Games With Gold de Janeiro de 2023 | Confira a lista de jogos desse mês

Para quem tem algum console Xbox, um dos serviços mais populares sem dúvidas é o Xbox Live Gold, que oferece uma série de vantagens mensais que para muitos chega a ser indispensável ao se ter um video game da Microsoft. Sempre coloco aqui as novidades. Ao atualizar sempre vou avisar na página do Nerd Maldito no Facebook e no Twitter Nerd Maldito.

Com esse sistema você pode assinar 1 mês, 3 meses ou 12 meses. Quanto mais meses você assinar, mais barato fica o valor mensal se você for dividir. Então é o tipo de coisa que a maioria das pessoas prefere pegar logo o pacote de 12 meses para aproveitar todas as vantagens ao longo de um ano inteiro e pagar menos (Obs: A Amazon vende um cartão de 12 meses que vem com um chaveiro de brinde).

As vantagens são o acesso à Xbox Live, que é o que permite o jogador jogar online com os amigos, acesso a ajuda para diminuir o lag e trapaças, armazenamento de arquivos em nuvem, descontos exclusivos que tornam compras absurdamente mais vantajosas (Na maioria das vezes sai mais barato pegar um mês de assinatura só pra pegar um desconto do que só comprar o jogo com preço normal). Mas sem sombra de dúvidas a vantagem mais badalada é receber mensalmente alguns jogos, inclusive com retrocompatibilidade. 

Jogos da Xbox Games With Gold de Janeiro de 2023

Iris Fall (1 a 31 de Janeiro)

Jogo de resolução de puzzle, com muitas engrenagens em que você assume o controle de uma garota em uma ambientação sombria. Tem destaque para o seu visual um tanto peculiar.



Autonauts (16 de Janeiro- 15 de Fevereiro)

Nesse jogo coloridíssimo, você deve coletar recursos em uma floresta e construir os seus robozinhos, que devem ser programados para coletar mais recursos e assim você poderá aumentar sua comunidade.


 E aí, o que acharam dos jogos desse mês?


O que é o Xbox Games With Gold?

Embora a PSN (Playstation Network) tenha surgido em 2010, com a sua PS Plus, a Microsoft foi um tanto atrasada com a coisa, e somente em junho de 2013 apareceu com uma resposta, oferecendo a possibilidade de jogar online e mensalmente acesso a novos jogos de janeiro a dezembro sem ter que pagar extra. Foi um sucesso, apresentando primeiro jogos para Microsoft Xbox 360 e Microsoft Xbox One, mas com o passar dos anos e mudança de geração, passou a oferecer jogos de Microsoft Xbox Series S e Microsoft Xbox Series X.

O serviço teve seus altos e baixos, sempre dependendo dos gostos da pessoa que fosse jogar. Mas, especialmente depois de junho de 2017, acabou tendo uma bela queda, sendo assinado mais pelo acesso ao online, do que pelos jogos. Isso porque o lançamento do Xbox Game Pass, acabou sendo muito mais vantajoso.
O que é o Xbox Game Pass?


O Xbox Game Pass é um serviço que dá acesso a uma biblioteca com dezenas de jogos, que vão desde coisas extremamente populares, até jogos indie. Se destacou muito com o chamado "Day One", que dava acesso aos jogadores a games no dia de seu lançamento, incluindo obras Triplo A. Isso fez com que cada grande lançamento, desde indie a Triplo A, gerasse falatório...
 
Então qualquer jogo para Xbox (mesmo tendo para outros consoles) que se destacaram antes do lançamento, como Stray, Elden Ring, Resident Evil 4 Remake, Call of Duty: Modern Warfare 2, FIFA 22, FIFA 23, Cuphead... Cada jogo que chama a atenção já fazia as pessoas se perguntarem "Vai ser Day One no Xbox Game Pass?". Às vezes acontecia, às vezes não, dependendo da parceria com a Microsoft.
 
Claro que ajudava muito o fato dela ser dona de uma penca de estúdios, permitindo assim que gigantescos jogos Triplo A já chegassem direto no serviço, nem sempre dependendo apenas de uma parceria. Então, enquanto alguns jogos como God of War é praticamente impossível, devido a ser da Sony, jogos como Forza Horizon 5 puderam com facilidade ser Day 1.

E aquele foi apenas o início do "Xbox Play Everywhere", que é o tão aclamado ecossistema Xbox, onde a Microsoft desistiu de seus exclusivos para transformar a marca Xbox em um serviço descentralizado, permitindo que os jogadores jogassem no PC, Consoles, Celular, direto na TV e até computação em  nuvem, onde nem dispositivo a pessoa precisa e pode usar o xCloud (Xbox Cloud Gaming) para jogar um jogo em nuvem.

Em maio de 2017 os usuários do Xbox Live Gold tiveram acesso a antecipado ao PC Game Pass e em julho daquele ano já tava na ativa. Já em abril de 2019 a Microsoft anunciou seu próximo passo, com o Xbox Game Pass Ultimate, que foi um alívio pra muita gente, já que unia o Xbox Live Gold e o Xbox Game Pass em um só serviço, não exigindo mais duas assinaturas (Só quem quisesse).

Mas o sucesso do Game Pass foi também devido a um esforço surreal de popularização, como por exemplo a frequente promoção de R$5 por três meses que ela passou a oferecer frequentemente. Ou seja... A pessoa voltava das férias do meio do ano e queria fazer algo em casa, assinava baratinho ali em em agosto, quando via, tava setembro e outubro usando também e ao terminar, estava viciada.

Concorrentes do Xbox Game Pass

Mas obviamente outras empresas não ficaram paradas, em novembro de 2015, já tinha muita gente experimentando a fase beta do Geforce Now, que durou um baita tempo... Somente em fevereiro de 2020 abriu ao público. Mas apresentava algo que deu muito certo, que era um foco em games em nuvem.

Ambos os serviços passaram a pegar pesado, um exemplo foi a parceria com a Epic Games para  levar Fortnite a eles de graça, podendo ser jogado em nuvem sem a pessoa precisar nem ao menos de uma assinatura, apenas abrindo e jogando direto do navegador, com suporte ao controle do xbox series s e tudo mais.

No entanto cada concorrente tem sua peculiaridade, o Geforce Now se conecta às suas bibliotecas como Steam e Origin e então te permite jogar sem instalar. O Ubisoft Connect+ dá acesso a dezenas de jogos da Ubisoft, inclusive triplo A em lançamentos. O falecido Google Stadia (Que em março de 2022 surgiram boatos de que ia falir e em setembro se confirmaram) permitia comprar os jogos na própria plataforma e jogar. E assim vai...

Postar um comentário

0 Comentários