Telegame - Conheça a "STEAM" dos anos 80!

Como falei na matéria sobre o meu vício por mídias físicas, eu acho impressionante a forma que a Steam conseguiu se tornar realmente poderosa. Mas o que eu pensava e que certamente muita gente também pensava é que ela foi a pioneira na distribuição online de jogos. então a minha grande surpresa foi quando eu estava bolando a matéria sobre a surpreendente conexão online que o Atari quase teve e acabei descobrindo uma coisa interessante pra caramba...

Nos anos 80 realmente o Atari acabou não colocando o sistema de disputas online, no entanto aqui no Brasil existia uma empresa chamada EMBRACOM que lançou um serviço para ao invés de ter um monte de cartuchos, baixar os jogos que quisesse na hora e jogasse. Algo um tanto semelhante ao serviço da steam.
O serviço era oferecido para os donos do Atari 2600 e infelizmente estava disponível apenas para o pessoal de São Paulo e Rio de Janeiro, e acredito que esse tenha sido o motivo do bagulho ser tão underground, pois ele tinha anúncio em revistas especializadas em jogos, jornais, propaganda de TV e até mesmo tinha anúncio durante o programa do Sérgio Malandro que na época as pessoas achavam PORRETA pra cacete! Ò_Ò

Para participar do serviço, você tinha que fazer uma assinatura e comprar o pacote que vinha com uma bolsa que continha um cartucho, o modem, uma pasta enorme com 500 fichas explicando como era cada um dos jogos, dicas sobre e comandos e com um código referente a ele.

Depois que você obtinha o cartucho e a assinatura tava feita, você ligava o telefone e o cartucho no modem e então fazia um telefonema para a Telegame, informava para o atendente o código do jogo que queria jogar(aquele que eu disse que vinha na ficha) daí no modem tinha uma chavinha que tinha as opções REC e TELEGAME. Quando o atendente pedisse, você mudava a chavinha para a posição REC e colocava o telefone no gancho, aí esperava aproximadamente dois minutos e a tchanram, aparecia na tela a mensagem de que o download estava concluído e era só jogar! Então você ia na chavinha de novo, mudava para a posição TELEGAME e a linha do telefone era liberada pra você fazer ligações e fofocar da vida dos outros ou se gabar pro seu amigo pobre dizendo que você é rico e ele é do gueto e não tinha um telegame Ò_Ò!


O custo mesmo era o mensal, o download só pagava mesmo o pulso que você ia usar pra ligar, então faz parecer que era barato mas não era Ò_Ò, pelo o que eu li, assinar esse bagulho era uma faca na costela e outra nas costas. Você tinha que vender sua alma e a da tua vó pra conseguir um sistema desses, e a fitinha também não era das mais baratas não.

O jogo ficava gravado no cartucho enquanto você estivesse com o atari ligado, depois que desligasse, era deletado da memória e estaria prontinho pra receber outro download. Agora imagina que luxo não deveria ser um bagulho desses nos anos 80 meu? Seus amigos todos indo la na locadora da favela alugar algo novo pra ver se é bom, e você la no arranha céu que você mora, ligando para as vadia e falando "Código ZTNX9 ATIVAR Ò_Ò" e aí tava la, o joguinho super divertido pra você curtir! Nossa, sério os moleques que tiveram isso na época, deviam se sentir em outra realidade.

Um detalhe interessante é que não vi nada sobre um serviço do gênero lá fora, eu cheguei a achar um bagulho chamado "Atari Sears Tele-Games" mas não tem nada a ver com conexão via telefone, é apenas o nome do bagulho, isso de conectar via telefone para fazer download aparentemente só rolou no Brasil mesmo. O__O'

No comercial o cara fala que havia diversos serviços informativos, então acredito que a EMBRACON devia oferecer um tipo de jornal via telefone. Eita, mas isso é que era luxo ein? Baixar joguinhos e entrar na "internet" para ver as notícias do dia, uahahahaha.

Detalhe que os moleques tão la jogando, e o pai vai e arranca o diabo da fita fora e não tá nem aê! Mas o moleque continua lá fingindo que tá jogando com uma cara feliz da vida kkkkk. Isso é para você ver como os filhos eram educados naquela época, se fosse hoje em dia, o pai ganhava AQUELE PESCOTAPA rapidinho e o susto ia ser tão grande que ele não ia nem querer colocar a fita rapidamente, o próprio cartucho ia se apressar e se TELETRANSPORTAR da mão do coroa e aparecer conectado novamente no Atari, mas não, isso era os anos 80, então o filho continua la quietinho "jogando" e pensado:

"Cacete, é melhor eu continuar aqui fingindo que ainda ta funcionando porque se ele imaginar que eu não gostei, aí eu vou comer o pão que o diabo amassou O_O"

Isso é que é comercial bem bolado *-*. Fantástico o Telegame, não acham? Uma pena que não pegou, hoje nós somos acostumados com os video games modernos, mas imagina se a mania já tivesse pego naquela época? O futuro teria chegado mais cedo!

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

Manuel disse…
O loco meu! só no brasil? impressionante
Lucas0sama disse…
*-----* Centenas de jogos telegame? coisa de rico assim era caro uma fita pra comprar?e alugar?
Jean_Joker disse…
comentários do Sky: Priceless. heuaheuaheua, locadora na favela
Etinex'Nay disse…
KKKKKKKK Puta merda cara eu racho o bico do jeito que você escreve essa porra AHAUHAHUHUAHUAHU