Warcraft III - Reign of Chaos

O meu primeiro contato com warcraft, foi no lançamento do terceiro jogo da série, estava um estouro, todo mundo com "ai meu deus é os warcraft três!" e aquela animação toda, era o jogo estiloso do momento, logicamente não rodava no meu pentium III 550 MHZ com 120 de ram e 8 de vídeo onboard! Que delícia ein?! E maiiisss além disso ainda vinha com um super HD de 10 GB!!! Então o que eu fiz? Fui à lanhouse, e quando fui jogar, o que pensei foi "Ai cacete que joguinho ruim da porra" e não gostei não... Mas eu não conseguia deixar de admirar o jogo, então fiquei com aquele negócio de "Po esse jogo é tão interessante mas eu não consigo jogar, muito chato!" resultado, foi diretinho pra minha lista de jogos difíceis de digerir e por lá ficou um bom tempo! Chegou world of warcraft e o jogo se popularizou de vez, muita gente acha que warcraft e WOW são o mesmo jogo enão apenas no mesmo mundo, então chamam de WOW mesmo, isso me dava uma agonia enorme kkkkk.

Mas tudo bem, daí lançaram Starcraft 2, saiu em português e adorei, terminei o jogo e tive aquela sensação de vazio, queria ter aquela sensação fantástica de novo, mas o máximo que se aproximava era o warcraft, resolvi tentar jogar do começo, mas não deu não não, aqueles sim são jogos beeeeem difíceis de serem digeridos por mim, decidi que um dia eu tentaria de novo, mas não estava pronto ainda para aturar tal poder, kkkkkkkk (não me julguem, tem que ser muito underground pra conseguir uahahahaha).

Resolvi ir direto para o terceiro então e por sorte o jogo não exige que você tenha jogado os dois anteriores para entender, no começo pensei em usar tradução para português, mas deu tanto erro aquela bagaça que eu acabei deixando pra lá, e foi então que eu vi que a battlenet 2.0 permitia você baixar o jogo em outras línguas *---* e eu já tinha aqui o warcraft 3 original, porque mesmo não gostando, quando eu vi aquela capinha por 19 reais, não aguentei, sabem como é que é né? Tem que dar um incentivo à venda de jogos no Brasil, e o guardei, aí ta, la tinha a opção espanhol, e pra mim soa totalmente natural ouvir em espanhol então tava quase no mesmo nível de dublado, seria uma sensação parecida a de starcraft 2, claro que não igual, mas parecida sim, o que pra mim tava ótimo, então comecei a jogar e foi tão emocionante como imaginei que seria *-*

História

Uma constante guerra acontece entre várias raças, principalmente orcs e humanos, porém todos ficam alertas quando do céu cai uma nova ameaça que pretende destruir tudo que existe naquele mundo.

Sobre o jogo

Esse é daqueles jogos que ninguém hoje em dia vai achar o gráfico espetacular, porém o nível de detalhes do cenário é tão alto que a pessoa acaba admirando o que está vendo, claro que na época o gráfico também contava, afinal os jogos de estratégia eram em geral 2D, já esse é 3D com movimento no retrato dos personagens, efeitos muito atraentes e apresentações que mostram o cenário visto de vários ângulos de câmera, o que provocava aquela sensação de você estar jogando em um ambiente bem dinâmico.

A primeira coisa que notei de diferente, são os heróis, isso coloca uma mistura de RPG e estratégia, no Starcraft 1 existiam heróis, só que eram apenas unidades especiais únicas, já no Warcraft 3, eles conseguem experiência e vão evoluindo e passando de nível, tem seu inventário próprio onde podem guardar itens e usar em combate, ou ganhar benefícios enquanto usarem eles, e também quando evolui, o herói ganha um ponto pra gastar em alguma habilidade especial, ou seja, é um forte elemento de RPG colocado no jogo. Mas fora o herói, o jogo é de estratégia, só que essa unidade em especifico, dá uma empolgação a mais ao negócio, quando você manda fazer um ataque, pensa se deve ou não mandar o herói, ele dá um apoio imenso a tropa que acompanhar, você realmente sente a moral do personagem quando o coloca ali, sente que ele não vai morrer e vai aguentar a barra, lógico que ele pode morrer também, mas com o poder que tem, você não espera por isso.

O jogo tem não apenas as missões principais, mas também missões extras que podem surgir no meio da partida, isso é bem legal, você pode ganhar mais itens e mais experiência, ou alguma vantagem, o cenário de cada mapa é vasto e você pode optar por ir direto ao ataque, ou explorar e tentar achar alguma riqueza, nessa exploração é possível achar outros personagens que lhe dão missões, pode achar uma lojinha de mercenários, onde vendem alguns para ajudar você, ou loja de itens e veículos voadores também! Pode achar uma fonte para recuperar a vida, tesouros escondidos com guardiões o protegendo, entre outras coisas, é realmente legal aproveitar não apenas a missão principal, mas dar uma volta pelo cenário!

Existe o período de dia e noite no jogo, sendo que cada raça tem suas vantagens nesses turnos, a noite a visão de algumas das unidades fica menor e tem as criaturas que dormem em certo período do dia, você pode escolher os melhores momentos pra fazer ataques a elas, o cenário todo recebe o efeito de escuridão e iluminação, isso somado a pequenos detalhes como andar na agua e aparecer as ondas das pisadas dos personagens, faz com que se torne um espetáculo visual.

Existem quatro raças no jogo e é incrível como você vai passando por cada uma delas, é um prólogo de três missões que mostra a história e como jogar, e mais quatro campanhas com cada uma das raças, sendo que muita coisa lembra Starcraft.

A primeira é a dos humanos, as construções deles são bem ao estilo Europa medieval mesmo e seus poderes são de paladinos, há todas aquelas coisas, catapultas, cavaleiros, etc.

A segunda são os mortos vivos, que é mais pra necromantes, porque o lugar é um verdadeiro ritual de magia negra uahahaha, pra começar as construções deles só podem ser construídas em solo amaldiçoado, e não são construídas mesmo, são invocadas, há bruxos pra fazer o serviço, maquinas que levam corpos pra serem invocados em combates, os heróis tem sempre poderes como trazer de volta a vida, envenenar e coisas do tipo e os lugares que eles ficam, sempre muda de aparência, ficando um tanto sinistro.

A terceira, são os orcs, os meus favoritos *-* eles tem personagens que descem a porrada com força Ò_Ò todos grandões e são uma raça que tem mais a ver com o lado espiritual da coisa, as tribos de orcs sempre falam sobre a presença dos espíritos, os heróis podem invocar coisas do tipo, como fazer uma cópia fantasma sua, ou invocar cães espirituais para atacarem.

E por fim tem os Elfos Noturnos, que ao contrário dos mortos vivos, são envolvidos mais com a vida, eles não precisam matar árvores para coletar madeira, há personagens que lembram fadas entre eles, existem estruturas que curam eles, e também personagens que curam, durante a noite podem ficar invisíveis se estão parados, o que permite se esconder fácil nas florestas.

O desenvolvimento da história é maravilhoso, você joga e vê várias reviravoltas acontecendo sempre, personagens mudando de lado, traição, é algo realmente envolvente, e as CG's então, nossa são lindas como só a blizzard consegue fazer!

Enfim

Esse jogo é antigo, mas vale bastante a pena, precisa entender a história pra se envolver, mas existe a tradução pra quem tiver problemas, as primeiras fases podem ser desagradáveis pra quem não gosta de jogos de estratégia, mas se você quer realmente ver uma história boa, dê uma chance que garanto que vai se envolver. Hoje em dia é possível achar diversos produtos de Warcraft em português;

E confiram também a análise sobre a expansão Fronzen Throne. Esse jogo não está disponível na steam, mas sim na bnet. Vale a pena dar uma conferida no site da G2A, pois lá eles costumam vender keys da bnet por um valor bem mais barato que na própria bnet e ainda aceitam boleto bancário. Dê uma conferida aqui.
Ah sim, e os créditos finais do jogo são uns dos melhores que já vi na vida, valeu a pena assistir cada segundo daqueles créditos! =D

Twittem aí para seus amigos pessoal =D

Postar um comentário

6 Comentários

  1. Eu tenho moh vontade de jogar esse jogo (principalmente de jogar DotA online), e Starcraft 2 também. Parecem muito fodas, mas estratégia não dá. É o único gênero que eu realmente não consigo digerir. =X

    ResponderExcluir
  2. Sim,warcraft é um dos meus jogos favoritos pra pc,sou muito fan da blizzard,warcraft e world of warcraft.

    Muito foda o jogo,a blizzard tem um jeito especial de conquistar as pessoas com seus jogos,que são no minimo ÉPICOS.

    ResponderExcluir
  3. Cara,eu realmente adoro esse jogo,mas uma das minhas missões favoritas é aquela que você tem de defender a sua base dos undeads ate os reforços chegaram,lembra muito a batalha do Abismo de Healm,e sky,eu descobri por que so mandam o Gordon Freeman fazer as coisa no half-life,ele é novo na black mesa,é estagiario,e estagiario sempre faz tudo xD.

    ResponderExcluir
  4. Nossa esse jogo e demais, varias horas de minha vida foram dedicados a ele hahaha, muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Eu simplesmente fiquei fanatico pelo jogo, eu lia cada trecho da histori, completava quase todas as missões alternativa. Eu
    usava a velha estrategia de criar um monte de soldados e atacar, durante todo o jogo eu só fui me aperfeiçoando até terminar o jogo no nível normal.
    Agora vou virar o jogo no nível difícil, vai ser tenso...

    ResponderExcluir
  6. Eu jogava banstante o watcraft 3,só que aí tudo relacionado a ele virou dotA Ò_Ò, mas depois de um tempo eu migrei pro age of empires 3

    ResponderExcluir