lançado por ter um estilo muito semelhante a Diablo, no entanto com o seu próprio toque pessoal especial que o deixou muito charmoso. O jogo desapareceu de cena por muitos anos, até que em 2013 voltou a brilhar sendo relançado no steam e finalmente vou por aqui uma análise sobre.

Você é um habitante da cidade de Grove, em um mundo medieval cheio de criaturas mágicas e diversos perigos. Nessa cidade há uma masmorra com uma enorme quantidade de andares para baixo, se tornando cada vez mais perigoso. Sendo assim, apenas poderosos aventureiros são capazes de descer aos níveis mais profundos do lugar. Você assume o papel de um dos habitantes da cidade e deve seguir caminho à baixo, ajudando os cidadãos de Grove e se tornando cada vez mais lendário.

A jogabilidade é a padrão de um dungeon crawler, portanto você irá perceber níveis gerados aleatoriamente, também com criaturas aleatórias. Isso faz com que se torne imprevisível o que o espera, enquanto estiver na cidade você pode pegar várias missões com os personagens ali presentes, mas também pode simplesmente vasculhar a masmorra em busca de tesouros.

O sistema de evolução a princípio não utiliza escolha de classes como se é comum nesse tipo de jogo, nesse quesito FATE apresentou o jogo de uma forma muito mais pura, onde você pode escolher simplesmente se o personagem vai ser um homem ou uma mulher, e à medida que você vai evoluindo, poderá aperfeiçoar os seus atributos, permitindo assim usar equipamentos mais avançados, além é claro do bônus que você recebe em cima da evolução.

Dois detalhes interessantes demais principalmente para a época são o 3D e a opção de se ter um animal. Como todos sabem, Diablo sempre foi um grande sucesso, então sendo esse um jogo do mesmo gênero e em 3D chamou bem a atenção, apesar de que a jogabilidade não é tão fluída, também não chega a ser travada, porém um pouco lenta, mas completamente relevante para a ambição do projeto. O outro detalhe que se destacou e também inovou, foi a possibilidade de se levar um animalzinho como companheiro, muitos veem torchlight e pensam no jogo como incrível e diferente por ter isso, mas FATE fez primeiro.

Enfim, esse é um daqueles jogos que servem principalmente para se jogar de forma relaxada, ele é bastante puro em sua essência, portanto o que você faz mesmo é evoluir o personagem, a diversão está principalmente nisso. Quem se interessar pode visitar o site oficial do jogo.


Nenhum comentário: