Ultima Online - o MMORPG mais intenso que já joguei

Lembro que quando assinei banda larga pela primeira vez la por 2001, a minha vida mudou demais. Aconteceram muitas coisas novas e que só foram possíveis graças às maravilhas de ficar conectado a poderosos 300 k na época! Aquilo era um sonho, ficar na internet o dia todo e não de madrugada escondido da minha mãe. O mundo tinha uma nova cara, não havia limites! Eu tinha o poder em minhas mãos de baixar a 30kb, aquilo era o futuro! Eu não precisava mais esperar 5 horas para baixar um clipe e descobrir que era o arquivo errado! Ò_Ò
Naturalmente com tanto poder nas mãos, eu passei para outro nível no ramo dos video games. E podia jogar jogos pesados. Não é que eu não jogasse nada online antes da conexão banda larga, eu já disputava algumas partidas em alguns joguinhos, mas era com poucas pessoas, nada muito pesado. E foi assim que tive minha primeira experiência com um MMORPG, que no caso era o Ultima Online.

Ultima Online é um jogo que até hoje eu considero fabuloso pra caramba. Muitas pessoas acham que certos elementos de World of Warcraft foram originais e revolucionários, mas no entanto Ultima Online trouxe um bocado desses elementos muito antes de WOW sequer pensar em existir, já que UO é um jogo de 1997, época em que nem ao menos Warcraft III: Reign of Chaos e WOW só veio dois anos após o lançamento desse.


Quando comecei a jogar Ultima Online, eu não entendia direito ainda o que era um MMORPG, pois eu era acostumado com o RPG de mesa e quando se falava em RPG virtual eu logo pensava em um Final Fantasy da vida, mas aquilo era uma experiência completamente nova. Era diferente de qualquer coisa que eu já tinha experimentado antes.

Eu lembro que quando comecei a jogar e acessei aquele mundo medieval, eu olhei para o meu personagem paradinho ali no meio daquela cidade e pensei "Caracas! E agora?!". A empolgação era enorme, eu via pessoas passando pela rua conversando e a possibilidade de ir para qualquer lugar faziam meus olhos brilharem.

Eu tive sorte na época porque tinha um amigo meu que jogava, então ele me ensinou muitas coisas, mas apesar disso eu era um péssimo jogador e nós não andávamos juntos devido às profissões dos nossos personagens serem diferentes e assim eu perguntava muita coisa para as pessoas que eu via na rua, apesar de nem sempre ajudar muito kkkk.

Logo jogar Ultima Online passou a ser uma das melhores partes do meu dia, eu ia pra escola de manhã e a tarde ficava la no meu PC com o jogo aberto em modo janela e o ICQ (um tipo de msn da época) no canto pra conversar. Aquilo era fabuloso, eu me sentia realmente fodão em poder fazer algo assim, pois muito pouca gente usava PC naquela época, então imagina usar internet banda larga? Era praticamente viver em uma realidade alternativa onde você tinha o poder e os outros não kkkkkkkkk.

Os dias iam passando e eu me sentia cada vez mais feliz com o jogo. No começo eu queria ser um mago, afinal fazer magia é muito estiloso e eu queria fazer coisas incríveis, e esse jogo me fez repensar meus conceitos sobre certas histórias sobre escolas de magia. Eu sempre via em filmes, desenhos, séries e etc alguma história em que aparecia uma escola de magia e tinha o aluno vagabundo que não queria estudar e achava um saco e eu pensava "Até parece né? Que coisa irreal! Se alguém tivesse a oportunidade de aprender magia, até parece que a pessoa iria mesmo achar um saco, afinal magia é demais! Quem não iria querer ter poderes? Bom, Ultima Online me ensinou a lição de que eu seria um aluno vagabundo que não iria querer estudar. Digo isso porque o jogo tornou isso de uma forma tão realista que eu achei incrível! Incrivelmente chato! Assim, não é criticando, eu tenho que assumir que aquilo me impressionou pra caramba. Ao contrário dos jogos que estamos acostumados, em Ultima Online você não simplesmente escolhe a magia e aperta o botão pra lançar, nele você tem que aprender, e quando digo aprender, é treinar e gastar ingredientes com ervas e poções tentando dominar uma magia. E sabem dinheiro não da em árvores, eu já era pobre, imagina gastando uma fortuna com ingredientes? E o engraçado é que eu tinha tudo, tava prontinho, mas eu simplesmente não tinha paciência pra aquilo, eu comprei um grimório onde tinha minhas magias e ficava tentando lançar, mas a única coisa que conseguia fazer era uma fumaça cinza maldita que me deixava muito puto uahahaha. Logo comecei a ficar traumatizado ao ver que o pouco dinheiro que eu tinha desaparecia rapidinho, ser mago não era uma profissão pra plebeus como eu, tinha que ser da burguesia kkkkkkk. Então esqueci esse papo de magia, mas continuei com as roupas maneiras porque me achava incrível com aquele chapéuzão, vez ou outra alguém falava sobre magia comigo e eu falava que só fazia cosplay ù__u.

Não demorou muito para eu ter a ideia de sair da cidade, eu queria descobrir coisas novas e aí aprendi uma nova lição: "Nunca vá para a floresta!". Eu estava acostumado com outros jogos em que você vai pra qualquer lugar e saberá exatamente o que fazer afinal terá algo que te guiará para um objetivo, mas aquilo era um mundo aberto e eu entrei em uma floresta e me perdi, logo animais me encontraram e me mataram, acho que era um urso, um javali, sei la. Lembro que foi tão decepcionante, mas em Ultima você não morre e volta pra um lugar na cidade, o seu espírito sai do seu corpo e você vai pro mundo espiritual, sendo assim você sai do seu corpo e vai correndo até um curandeiro que faz você voltar pro mundo dos vivos. Eu lembro que achei assustador aquela porra kkkkkkkkkkkk, mas o meu personagem ficou perdido pra sempre naquele lugar porque eu nunca achei o caminho de volta. O jeito foi criar um novo personagem e começar tudo de novo.

Com o novo personagem eu fiquei alerta, quando eu precisava de dinheiro, ia pra frente de algum banco e pedia esmola, o povo era bastante generoso e dava esmola fácil, isso era muito legal hehehe, mas eu não podia continuar desse jeito e sabia que precisava achar uma forma de ganhar dinheiro, e em uma das conversas na loja de roupas onde ficava muita gente tecendo novos tecidos, o povo começou a me falar sobre outras profissões,todas pareciam complicadas demais pra mim, deu pra notar que o povo ganhava uma fortuna, mas esse negocio de plantar algodão pra depois colher e levar pra tecer e vender roupas super caras parecia perigoso, eu era preocupado em sair dos limites da cidade. E se não me engano nas cavernas onde os mineradores iam pegar ferro pra transformar em armas e armaduras pra vender tinham monstros, então acho que foi esse o motivo de eu não querer ir nessa. Mas foi então que finalmente descobri o que eu iria fazer pra ganhar grana...

Enquanto andava pela cidade, acabei vendo um cara cortando madeira e perguntei pra ele, parecia fácil e ali estava eu aprendendo minha primeira profissão kkkkkkk. As situações que isso causou eram engraçadas, eu andava por aí com um grimório na mão, uma roupa de mago e sentado em um cavalo branco que comprei com a grana que ganhei, mas quando me afastava, descia do cavalo, tirava o cajado da mão, colocava um machado no lugar e lá ia eu cortar mais madeira uahahahaha. Isso fez eu me tornar mais ousado porque as madeiras de dentro da cidade eram escassas e eu cada vez mais ia adentrando a floresta pra procurar madeiras boas, mas sempre bem alerta. Eu já passei muita raiva com isso porque na cidade se alguém te atacava, você chamava os guardas e eles vinham voando pra matar o infeliz, e o cara ainda ficava com o nick vermelho se não me engano, isso causava maior má fama porque outros viam e notavam que não podiam confiar, no entanto nos limites da cidade valia tudo, não tinha guardas pra defender ninguém e era lá na floresta que os malditos assassinos ficavam, os infelizes apareciam, passavam a faquinha na tua garganta e roubavam toda a madeira, ouro e o que tivesse de interessante, e você ia lá correndo pro macumbeiro puto da vida.

Quando consegui que alguns amigos meus jogasse comigo, a diversão ficou muito mais intensa, o meu amigo que já jogava desde o começo era mago e eu morria de inveja, lembro do dia que ele invocou um demônio gigante pra me mostrar, era incrível kkkk, ele fazia altas magias e eu só tinha pinta de mago mesmo, mas era o maior charlatão que a única magia que conseguia fazer era soltar fumaça cinza uahahaha. Mas os meus novos amigos eram tão inúteis quanto eu e não sabiam fazer nada, e adivinha o que eles se tornaram? Isso mesmo! Lenhadores! E lá íamos nós juntos cortar madeira e conversar, era mais seguro e a diversão era muito maior pois parecíamos velhas lavando roupa na beira do lago e falando da vida alegremente kkkkk.

O primeiro assalto com um ladrão de alto nível também foi memorável, no jogo quando alguém se aproximava, você tinha que ficar alerta. Muitas vezes a pessoa vinha fingindo que queria conversar, quando na verdade estava te enrolando e usando as habilidades de ladrão pra conseguir alcançar sua bolsa e aí já era, mas pra felicidade de todos se você chamasse os guardas, eles davam para ladrões o mesmo tratamento que davam pra assassinos, uma machadada no meio da testa è__é! E assim toda vez que eu desconfiava, chamava os guardas e pronto. Mas certa vez eu estava na floresta cortando madeira e saiu um cara de dentro das árvores, pensei que era um assasino e logo saí correndo, mas era muito pior o infeliz. Ele foi atrás de mim pedindo pra eu parar e logo parei, não porque queria, mas porque o jogo tem stamina e como eu tinha várias toras guardadas, meu personagem tava muito pesado e graças a isso o cansaço chegava rapidinho e o personagem parava. Daí o infeliz se aproximou e começou a dizer que só queria conversar, eu falava alguma coisa e me afastava, até que uma hora ele começou a falar dos meus itens, e dizer o que eu tinha na bolsa, foi então que notei que era um ladrão e não um assassino. Eu fiquei puto porque o cara era muito esnobe, ele ficava perguntando o que eu escolhia pra ele roubar uahahaha. Quando finalmente entramos no domínio da cidade, eu me senti aliviado porque podia chamar os guardas, daí quando ele viu eu falando, disse alguma coisa do tipo "Não adianta isso comigo, o meu personagem está no nível máximo" não foi bem essa a frase, eu não lembro o que foi, mas resumindo ele disse que o personagem dele era um ladrão fodão e que o comando pra chamar os guardas já não funcionava com ele. Nessa hora eu fiquei revoltado porque cortar madeira demorava, eu não queria jogar no chão, e ao mesmo tempo não queria só dar os bagulhos pro cara, fiquei falando com ele bem revoltado até minha stamina recarregar completamente e saí vazado, o infeliz me perseguiu muito, felizmente consegui achar outros jogadores conhecidos e falar sobre e o cara saiu fora, mas aquele sim era um ladrão de alto nível, e bem maldito. Acho que ele se escondia na floresta exatamente pra impressionar os outros mostrando como era habilidoso ou sei lá uahahaha.

O primeiro monstro que matei no jogo foi um esqueleto, eu lembro que morri de medo, mas era perto de um cemitério ou algo assim e la perto tinha uma perna de zumbi. E eu peguei e guardei na bolsa, mal sabia eu que iria gerar uma dos momentos mais engraçados que ja tive no jogo. Um dia no banco eu tava conversando com uns caras e chegou um valentão ou algo assim, não lembro, sei que deu uma briga feia, daí eu falei "Cara, é melhor não se meter comigo, olha o que aconteceu com o ultimo que se meteu" aí joguei a perna de zumbi no chão. Daí o cara se calou na hora e saiu fora, todo mundo começou a rir, daí o cara voltou, pegou a perna pra ele e foi embora. Eu nunca vou saber que porra foi aquela, mas foi um dos momentos mais engraçados que já presenciei em um jogo, eu não sei se o cara acreditou no papo absurdo e ficou com medo ou se achou retardado demais e decidiu se mandar, ou mesmo se gostou da piadinha mas resolveu prevenir e então decidiu que queria fazer ela também depois e voltou pra pegar a perna e saiu fora kkkkk, sei lá, mas foi muito divertido.

Lembro também do primeiro evento que presenciei no jogo, que foi um ataque de demônios, eu nunca fiquei tão feliz antes no jogo como naquele dia. Lembro que me conectei e achei estranho em ver um monte de mortos vivos andando pela cidade, eu sai correndo e tentei chamar os guardas, mas foi aí que descobri, a história era algo do tipo "Está ocorrendo uma guerra em tal lugar e todos os guardas da cidade foram enviados para lutar e graças a essa falta de proteção, está acontecendo um ataque de demônios!". Mas eu não fiquei feliz porque estávamos todos fudidos, mas sim pela quantidade de corpos que achei no chão e obviamente comecei a roubar kkkkkkkk, saí coletando altas coisas caras, armaduras, armas, roupas e enchendo minha bolsa, tinha muito corpo mesmo. Estava sendo ótimo só desviar das criaturas e fazer a limpa. De vez em quando passava alguém correndo dizendo pra eu sair da cidade porque era mais seguro na floresta, e eu iria fazer isso, mas não antes de eu saquear pra valer e ir ao banco depositar tudo. O grande problema é que assim como as toras de madeira, outros objetos também te deixavam pesado e a stamina acabava mais rápido, e eu peguei meu cavalo e saí vazado assim que vi que ja tava cheio demais. Tudo parecia ocorrer bem enquanto eu passava rapidamente desviando dos mortos vivos, bom parecia bem até chegar o dragão gigante por trás de mim voando e cospindo fogo. O resultado foi eu indo pro mundo espiritual e correndo super rápido pro curandeiro, eu precisava voltar a vida pra correr pro meu corpo e pegar aquela fortuna na minha bolsa antes que outro malandro fizesse, mas a grande surpresa foi que o curandeiro era um maldito cristão Ò__Ò! Chegando lá, tinha uma galeeeeeeeeera, um monte de alma penada do lado dele tentando ressuscitar e quando me aproximo, o que ele diz? Bom, não sei se foram essas palavras mas foram equivalente "Não voltarão ao reino dos vivos aqueles que tiverem as almas manchadas de sangue! Ladrões e assassinos!". Ou seja, já que eu tava saqueando corpos, eu fiquei manchado na quebrada e levou um tempão pro infeliz liberar a passagem e eu finalmente voltar e quando isso aconteceu o meu corpo já tinha saído há tempos kkkk, uma verdadeira droga.

Enfim, Ultima Online é um jogo maravilhoso que tem uma quantidade absurda de opções que eu com certeza não conheço nem a metade e me marcou, ao contrário de quase todos os MMORPG's, ele não se trata apenas de matar eternamente e evoluir, mas sim de se divertir. Esse foi um jogo que me deixou entretido de verdade e causou situações formidáveis gerando verdadeiras aventuras e histórias para contar. O jogo é isométrico e tinha a versão 2D e a versão 3D que na verdade era 2.5D mas não rodava no meu PC na época, mesmo assim os gráficos ainda continuavam simples e bem inferiores a de muitos MMORPG's 3D com gráficos espetaculares, mesmo assim eu consigo valorizar esse jogo muito mais do que a mesma fórmula que os MMORPG's repetem eternamente do mata-mata até enjoar. E vocês, tem algum MMORPG que tem um carinho especial e que gerou muita história legal? Fiquem com o trailer de uma das expansões do Ultima.

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Comentários

B.P.S. disse…
The 4 Coming*
Agelus disse…
Uma pena os MMOs não serem mais assim.
Nunca joguei Ultima Online, mas quando ouvi falar sobre ele no podcast sobre MMOs do cafécomgames fiquei com os olhos brilhando.Parece que até Guild dos Ladrões secreta (secreta mesmo, só quem participava sabia que ela existia) tinha.
Etinex'Nay disse…
Porra nunca tive uma experiência tão legal assim com um MMORPG hauhauuhauhauhahua
Jean_Joker disse…
krai Sky, esse MMO parece bem legal mesmo, adorei esse post kra, mto bom.
Zoorak disse…
Caramba nunca vi um MMORPG nesse estilo cara! Deve ser perfeito.

Pena que os MMO de hoje só são focados em Evoluir eternamente e PVP.


Caramba como queria jogar um jogo desse estilo ._.
Viking Macabro disse…
acho que o tibia foi o mmorpg que tive esse carinho varias experiencias fodas afinal nunca gostei mesmo de ficar só upando gostava de ficar bebendo no navio e fazer coisas assim não gostava de matar o pessoal, mas teve uma vez que um "amigo" me chamou pra ir e como eu sempre tive medo de fazer isso eu recusei mas ele insistiu e eu aceitei minha primeira experiencia como um maldito pk e me dei mal atakamos o rl do segundo cara mais forte do servidor q prometeu que ia me caçar pra sempre fiquei com um pouco de medo mas depois eu axei q fosse besteira um cara tao forte nao ia se preocupar tanto comigo fui dormir...no outro dia eu sai da minha casa pra ir no deposito e chegou o cara que eu tentei matar me chamando la fora quando sai fora vi todos aqueles 50 malucos todos muito fortes prontos pra me matar tentei falar com uns amigos meus mais fortes pra ver se eles conseguiam ajudar mas sem sucesso ate que um maluco que sempre me atakava quando me via veio falar comigo dizendo que tinha conversado com o pessoal e eu tava livre só o outro maluco q ia se fuder o.o
Victor disse…
Po,lendo essa matéria me deu mó vontade de jogar,sempre quis um MMO assim desse tipo,em que aventuras e diversão fiquem acima de pvp e quests sem sentido.
Zoorak disse…
Alguem pode me indicar um jogo parecido com esse?
Leandro disse…
tbm jogava uo e amava tinhamos um grupo grande ficamos até amigos do gm que servia de moderador na nossa cidade ai sim foi foda tinhamos nossos pcs que começamos e caso algum PK folgado aparece-se pra pertubar tbm tinhamos pcs nivel 99 que o gm tinha feito pra os hauhuahuahuahuahuah

até pouco tempo atras eu tava tentando abaixar ele de novo mas não consegui :(

Vc sabe que fim teve o uo Sky ????
Leandro disse…
eu mesmo me respondendo achei ele aqui mas não baixei ainda que to trampando mas quem quiser tentar ta o link ai :

http://www.baixaki.com.br/download/ultima-online-kingdom-reborn.htm
Rian disse…
^
O primeiro site que aparece se botar´´uo download``

E ai pessoal , porque não vamos se aventurar nele, eu fiquei afim geral, pelo que vi , parece que poucas pessoas jogam ele , poucas mesmo ,mais ainda assim , eu ficaria afim.