Temporario



Jogos | Séries | Filmes | RPG e Tabuleiro | Animes | Creepypastas | Quadrinhos | Livros | Mapa do Blog | Sobre o Blog | Contato |

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Wolverine Imortal - Um filme para viciados em ação!

Sabem, eu não cheguei a assistir Wolverine Imortal nos cinemas, no entanto com o lançamento em DVD e Bluray acabei recebendo de presente e naturalmente fiquei muito empolgado para dar uma conferida, portanto agora que finalmente assisti esse filme, chegou a hora de escrever aqui uma análise para vocês.

Acredito que não deve ser surpresa para ninguém que o Wolverine é o mais adorado dos X-men, lembro que quando eu tinha uns 12 anos um amigo meu começou a colecionar quadrinhos dele e pensei "Caramba, o Wolverine tem uma revista só dele?". Eu achei bem estranha na época, depois acabei descobrindo que vários personagens de grupos tinham HQ's próprias, no entanto obviamente as editoras não trariam para o Brasil todas, pois precisavam vender, mas Wolverine estava no topo da lista.

Mas eu estou falando do final dos anos 90 e começo dos anos 2000, só que esse negócio de heróis com revistas próprias vem bem de antes, e em 1982 o roteirista Chris Claremont começou a escrever o primeiro volume de Wolverine, com os desenhos de Frank Miller (Sim, o mesmo de Batman o cavaleiro das trevas). E nesse primeiro volume, Logan aparecia indo treinar no Japão.

Mas, essa ideia de Japão ficou no passado, veio o primeiro filme dos X-Men, o segundo, o terceiro, e foi então que o personagem se mostrou ser um destaque também nos cinemas, sendo o favorito e teve o seu primeiro filme, que tenho que assumir que não me agradou muito, mas então quando saiu X-Men: Primeira Classe, achei realmente fantástico. E por fim, os roteiristas decidiram voltar aos velhos tempos e adicionar o Japão na história.

Convenhamos, apesar do Wolverine ter nascido no Canadá, sido usado como experiência na América do Sul, ele combina completamente com o Japão. Afinal garras contra katana é uma ideia que sempre acaba passando por nossas mentes, e isso é algo que vemos muito em Wolverine Imortal.

O filme apresenta Logan recebendo uma mensagem de que um antigo amigo, um velho mestre japonês, está para morrer e que o mesmo gostaria de se despedir, fazendo assim com que ele vá até o Japão. Mas não demora muito para que o personagem se veja no meio de uma conspiração envolvendo tentativas de assassinato constantes a uma garota chamada Mariko, sobrinha do mestre. Depois disso já dá para imaginar o que vem depois, não é mesmo? Explosões, facada nas costas, gritaria e correria pra todo lado.

O filme tem boas coreografias e uma ótima ambientação, que por acaso vale ressaltar bem, já que as filmagens não foram feitas no Japão, mas sim na Austrália, mesmo assim é notável que tudo foi extremamente bem trabalhado e ninguém diria que aquilo não é território japonês. A trama não é muito complexa e tem vários momentos previsíveis, como se é comum em filme de heróis, mesmo assim ainda guarda algumas surpresas e um ótimo toque de humor.

Enfim, eu ainda considero X-Men Primeira Classe o melhor filme baseado nos mutantes até então, mas esse éum bom filme para se passar o tempo com os amigos e gerar muito tempo de entretenimento, além disso ele tem um dos melhores pós-créditos que já vi em um filme. Quem quiser pode dar uma conferida na fanpage do facebook do filme para mais informações.

Nenhum comentário: